dcsimg

Quanto ganha um Farmacêutico?

Descubra o salário inicial do farmacêutico e até quanto esse profissional pode ganhar. Veja também boas faculdades para seguir esta carreira!

Quanto ganha um Farmacêutico?

O farmacêutico é um profissional de grau superior que atua na área da saúde, podendo pesquisar, desenvolver, produzir, manipular e selecionar medicamentos, assumir a responsabilidade técnica em farmácias, drogarias, distribuidoras, hospitais e laboratórios, pesquisar e controlar a qualidade de derivados do sangue, analisar tecnicamente e emitir laudos na indústria alimentícia, além de atuar como professor ou pesquisador em universidades.

São mais de 70 atividades farmacêuticas que esse profissional está autorizado a exercer. Hospitais, laboratórios, farmácias, indústria de medicamentos, cosméticos e alimentos, agricultura, prevenção de pragas, distribuição de fármacos, órgãos públicos e de fiscalização são algumas das opções de áreas onde o farmacêutico pode trabalhar.

O mercado de trabalho para o farmacêutico é promissor e está em expansão.

Salário Mínimo Profissional do Farmacêutico

Os farmacêuticos não possuem um salário mínimo profissional único em todo o Brasil. O piso salarial do farmacêutico é definido em cada Estado pelas convenções e acordos coletivos firmados nos sindicados e pode variar de acordo com a dedicação (número de horas semanais), a função exercida e o setor em que o profissional trabalha. Seguem alguns exemplos:

Sindicato dos Farmacêuticos do Estado de Minas Gerais (SINFARMIG):

  • R$3.711 para 44h semanais.

Federação dos Trabalhadores das Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo:

  • R$ 1.253 para empresas com até 100 empregados
  • R$ 1.410 para empresas com mais de 100 empregados

Sindicato dos Farmacêuticos do Estado da Bahia (convenção coletiva de 2013):

Drogarias e Distribuidoras e Farmácias de Manipulação:

  • R$ 1.749 para 20 horas semanais
  • R$ 3.849 para 44 horas semanais

Sindicato dos Farmacêuticos do Sergipe

  • Piso salarial de R$ 3.083 para 44 horas semanais

Média salarial do farmacêutico

A média salarial nacional para os farmacêuticos, segundo o levantamento do site de empregos Catho, fica em torno de R$ 2.700. Confira, a seguir, outros salários para alguns cargos exercidos por esses profissionais:

  • Farmacêutico Bioquímico: R$ 2.931
  • Farmacêutico: R$ 2.711
  • Supervisor de Farmácia: R$ 2.788
  • Farmacêutico Hospitalar: R$ 2.926
  • Coordenador de Laboratório: R$ 3.138
  • Gerente de Farmácia: R$ 3.573
  • Farmacêutico Industrial: R$ 2.601

Sobre a Carreira do Farmacêutico

A profissão do farmacêutico foi regulamentada em 1931. Para exercê-la é preciso ter o diploma de nível superior e obter o registro no Conselho Regional de Farmácia do estado onde trabalha.

O mercado para farmacêuticos no Brasil é favorável e está em expansão. A lei dos medicamentos genéricos, a exigência de que exista um farmacêutico responsável presente em farmácias e drogarias, a expansão das políticas de saúde pública, como a assistência farmacêutica no Sistema Único de Saúde (SUS), a carência de profissionais em novos ramos de pesquisa, principalmente de medicamentos biotecnológicos, e o crescimento na produção de remédios homeopáticos são alguns dos fatores que favorecem a empregabilidade dos farmacêuticos no país.

O setor farmacêutico tem uma das taxas mais altas de ocupação, com quase todos os profissionais empregados na área. Um levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgado em 2013, indica que 94,30% de todos os farmacêuticos brasileiros estão trabalhando. Outra pesquisa do Ipea coloca os farmacêuticos no ranking das profissões que mais geraram postos de trabalho nos últimos anos. Foram 13.897 novas vagas criadas entre 2009 e 2012.

Além de clínicas, laboratórios, institutos de pesquisa, universidades, órgãos públicos e indústria, os farmacêuticos contam com uma série de novas possibilidades de atuação. Uma reportagem publicada na revista Exame sobre carreiras promissoras do setor farmacêutico destaca seis novos cargos com boa remuneração:

  • Gerente de acesso ao mercado público: lida com licitações e pode ganhar até R$ 25 mil.
  • Gerente de acesso ao mercado privado: faz a intermediação do relacionamento entre a indústria farmacêutica e o estabelecimentos privados de saúde (hospitais, seguradoras etc.). Salários de até R$ 25 mil.
  • Gerente de farmaeconomia: estuda impactos econômicos e sociais dos tratamentos medicamentosos e pode ganhar até R$ 10 mil.
  • Medical Science Liasion (MSL): relaciona-se com formadores de opinião na área da saúde para trocar informações sobre estudos e pesquisas farmacêuticas antes do lançamento de medicamentos. Ganha até R$ 18 mil.
  • Gerente de educação médica: orienta médicos sobre o uso de medicamentos complexos. Pode ganhar até R$ 20 mil.
  • Gerente de ONG: orienta organizações não governamentais sobre opções de tratamentos. Salários de até R$ 15 mil.

Devido à grande quantidade de novos medicamentos lançados todo ano e das mudanças na legislação, o exercício da profissão de farmacêutico, independentemente da sua área de atuação, exige formação e atualizações constantes. Congressos, seminários e cursos de especialização são fundamentais para conseguir e manter uma boa posição no mercado de trabalho.

De acordo com o Conselho Federal de Farmácia (CFF), existem cerca de 67 mil farmacêuticos em atividade no país, e mais de 97 mil estabelecimentos como farmácias e drogarias. Ainda segundo o CFF, todo ano 8 mil novos profissionais de farmácia se formam no Brasil.

Onde estudar Farmácia

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Farmácia:

O que achou da remuneração do farmacêutico? Vai seguir esta carreira? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin