dcsimg

Quanto ganha um Publicitário?

Descubra o salário inicial do publicitário e até quanto esse profissional pode ganhar!

Quanto ganha um publicitário?

A publicidade é a atividade profissional que combina técnicas específicas e criatividade e para divulgar ideias, projetos, produtos e serviços associados a pessoas e entidades. Considerada ao mesmo tempo uma arte e uma ciência, a publicidade também está relacionada à construção e comunicação de imagem junto ao público, podendo ser utilizada por artistas, profissionais liberais, empresas privadas, associações, Organizações Não Governamentais (ONGs) e órgãos públicos.

O publicitário é o profissional dedicado a criar, planejar, coordenar e avaliar campanhas publicitárias e traçar estratégias de marca, podendo atuar em agências de publicidade, departamentos de marketing e de relacionamento em empresas públicas e privadas, escritórios de comunicação, estúdios de design, assessorias de imprensa, veículos de imprensa (TV, impressos, internet), em empresas de pesquisa de mercado, produtoras de imagem, órgãos públicos (secretarias, prefeituras, governo etc.) e como profissional autônomo.

O mercado para o publicitário no Brasil é competitivo e está em expansão, com novos campos de atuação impulsionados pelas novas tecnologias.

Salário Mínimo Profissional do Publicitário

Os profissionais da publicidade não possuem um salário mínimo profissional único com validade em todo o Brasil. O que existe são acordos e convenções coletivas firmadas entre as empresas do setor e os sindicatos da categoria em cada região do país.

De acordo com o Sindicato dos Publicitários de Brasília, nas empresas de Publicidade e Propaganda o piso salarial é de R$ 788 para as funções administrativas e de R$ 1.331 para as funções técnicas. O sindicato entende que as funções técnicas são aquelas específicas do setor de publicidade, como áreas de criação, atendimento, planejamento, contato, mídia, estúdio, representantes de venda e produção gráfica e eletrônica.

O Sindicato dos Publicitários de São Paulo define os seguintes pisos salariais para publicitários que trabalham em agências, de acordo com a região do estado e a quantidade de funcionários:

Até 30 funcionários:

  • Capital: R$ 1.262
  • Interior e Litoral: R$ 976

Mais de 30 funcionários:

  • Capital e Grande São Paulo: R$ 1.344
  • Interior e Litoral: R$ 976

Os pisos salariais para publicitários de outros estados brasileiros podem ser consultados nos respectivos sindicatos da categoria em cada região.

Média salarial do publicitário

A média salarial dos publicitários brasileiros varia bastante em cada região do país e a remuneração desses profissionais também depende da área de atuação, porte da empresa e, claro, da experiência e qualificação individuais.

De acordo com o site de empregos Catho, as vagas para publicitário pagam entre R$ 1.000 e R$ 3.500, com média salarial nacional de R$ 1.846. Seguem exemplos de médias salariais nacionais para alguns cargos relacionados ao mercado de publicidade:

  • Estágio em Atendimento Publicitário: R$ 796
  • Estágio em Redes Sociais: R$ 833
  • Estágio em Publicidade: R$ 856
  • Assistente de Criação: R$ 1.462
  • Assistente de Atendimento Publicitário: R$ 1.332
  • Analista de Publicidade e Propaganda: R$ 2.166
  • Atendimento Publicitário: R$ 1.536
  • Redator Publicitário: R$ 2.435
  • Coordenador de Mídia: R$ 4.644
  • Coordenador de Mídias Sociais: R$ 1.888
  • Gerente de Marketing Digital: R$ 5.991
  • Gerente de Comunicação: R$ 6.181
  • Diretor de Criação: R$ 4.087

Uma pesquisa de cargos e salários divulgada  pela Associação Brasileira dos Agentes Digitais (Abradi) indica a média dos salários pagos para algumas posições nesse tipo de agência:

Analista de mídias sociais:

  • Júnior: R$ 1.412
  • Pleno: R$ 2.046
  • Sênior: R$ 2.924

Redator Publicitário:

  • Júnior: R$ 1.672
  • Pleno: R$ 2.572
  • Sênior: R$ 4.138

Atendimento:

  • Júnior: R$ 1.763
  • Pleno: R$ 2.323
  • Sênior: R$ 4.225

Diretor de Atendimento: R$ 9.276
Diretor de Criação: R$ 9.640
Diretor de Mídia: R$ 13.333
Diretor de Operações: R$ 10.366
Diretor de Planejamento: R$ 9.182

Sobre a carreira do publicitário

A profissão do publicitário é regulamentada pela lei 4.680, de 18 de junho de 1965. De acordo com a legislação, para exercer a atividade é obrigatório ter o diploma de curso superior na área reconhecido pelo MEC. No entanto, outras medidas previstas nessa lei, como a existência de um Conselho Federal  e conselhos regionais de publicidade para fiscalizar a exigência do diploma e emitir o registro profissional, não foram tomadas. Com isso, é possível exercer a profissão de publicitário sem ter o diploma de nível superior na área. O publicitário pode obter seu registro profissional junto ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), nas Delegacias Regionais do Trabalho (DRTs).

Atualização e qualificações constantes são fundamentais em qualquer carreira e na publicidade não poderia ser diferente. O publicitário tem uma ampla oferta de cursos de aperfeiçoamento, congressos e seminários nacionais e internacionais, especializações pós-graduação em diferentes áreas. Pesquisa de mercado, criação publicitária, neuromarketing, publicidade de mídia, produção publicitária, gestão publicitária, branding, marketing político e institucional são apenas alguns exemplos dessas possibilidades.

Ter ótimo relacionamento pessoal, criatividade, comprometimento com os resultados do cliente, saber trabalhar em equipe e compreender bem o negócio para o qual trabalha são algumas das características de um bom publicitário.

O mercado publicitário é dinâmico, competitivo e desafiador. Como o talento e os resultados alcançados estão entre os principais quesitos avaliados para a promover esses profissionais, não é incomum que jovens publicitários consigam uma rápida ascensão na carreira, podendo rapidamente ocupar cargos de destaque com bons salários.
Entre as áreas mais promissoras para quem inicia a carreira está a de mídias sociais e o gerenciamento da marca em ambientes digitais. A rápida evolução das novas tecnologias de comunicação e entretenimento oferecem boas oportunidades para estratégia da marca em ambientes digitais e e-commerce, entre outros.

Onde estudar Publicidade e Propaganda

O curso de Publicidade e Propaganda pode ser encontrado em mais de 200 instituições públicas e privadas em todo o País.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Publicidade e Propaganda:

Veja também:

O que faz um publicitário?

Você quer ser publicitário? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin