Segunda graduação ou pós: qual a melhor escolha?

Receber o diploma do curso superior não significa que sua vida acadêmica acabou. Com o mercado de trabalho cada vez mais exigente, o comum é continuar estudando para aprimorar a qualificação e aumentar as possibilidades de atuação profissional. Mas qual a melhor opção para quem já terminou uma faculdade? Fazer uma segunda graduação ou pós?

Não existe a resposta certa para essa pergunta, pois tudo vai depender do objetivo e planos de cada indivíduo. Ambas opções são válidas e oferecem benefícios ao profissional, e escolher entre elas é um grande desafio.

Como decidir entre uma segunda graduação e pós?

Para facilitar na tomada de decisão, é preciso ter muito claro o objetivo a ser atingido e a relação atual com a carreira e profissão. Aqui, o autoconhecimento tem papel fundamental nessa escolha.

Se você está nesse impasse de ter que escolher entre segunda graduação ou pós, separamos algumas perguntas para ajudar a se entender e escolher a melhor opção:

  • O que você espera conquistar quando terminar o curso?
  • Você deseja especializar-se na sua área de formação ou adquirir novos conhecimentos?
  • Você está feliz ou se sente realizado com sua carreira e profissão atuais?
  • Pretende continuar no seu emprego ou quer mudar de profissão?

As respostas para essas perguntas podem apontar a melhor opção para sua decisão. Mas não se esqueça de também considerar as peculiaridades de cada curso.

Por que fazer uma pós-graduação?

A seguir, você confere os objetivos mais comuns de quem faz uma pós-graduação. E há diferentes modalidades para esse tipo de curso, como o mestrado acadêmico, mestrado profissional, especialização e MBA.

Saiba mais: As oportunidades com os cursos de Pós-Graduação

Especialização na área de atuação

Se você procura especializar-se em um tema dentro da sua área de atuação, a pós-graduação é para você. Os cursos de pós-graduação são focados em subáreas de sua formação, das quais você se torna especialista no assunto.

Esse é o caminho natural para quem descobre uma afinidade com algum tema dentro da área de atuação. Se você é formado em Administração, por exemplo, pode fazer uma pós-graduação em Gestão de Projetos, ou se você é biólogo, pode especializar-se em Botânica.

Seguir carreira acadêmica

Caso sua ambição profissional seja seguir a carreira acadêmica e dar aulas no nível universitário, é essencial fazer uma pós-graduação nas modalidades mestrado e doutorado.

Você se tornará um pesquisador de um tema específico dentro da área de formação e desenvolverá trabalhos acadêmicos e científicos sobre o assunto, além de poder dar aulas para alunos de graduação.

Busca promoção no trabalho

Se você já tem um emprego e um plano de carreira bem definido e procura por uma promoção, faça uma pós-graduação. O título aumentará sua qualificação profissional e valor de mercado, ou seja, tornará você apto para assumir cargos mais elevados e conseguir aumento salarial.

Por que fazer uma segunda graduação?

Será que o mais indicado para você é fazer uma segunda graduação? Há algumas razões que mostram que o melhor caminho seja mesmo começar um curso do zero. Confira os principais objetivos de quem opta por uma nova faculdade.

Mudança de área ou profissão

Um dos objetivos mais comuns de quem opta pela segunda graduação é a total mudança de área profissional. Se depois de formado você perceber que não era bem aquilo com o que você se identifica, ou mesmo deseja experimentar algo novo e diferente, o melhor caminho é recomeçar e se matricular em uma nova faculdade.

Expandir as oportunidades de atuação

Agora, se você se identifica com sua formação, mas deseja aumentar as possibilidades de atuação profissional, você pode fazer uma segunda graduação que seja relacionada à formação inicial.

Por exemplo, você é formado em Designer e, para expandir seu conhecimento e poder atuar em uma outra área relacionada, faz a segunda graduação em Publicidade e Propaganda. Ou se você é engenheiro e cursa a faculdade de Administração.

Um ponto positivo de cursar uma segunda graduação relacionada à área de formação é a possibilidade de concluí-la em um tempo menor, caso consiga eliminar disciplinas já cursadas na primeira faculdade.

Fazer uma segunda graduação sem dúvidas irá agregar muito ao seu currículo e você poderá usar disso como um grande diferencial no mercado de trabalho.

Dica de leitura: Descubra aonde fazer uma segunda graduação

Como é um curso tecnólogo?

Uma terceira opção para quem pretende continuar seus estudos é cursar um tecnólogo. Apesar de considerado como nível de graduação, o tecnólogo tem duração menor e está focado na prática de ferramentas que atendam a demandas específicas da área de formação.

O curso tecnólogo não é tão específico como uma pós-graduação, mas também não é amplo e geral como um bacharelado. Essa modalidade de graduação tem se tornado cada vez mais popular e pode ser um grande diferencial no currículo do profissional.

Saiba mais: Descubra o que faz um tecnólogo e os principais cursos disponíveis no Brasil

Onde fazer um tecnólogo, segunda graduação ou pós?

Independente da modalidade escolhida, o recomendado é escolher uma instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

Conheça algumas universidades que recomendamos para você e que oferecem todas essas modalidades:

E então, qual desses cursos você acha que é o melhor para você? Conte para a gente nos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin
Descubra a faculdade certa para você!