Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque o curso

    Busque, compare e escolha o curso que vai mudar sua vida.


  2. Garanta sua vaga

    Pague a adesão para garantir sua vaga.


  3. Na direção do seu sucesso

    Faça o processo seletivo e depois se matrIcule na faculdade.


Cursos

Tudo o que precisa saber sobre tecnólogo em Alimentos

26 de março de 2017
Manuseando alimentos
Imagem do autor
Escrito porGuia da Carreira

Quem quer trabalhar na área de alimentos já tem alternativas interessantes às tradicionais graduações de Nutrição e de Engenharia de Alimentos.

O curso de tecnólogo em Alimentos tem duração mais curta e prepara o aluno para dominar todo tipo de processo que envolva beneficiamento, conservação e industrialização de comidas diversas.

O profissional encontra boas oportunidades de trabalho no mercado, especialmente em indústrias e junto a prestadores de serviços na área de alimentação.

Se você está cogitando fazer o curso de tecnólogo em Alimentos, nós vamos ajudar no seu processo de decisão. Aqui explicamos como é a formação, o que se estuda, as áreas de atuação desse profissional e onde estudar para entrar com tudo nessa carreira!

 

O curso de tecnólogo em Alimentos

O curso superior de tecnologia em Alimentos é uma graduação com três anos de duração, em média.

O objetivo é habilitar o profissional para trabalhar com tudo o que envolve o processamento de alimentos de origem animal e vegetal.

O curso é desenhado para atender às necessidades do mercado. Por isso, os recém-formados encontram boas oportunidades de trabalho. Muita gente já sai da faculdade empregado!

Durante o curso, o aluno vai aprender todas as técnicas e procedimentos referentes a essa área de atuação, que inclui:

  • Entender o completo funcionamento do processo de beneficiamento, industrialização e conservação de alimentos e bebidas.
  • Conhecer os métodos de gestão na área.
  • Inspecionar a qualidade de alimentos e matérias-primas em geral.
  • Realizar análises biológicas e ambientais na produção de alimentos.
  • Entender o funcionamento dos equipamentos da área.
  • Desenvolver projetos de viabilidade econômica em processamento de alimentos.

O curso de tecnologia em Alimentos está disponível apenas na modalidade presencial ? aquela em que o aluno precisa frequentar a faculdade todos os dias. Se você encontrar uma oferta dessa graduação a distância, desconfie: o MEC ainda não autorizou (por enquanto) o desenvolvimento do curso na modalidade EAD.

 

O que se estuda no curso de tecnólogo em Alimentos

Apesar de a grande curricular de Alimentos não ser das mais extensas, as matérias são bem puxadas. Cada uma tem um mundo de conhecimento a ser explorado.

No primeiro ano, como é de se esperar, o aluno tem acesso aos conteúdos que fundamentam a prática profissional na área. Ele vai estudar Química, Física, Biologia e Bioquímica, por exemplo.

Depois é hora de conhecer as matérias mais específicas. É nesse momento que o estudante aprende a processar leites, carnes, queijos, verduras, hortaliças e participa das práticas de laboratório que simulam atividades reais.

Veja como é a grade do curso, no geral:

  • Administração
  • Análise Físico-Química de Alimentos
  • Análise Sensorial
  • Bioquímica
  • Bioquímica de Alimentos
  • Biotecnologia
  • Cálculo
  • Embalagens
  • Empreendedorismo
  • Estatística
  • Física
  • Físico-Química
  • Frutas e Hortaliças
  • Gerenciamento da Produção
  • Gestão da Qualidade
  • Gestão do Meio Ambiente
  • Higiene Industrial
  • Legislação
  • Métodos Instrumentais
  • Microbiologia
  • Microbiologia de Alimentos
  • Operações na Indústria de Alimentos
  • Produtos Lácteos e Fermentados
  • Química Geral
  • Segurança Alimentar
  • Sistema Agroindustrial Alimentar
  • Tecnologia de Bebidas
  • Tecnologia de Carnes de Aves
  • Tecnologia de Carnes de Bovinos e Suínos
  • Tecnologia de Fabricação de Queijos
  • Tecnologia de Grãos e Cereais
  • Tecnologia de Manteiga e Sorvetes
  • Tecnologia de Pescado
  • Tecnologia e Processamento de Leite

Aqui vale um aviso: o currículo programático pode variar de acordo com a região onde a faculdade está localizada e o direcionamento do curso. Nem todos seguem esse mesmo esquema de disciplinas. Por isso é super importante verificar a grade curricular do local onde você está pensando em estudar antes de fazer a matrícula.

 

Atividades que o tecnólogo de Alimentos pode desenvolver

Aqui temos uma boa notícia para quem pensa que a atuação do tecnólogo em Alimentos é restrita. Há um punhado de áreas em que este profissional pode atuar. Elencamos algumas a seguir para você ter uma ideia:

  • Industrialização de alimentos
  • Análise microbiológica de matéria-prima
  • Análise de qualidade em alimentos
  • Desenvolvimento de novos produtos
  • Pesquisa de métodos de preservação e conservação
  • Gestão de processos e pessoas
  • Gerenciamento ambiental
  • Implantação de programas de controle de alimentos

É fácil encontrar os tecnólogos em Alimentos nestes locais de trabalho:

  • Laboratórios de análises microbiológicas
  • Empresas de produção de alimentos
  • Indústria de alimentos
  • Indústria de bebidas
  • Empresas de logística de alimentos
  • Institutos de pesquisa voltados ao desenvolvimento de produtos alimentícios
  • Instituições de ensino
  • Cozinhas industriais
  • Hotéis
  • Restaurantes

 

Outros cursos na área de tecnologia de Alimentos

Você não precisa necessariamente fazer o tecnólogo em Alimentos para entrar na área. Existem alternativas interessantes, algumas ainda mais específicas, a maioria com duração de três anos:

  • Tecnologia em Agroindústria (beneficiamento, industrialização e conservação de produtos agroindustriais)
  • Tecnologia em Laticínios (leites e derivados)
  • Tecnologia em Produção de Cachaça
  • Tecnologia em Viticultura e Enologia (uvas e vinhos)
  • Tecnologia em Gastronomia

Pode ser que você esteja se perguntando se vale a pena fazer um curso de bacharelado, que dura entre 4 a 5 anos. A vantagem aqui é que essas graduações preparam o profissionais para uma atuação mais ampla no mercado de trabalho. Alguns dos mais famosos são:

  • Nutrição
  • Engenharia de Alimentos
  • Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • Gastronomia (bacharelado)

 

Onde estudar para ser tecnólogo em Alimentos

O curso superior de tecnologia em Alimentos é oferecido por 63 instituições de ensino por todo o Brasil. Curiosamente, a maioria parte deles está na rede pública de ensino ? cerca de 70%.

Aqui o importante mesmo é estudar para bater a concorrência, que pode chegar a 20 candidatos por vaga na média nacional.

Veja algumas universidades públicas que oferecem o curso:

  • Universidade do Estado do Pará (UEPA)
  • Universidade Estadual de Goiás (UEG)
  • Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP)

Se você prefere estudar em uma instituição particular, separamos algumas ?reconhecidas pelo MEC ? que oferecem esta graduação:

  • Faculdade de Tecnologia Oswaldo Cruz (FATEC OSWALDO CRUZ)
  • Faculdade de Tecnologia Senai do Mato Grosso (SENAI MT)
  • Centro Universitário UNIBTA

 

Veja também:

Curso de Engenharia de Alimentos

 

O que achou do curso de tecnólogo em Alimentos? Vai fazer esse, ou prefere algum outro na área? Conte para a gente nos comentários!

Encontre o curso que te ajudará a ir além!
Encontre o curso que te ajudará a ir além!
Os mais lidos
Faculdade em 2 anos: diploma em menos tempo

Faculdade em 2 anos: diploma em menos tempo

Por Guia da Carreira em 19/01/2022
O que é Administração, afinal? Descubra tudo sobre este curso

O que é Administração, afinal? Descubra tudo sobre este curso

Por Guia da Carreira em 31/10/2016

Estude nas melhores sem sair de casa

As melhores faculdades com ofertas super especiais para você começar a estudar sem sair de casa.