Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque o curso

    Busque, compare e escolha o curso que vai mudar sua vida.


  2. Garanta sua vaga

    Pague a adesão para garantir sua vaga.


  3. Na direção do seu sucesso

    Faça o processo seletivo e depois se matrIcule na faculdade.


Carreira

Layoff é a mesma coisa que demissão em massa?

6 de janeiro de 2023
layoff e demissão em massa
Imagem do autor
Escrito porCamilla Freitas

Provavelmente você já ouviu o termo “layoff” ou infelizmente passou por essa situação na sua empresa. Essa expressão é utilizada principalmente em casos em que há a demissão de muitos funcionários.

Encontre bolsas de estudo de até 80%

Recentemente, diversos funcionários de empresas como Buser e Neon publicaram que foram demitidos. Na repercussão do caso, muitos usuários do Linkedin se referiram a essa situação como layoff.

E é aí que surge a dúvida: layoff e demissão em massa é a mesma coisa? Descubra, no texto, a seguir, e veja quais os direitos dos colaboradores quando o assunto é demissão.

Leia mais: + Entenda o que é inteligência emocional

O que é layoff?

O termo layoff surgiu nos Estados Unidos em meio a uma crise econômica. A medida foi tomada para evitar demissões e garantir que os funcionários tivessem o trabalho garantido em meio à instabilidade. Essa é uma prática realizada pelas empresas até hoje.

O layoff acontece quando uma instituição privada não consegue operar em condições normais e, para isso, suspende o contrato de trabalho dos colaboradores ou reduz a jornada de trabalho e o salário dos funcionários.

Para declarar o layfoff, a empresa precisa comprovar que não tem condições de operar suas atividades por motivos de crise econômica, estrutural ou tecnológica. A Lei nº 4923 prevê o seguinte:

  • A empresa que, em face de conjuntura econômica, devidamente comprovada, se encontrar em condições que recomendem, transitoriamente, a redução da jornada normal ou do número de dias do trabalho, poderá fazê-lo, mediante prévio acordo com a entidade sindical representativa dos seus empregados.
  • Não excedente de 3 (três) meses, prorrogável, nas mesmas condições, se ainda indispensável, e sempre de modo que a redução do salário mensal resultante não seja superior a 25% (vinte e cinco por cento) do salário contratual, respeitado o salário-mínimo regional e reduzidas proporcionalmente a remuneração e as gratificações de gerentes e diretores.

Isso pode acontecer por diversos fatores, como falta de recurso financeiro, estrutural e até mesmo situações como a covid-19. Nesse caso não há um desligamento total do colaborador, só há uma pausa nas atividades da empresa.

Quais empresas podem aderir ao layoff?

Apesar de o layoff ser permitidos em casos de crise, nem todas empresas podem aderir à suspensão do contrato de trabalho ou redução da jornada de trabalho. Entenda o que a empresa cumprir:

  • Estar regularizada e em dia com suas contribuições;
  • Ser um estabelecimento cujo encerramento total ou parcial foi decretado pela justiça ou por autoridades de saúde;
  • Ser uma organização que vive a paragem total ou parcial de suas atividades, resultando na interrupção de cadeias de abastecimento global ou na suspensão/cancelamento de encomendas;
  • Ser uma empresa que tenha registrado queda acentuada de, pelo menos, 40% em relação ao mês anterior ou período homólogo.

Layoff é a mesma coisa que demissão em massa?

Apesar de o termo layoff ser utilizado frequentemente utilizado quando há um desligamento significativo de funcionários e a tradução estar ligada à demissão, os termos não significam a mesma coisa.

Como já foi dito, o layoff está relacionado a uma pausa no contrato de trabalho, que pode ser entre dois a cinco meses, ou diminuição da remuneração e jornada do funcionário. Já a demissão em massa é o desligamento total de um grande número de colaboradores.

Quais direitos o trabalhador possui durante um layoff?

Assim como a demissão em massa, no layoff os funcionários também possuem alguns direitos garantidos. Afinal, a redução da jornada de trabalho ou a suspensão do contrato não parte do colaborador, mas sim da empresa.

Conforme o previsto na Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), os colaboradores precisam ser notificados sobre o layoff com pelo menos 15 dias de antecedência e precisam, obrigatoriamente, assinar o Acordo Coletivo referente à situação.

Além disso, os colaboradores também possuem alguns direitoscomo:

  • Receber o equivalente a 2/3 do salário líquido. Caso o colaborador receba um salário mínimo, esse valor deve ser pago de forma integral;
  • Receber os benefícios como vale-alimentação, convênio médico ou outra ajuda compensatória para contribuir com o colaborar nesse período;
  • Possibilidade de trabalhar em outras empresas durante o período de layoff;
  • Receber multa paga pela empresa se tiver o contrato interrompido durante ou depois do retorno ao trabalho, ou seja, depois do período de layoff.

Quais direitos o colaborador possui na demissão em massa?

No caso da demissão em massa, o funcionário não terá mais nenhum vínculo com a instituição, porém tem alguns direitos garantidos na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), como:

  • Indenização do aviso prévio;
  • 40% do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS);
  • Seguro-desemprego;
  • Férias vencidas e proporcionais com adicional de 1/3;
  • 13º proporcional.

Conclusão

Apesar de o termo layoff ser frequentemente usado em postagens do Linkedins e estar relacionado à startups é importante ficar atento a essas diferenças.

Layoff acontece em casos de crise para evitar a demissão em massa e evitar ainda mais prejuízos. Já a demissão em massa ocorre o desligamento total do colaborador com a empresa.

Saiba mais: + Semana de trabalho de 4 dias: como funciona, vantagens e desvantagens

+ Feriados em 2023: saiba quais são e quando é permitido emendar

Layoff é a mesma coisa que demissão em massa?

Apesar de o termo layoff ser utilizado frequentemente utilizado quando há um desligamento significativo de funcionários e a tradução estar ligada à demissão, os termos não significam a mesma coisa.

O que é layoff?

O termo layoff surgiu nos Estados Unidos em meio a uma crise econômica. A medida foi tomada para evitar demissões e garantir que os funcionários tivessem o trabalho garantido em meio à instabilidade.

Encontre o curso que te ajudará a ir além!
Encontre o curso que te ajudará a ir além!
Os mais lidos
Teste de personalidade MBTI: Saiba o que é e como fazer

Teste de personalidade MBTI: Saiba o que é e como fazer

Por Patricia Carvalho em 05/01/2024
Saiba como trabalhar pela internet e onde encontrar vagas

Saiba como trabalhar pela internet e onde encontrar vagas

Por Redacao em 15/09/2022
Faculdade em 2 anos: diploma em menos tempo

Faculdade em 2 anos: diploma em menos tempo

Por Guia da Carreira em 19/01/2022
Currículo profissional: competências, habilidades e modelos

Currículo profissional: competências, habilidades e modelos

Por Guia da Carreira em 20/07/2021
Policial Civil: saiba como se tornar um

Policial Civil: saiba como se tornar um

Por Guia da Carreira em 20/07/2021

Estude nas melhores sem sair de casa

As melhores faculdades com ofertas super especiais para você começar a estudar sem sair de casa.