Veja o que se estuda em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Conheça alguns dos principais temas que você vai encontrar ao longo do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas!

Poucas áreas se mantêm tão em alta quanto a Tecnologia da Informação. Chova ou faça sol, na crise ou na expansão, as empresas estão sempre disputando os melhores profissionais.

Falta pessoal especializado – o chamado “apagão de mão de obra” – e a oferta de empregos na área só tende a crescer.

Para aproveitar todo esse crescimento, muita gente tem recorrido ao curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, que é um dos mais rápidos e completos para quem quer apostar numa carreira bem-sucedida em TI.

Já parou para pensar quais tipos de conteúdos esperam por você no decorrer do curso?

A seguir, veja o que se estuda em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e onde encontrar as melhores faculdades!

Conheça o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Análise e Desenvolvimento de Sistemas é um curso de nível superior em grau de tecnologia.

A duração é de três anos, por isso não dá para perder tempo com blábláblá. Quem opta por esse curso encontra uma formação focada nas necessidades do mercado de trabalho — o que é ótimo porque ajuda a aumentar as chances de conseguir emprego mais rapidamente.

O curso desenvolve nos alunos a capacidade de analisar, projetar, desenvolver, testar e implantar diversos tipos de sistemas tecnológicos.

Para tanto, é necessário adquirir conhecimentos sobre estrutura de software, banco de dados, linguagens de programação, resolução de problemas, soluções, equipamentos, redes, perícia, diagnóstico, modelagem e negócios de TI.

O curso também tem uma pegada forte na área de gestão de pessoas e projetos — uma habilidade que tem sido requerida com frequência maior pelas grandes empresas.

Por falar em empresas, o tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas encontra trabalho em diferentes tipos de organizações.

Startups, bancos, empresas especializadas em desenvolvimento de softwares e hardware, suporte técnico, indústrias de todos os tipos, consultorias, empresas públicas, hospitais, portos e aeroportos, enfim, onde a tecnologia é essencial há sempre um analista de sistemas!

As chances de sucesso aumentam ainda mais quando os profissionais se aventuram por áreas de TI que estão em alta, como criação de aplicativos móveis, filtragem de grandes volumes de dados (big data), bioinformática, segurança da informação, comércio eletrônico e desenvolvimento de algoritmos para mídias sociais.

O que se estuda em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Embora não seja um curso tão extenso, há muito o que estudar em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

Em seis semestres o aluno terá de dar conta de dezenas de disciplinas que tratam de:

  • Algoritmos e Programação Estruturada
  • Lógica Computacional
  • Modelagem Banco de Dados
  • Arquitetura e Organização de Computadores
  • Programação Orientada a Objetos
  • Programação e Desenvolvimento de Banco de Dados
  • Linguagens de Programação
  • Análise e Modelagem de Sistemas
  • Redes e Sistemas Distribuídos
  • Desenvolvimento Mobile
  • Programação WEB
  • Análise Orientada a Objetos
  • Engenharia de Software
  • Sistemas Operacionais
  • Segurança e Auditoria de Sistemas
  • Projeto de Software

A grade curricular das faculdades de Análise e Desenvolvimento de Sistemas não é fixa. Algumas podem abordar temas como gestão com mais profundidade, enquanto outras preferem apostar desenvolvimento de habilidades na área. Fique atento a esse detalhe.

O que se estuda em Análise e Desenvolvimento de Sistemas a distância

Sim, você pode estudar Análise e Desenvolvimento de Sistemas também no EAD.

O formato é excelente para quem precisa conciliar os estudos com trabalho ou simplesmente para quem prefere estudar de casa em seu próprio ritmo.

Cerca de 130 faculdades têm o curso nesse formato.

Basicamente, estuda-se a mesma grade de disciplinas do presencial. O que muda é a dinâmica como cada uma delas é apresentada.

Quanto às aulas em laboratório, elas permanecem no curso EAD. As práticas são realizadas ao vivo nos polos de apoio das faculdades. Não é por acaso que muitas dispõem do curso numa dinâmica semipresencial, no qual há equilíbrio entre os momentos presenciais e a distância.

Análise e Desenvolvimento de Sistemas EAD é reconhecido pelo MEC e confere aos formados um diploma igual ao presencial, com validade no mercado de trabalho.

Quanto custa estudar Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Há cursos de Análise e Desenvolvimento de Sistemas em todas as faixas de preço que você imaginar.

Os presenciais custam mais. Em média, as mensalidades podem variar entre R$ 650 e R$ 1.200.

No EAD é bem mais acessível: entre R$ 250 (totalmente a distância) e R$ 400 (semipresencial).

Os preços vão variar de acordo com a faculdade, o turno, a cidade, etc.

Dá para estudar gratuitamente em algumas universidades públicas ou tentar uma bolsa de estudos pelo ProUni, caso você tenha feito o Enem mais recente e atenda aos critérios de participação. É possível também financiar o curso pelo FIES, o programa de crédito estudantil facilitado do governo federal – nesse caso, exclusivo para cursos presenciais.

Onde estudar Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Análise e Desenvolvimento de Sistemas está disponível em mais de 500 faculdades pelo país. A maioria encontra-se na rede privada de ensino e é oferecida na modalidade presencial.

As opções são muitas, ainda mais se considerarmos todos os polos de apoio disponíveis. Justamente por isso é essencial saber escolher uma boa faculdade.

Como as melhores oportunidades são concorridíssimas, a maneira mais interessante de entrar na profissão é com um diploma de respeito na mão.

Fique de olho na qualidade da faculdade e capriche nos estudos.

A gente aproveita e traz para você uma lista de algumas boas faculdades, todas reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC, onde você encontra Análise e Desenvolvimento de Sistemas em diversas modalidades!

Veja também:

Descubra tudo sobre a faculdade de Ciência da Computação

Curtiu a grade curricular de Análise e Desenvolvimento de Sistemas? Deixe suas impressões para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin