Saiba tudo sobre a Faculdade de Gastronomia e onde estudar

Entenda como funciona a faculdade de Gastronomia, o que se estuda e como está o mercado de trabalho para especialistas nesta área!

gastronomia

Entenda como funciona a faculdade de Gastronomia, o que se estuda e como está o mercado de trabalho nesta área!

A faculdade de Gastronomia está em alta. Nos últimos anos, a procura por essa formação aumentou e, com ela, a oferta de novos cursos de bacharelado e tecnólogo reconhecidos pelo MEC.

Além de preparar pratos deliciosos, os estudantes de Gastronomia também aprendem a gerenciar bares e restaurantes, lidar com segurança alimentar, coordenar equipes e até desenvolver novos produtos alimentícios.

Conheça um pouco mais sobre a faculdade de Gastronomia, como está o mercado de trabalho para esses profissionais e onde encontrar os melhores cursos!

Como é a faculdade de Gastronomia?

A faculdade de Gastronomia pode oferecer dois tipos de curso: bacharelado, com duração de 4 anos, e tecnológico, com duração média de 2 anos.

Leia também: Descubra qual a diferença entre tecnólogo e bacharelado 

Qual a diferença entre tecnólogo e bacharelado em Gastronomia?

As duas graduações são muito parecidas. A principal diferença entre elas é que o curso tecnológico é mais focado na prática de preparo e manuseio de alimentos, enquanto o bacharelado possui uma abordagem mais ampla, com mais disciplinas teóricas e de gestão de empreendimentos do setor gastronômico.

O que se estuda na faculdade de Gastronomia?

Durante a faculdade de Gastronomia, o estudante aprende técnicas de preparo de alimentos e bebidas, métodos de segurança alimentar, culinária internacional e de diferentes regiões do País.

A matriz curricular é organizada de modo a mesclar teoria e prática. As disciplinas teóricas abordam questões sobre a história da gastronomia, nutrição, gestão de negócios gastronômicos, segurança e higiene no manuseio de alimentos.

As aulas práticas ocupam grande parte da carga horária do curso. Nelas, o aluno coloca a mão na massa e aprende a preparar carnes, sobremesas, bebidas, pães, pizzas, e outros pratos da cozinha brasileira e internacional.

Para se formar na faculdade de Gastronomia o aluno deverá elaborar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e também pode ser solicitada a realização de um estágio supervisionado na área.

Existe faculdade de Gastronomia EAD?

É possível encontrar esta graduação nas modalidades de ensino presencial e a distância. Algumas faculdades oferecem as duas opções. Vale lembrar que o diploma de Gastronomia a distância vale tanto quanto o presencial, desde que o curso seja reconhecido pelo MEC.

Quais são as disciplinas em uma faculdade de Gastronomia?

As disciplinas estudadas na faculdade de Gastronomia variam de acordo com a instituição e o tipo de curso (tecnológico ou bacharelado). Entre as principais, podemos citar:

  • Carnes, Aves e Pescados
  • Churrascaria
  • Controle Higiênico Sanitário e Manipulação de Alimentos
  • Coquetelaria e Enologia
  • Cozinha Asiática e Africana
  • Cozinha Brasileira
  • Cozinha Contemporânea
  • Cozinha Europeia
  • Cozinha Industrial e Hospitalar
  • Cozinha na Hotelaria
  • Cultura Alimentar Brasileira
  • Custos em Restaurantes
  • Engenharia de Cardápio e Gestão de Alimentação
  • Enologia, Aperitivos e Drinks
  • Eventos
  • Fast Food
  • Frutas e Hortaliças
  • Gastronomia Básica
  • Gestão de Negócios Gastronômicos
  • Gestão de Cozinhas
  • História da Alimentação
  • Nutrição
  • Panificação e Confeitaria
  • Preparo Prévio dos Alimentos
  • Saúde e Segurança Alimentar
  • Técnicas Básicas de Cozinha

Quanto custa uma mensalidade da faculdade de Gastronomia?

O valor das mensalidades de uma faculdade de Gastronomia depende de alguns fatores como estrutura física da faculdade (por exemplo, se ela possui cozinhas industriais para aulas práticas), qualificação do corpo docente, localização da faculdade, promoções, entre outros. 

É possível encontrar, no formato EAD, mensalidades a partir de R$150, mas em faculdades presenciais este valor normalmente começa em R$450 e pode ir até R$2.000 por mês.

Existe faculdade pública de Gastronomia?

Se você está pensando em cursar uma faculdade de Gastronomia de graça, uma das opções é tentar uma vaga nas faculdades públicas.

Segundo consulta ao sistema do Ministério da Educação em 2021, 19 faculdades públicas estão autorizadas a oferecer o curso tecnológico e de bacharelado em Gastronomia no formato presencial. 

Como a maioria delas são federais, o ingresso acontece exclusivamente pelo Sisu. Confira quais são:

  • Universidade Estadual de Goiás (UEG)
  • Universidade Federal da Bahia (UFBA)
  • Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFPE)
  • Universidade Federal de Pelotas (UFPel)
  • Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IF Fluminense)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IFSC)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (IFFarroupilha)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília (IFB)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IFBAIANO)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná (IFPR)

Se você fez o Enem, há opções além do Sisu para estudar de graça ou com financiamento subsidiado. Você pode conseguir uma bolsa de estudos integral ou parcial pelo Prouni ou tentar o Fies para começar a pagar as mensalidades só depois de formado. Estes programas têm regras específicas que precisam ser conferidas atentamente nos editais.

Confira: Entenda a diferença entre Sisu, ProUni e FIES

Qual é o perfil do profissional formado em Gastronomia?

O profissional formado em Gastronomia deve ter talento e criatividade para preparar alimentos, além de senso de responsabilidade e respeito às regras de segurança alimentar.

Quem se forma em uma faculdade de Gastronomia pode atuar em diversos setores do ramo alimentício e desenvolver atividades em nível operacional, tático ou mesmo gerencial. 

Algumas das principais funções que um gastrônomo pode desempenhar são:

  • Coordenar equipes de cozinheiros.
  • Preparar pratos sofisticados.
  • Planejar cardápios de restaurantes, hotéis, hospitais, etc.
  • Selecionar fornecedores de ingredientes.
  • Administrar restaurantes, cantinas, cozinhas industriais, etc.
  • Cuidar da segurança alimentar realizando vistorias em cozinhas industriais.
  • Desenvolver novas receitas.
  • Testar novos produtos alimentícios.
  • Prestar consultoria em empresas do ramo alimentício.
  • Escrever críticas gastronômicas.
  • Organizar eventos gastronômicos.
  • Gerenciar estoques de produtos alimentícios.

Como é o mercado de Trabalho para quem faz Gastronomia?

A carreira em Gastronomia experimentou um grande crescimento nos últimos anos e ganhou mais status e espaço no mercado. Um dos indícios desta boa fase é a quantidade de programas de TV, livros e blogs destinados à culinária.

O setor alimentício tem a vantagem de se manter estável ou com pouca alteração mesmo em tempos de economia incerta. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Foodservice Brasil (IFB) aponta que os brasileiros gastam um terço do seu orçamento destinado à alimentação com refeições consumidas fora de casa.

Os grandes centros urbanos e regiões turísticas concentram o maior número de vagas para profissionais especializados em Gastronomia. A área de atuação para gastrônomos é bastante diversificada e vai desde o preparo de comidas simples para entregar em domicílio até a alta gastronomia.

A maior parte das empresas do ramo alimentício são de pequeno ou médio porte e estão, cada vez mais, buscando especialistas na área para administrar seus negócios e acompanhar o dinamismo deste mercado.

Onde um formado em Gastronomia pode trabalhar?

Dentre as principais empresas que contratam especialistas em Gastronomia, podemos citar:

  • Restaurantes
  • Cantinas escolares
  • Hotéis
  • Bares
  • Cruzeiros
  • Empresas de Catering (serviço de fornecimento de alimento)
  • Buffets
  • Hospitais
  • Indústrias de alimentos
  • Confeitarias
  • Panificadoras

Onde estudar Gastronomia?

A oferta de cursos de Gastronomia tem aumentado nos últimos anos, principalmente na rede privada. Antes de fazer a matrícula, entretanto, é importantíssimo verificar se:

  • A faculdade tem o credenciamento do MEC e está autorizada a oferecer o curso.
  • As cozinhas são bem equipadas, seguras e modernas
  • A mensalidade vai caber no seu orçamento

Fizemos uma parte do trabalho para você. Confira a seguir algumas faculdades de Gastronomia reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que preenchem todos os requisitos acima. 

E mais! Todas elas oferecem descontos, bolsas de estudos e financiamentos facilitados, seja por meio de programas do governo federal (como ProUni e FIES) ou iniciativas próprias para facilitar a vida financeira do estudante. Confira:

Veja também:

Qual é o salário de Gastronomia?

Você gosta de cozinhar? Tem interesse em fazer uma faculdade de Gastronomia e seguir carreira nesta área? Compartilhe suas ideias conosco aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin
Descubra a faculdade certa para você!