Conheça tudo sobre o curso Internet das Coisas

Já ouviu falar desse que é, provavelmente, um dos cursos mais importantes dos próximos anos? Veja aqui como é o curso Internet das Coisas!

Você já ouviu falar de “Internet das Coisas”?

Trata-se de um termo muito comum no mundo da tecnologia, o próximo grande passo da intercomunicação humana, e que, por sua importância, acabou se transformando em um curso superior!

Quem estiver preparado para ingressar nesse mercado vai, com certeza, se dar muito bem!

Quer saber como aproveitar essa oportunidade?

A seguir, conheça tudo sobre o curso Internet das Coisas: o que é, o que se estuda, o mercado de trabalho e as faculdades que oferecem a graduação!

O curso de Internet das Coisas

O nome soa estranho, mas pode ter certeza que Internet das Coisas será responsável pela próxima grande virada tecnológica da humanidade.

Virada essa que a gente já está vivendo.

O termo vem do inglês, “Internet of Things”, e se refere à capacidade de conectar uma série de equipamentos do dia a dia que, na prática, não precisam de internet para funcionar.

A internet das coisas já está bem próxima de nós: a TV inteligente na qual você assiste suas séries vê vídeos pela internet, o robô aspirador de pó que pode ser programado para varrer a casa todos os dias em horário determinado pelo proprietário, o videogame em que uma rede de jogadores consegue jogar remotamente, a lâmpada de LED que muda de cor de acordo com as preferências do usuário, o leitor de digitais na portaria da empresa onde você trabalha, o sistema de câmeras de segurança que pode ser acessado por um aplicativo, o relógio inteligente, o condicionador de ar que liga sozinho e por aí vai.

A ideia geral é facilitar a vida dos usuários e criar um novo mercado consumidor de produtos inteligentes, que tende a crescer muitíssimo nos próximos anos.

O curso prepara profissionais para encarar esse empolgante mercado.

Trata-se de uma formação em nível superior de tecnologia com dois anos de duração na qual os estudantes vão poder desenvolver o embasamento teórico e prático para atuar em diversas frentes:

  • Planejar e desenvolver projetos de conectividade de equipamentos.
  • Aplicar arquiteturas, protocolos e requisitos de implementação em projetos diversos.
  • Realizar pesquisas de teor técnico e científico.
  • Fazer testes em sistemas.
  • Prestar consultoria em empresas de desenvolvimento.
  • Desenvolver sistemas, sensores e redes sem fio.
  • Selecionar metodologias, tecnologias, hardwares e softwares adequados a cada tipo de projeto.
  • Coordenar equipes de produção tecnológica.

O profissional formado em Internet das Coisas pode trabalhar em indústrias (eletrodomésticos, automotiva, aviação, etc.), em empresas de desenvolvimento tecnológico, startups e consultorias.

A ABINC (Associação Brasileira de Internet das Coisas) estima que até 2050 o mundo terá 50 bilhões de objetos conectados, incluindo implantes humanos.

Já pensou?

Ah, Internet das Coisas é uma atividade que abre portas para quem quer trabalhar no exterior!

O que se estuda em Internet das Coisas

O curso de Internet das Coisas é bastante focado. Tem muita matéria sobre programação, desenvolvimento de software, equipamentos e manejo de dados.

Confira algumas disciplinas:

  • Matemática aplicada
  • Modelagem de dados
  • Programação orientada a objetos
  • Técnicas de desenvolvimento de algoritmos
  • Microcontroladores para internet das coisas
  • Sensores e atuadores em internet das coisas
  • Banco de dados
  • Engenharia de software
  • Programação web
  • Computação em nuvem
  • Arquitetura para internet das coisas
  • Arquitetura baseada em serviços
  • Tópicos especiais em internet das coisas
  • Estrutura de dados
  • Programação para dispositivos móveis
  • Sistemas cliente/servidor
  • Técnicas de programação
  • Big data
  • Mineração de dados
  • Segurança e privacidade em internet das coisas
  • Plataforma para internet das coisas
  • Sistemas operacionais
  • Internet das coisas e aplicações

Dá para estudar Internet das Coisas a distância?

Todos os cursos de Internet das Coisas disponíveis no Brasil são a distância – como já seria de se esperar de uma graduação com apelo tecnológico tão forte.

O modelo EAD tem muitas vantagens: economia de tempo e de dinheiro, flexibilidade de estudos, menos deslocamento até a faculdade e acesso em praticamente todo o Brasil. Além de tudo, é eficaz.

O sistema de ensino prevê aulas em vídeo com especialistas, atividades práticas realizadas em casa, avaliação individualizada feita por professores e tutores, medidor de desempenho, uma gama enorme de materiais didáticos (livros digitais, tutorais, apresentações) disponíveis a qualquer momento, possibilidade de estabelecer contato com alunos de todo o país e, principalmente, um diploma reconhecido e muito apreciado no mercado de trabalho.

O curso tem encontros presenciais eventuais, geralmente ao final do semestre.

Além de toda potencialidade que oferece, Internet das Coisas tem custo acessível. Dá para encontrar mensalidades que variam de R$ 270 a R$ 400, dependendo da faculdade.

Quem quer reduzir ainda mais esse valor pode recorrer a programas de bolsas parciais (que tem aos montes pela internet) ou aproveitar as promoções oferecidas pelas próprias faculdades. Basta ficar ligado.

Onde encontrar o curso de Internet das Coisas

Até o momento, o curso de Internet das Coisas pode ser encontrado em apenas 10 faculdades, todas na rede privada de ensino.

Por outro lado, está disponível em instituições ligadas a grandes redes de ensino, que normalmente têm polos de apoio por todo o Brasil.

Por isso é provável que você consiga fazer Internet das Coisas em sua cidade, sem problemas.

Entre as faculdades que dispõem do curso, separamos algumas que têm ótima avaliação junto ao MEC e são bastante reconhecidas no mercado de trabalho:

Veja também:

Saiba tudo sobre o curso de Engenharia de Software

Curtiu a graduação em Internet das Coisas? Conte para a gente se você pensa em fazer esse curso!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin