Melhores cursos de Psicologia, segundo o Guia da Faculdade

Com mais de 100 mil ingressantes por ano, o curso de Psicologia está em 9º lugar na lista dos cursos de bacharelado mais cursados do país, segundo a última edição do Censo da Educação Superior, realizado pelo Ministério da Educação (MEC). 

Encontre bolsas de estudo de até 80%

É no curso de Psicologia que os estudantes aprendem a realizar o diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças mentais, distúrbios emocionais e de personalidade. Além de clínicas psicológicas, os profissionais podem atuar em instituições de saúde e diversas empresas, principalmente no setor de RH (recursos humanos). 

Se você pretende fazer Psicologia, um ponto importante a ser analisado é a qualidade do curso oferecido, nem como a qualidade da instituição de ensino. Essas duas escolhas podem fazer uma grande diferença futuramente e prevenir possíveis arrependimentos na vida acadêmica ou profissional do estudante. 

Abaixo listamos os melhores cursos de Psicologia segundo o Guia da Faculdade, a maior pesquisa de opinião sobre o Ensino Superior brasileiro da atualidade, desenvolvido por meio de uma parceria entre a Quero Educação e o jornal O Estado de S. Paulo. Confira!

Leia também: Como funciona o curso de Psicologia semipresencial?

+ Confira 5 dúvidas frequentes na área da Psicologia

Como é o curso de Psicologia?

O curso de Psicologia possui uma duração média de cerca de cinco anos (ou 10 semestres) e pode ser encontrado nas modalidades de bacharelado e licenciatura. A graduação tem como objetivo formar psicólogos, como são chamados os profissionais da área.

Ao final do curso de psicologia, o aluno estará qualificado para observar e analisar as atitudes e os mecanismos mentais do paciente para ajudá-lo a identificar as causas dos problemas e a rever comportamentos inadequados, esteja em qualquer etapa de sua vida (infância, adolescência, fase adulta e velhice). 

Para exercer oficialmente a profissão, é necessário que o estudante complete o curso superior e obtenha o registro junto ao Conselho Regional de Psicologia (CRP), que só é emitido com a apresentação do diploma.

Veja mais: Conheça os 10 melhores cursos de Psicologia em São Paulo

+ Como funciona o estágio no curso de Psicologia?

O que se estuda em Psicologia?

Ao longo do curso, os alunos estudam diferentes correntes de pensamento da Psicologia e as possíveis categorias de atuação na área. Além disso, aprendem sobre as características dos transtornos psicológicos, distúrbios mentais, emocionais ou de personalidade, para estudar sobre as melhores formas de preveni-los e tratá-los.

Normalmente, nos primeiros semestres do curso de Psicologia os alunos têm contato com conteúdos mais teóricos e técnicos, relacionados a matérias como Antropologia, História, Sociologia e Filosofia. Ao longo dos semestres, as disciplinas vão se tornando mais práticas, com análises de casos, simulações de atendimento e estágios de supervisão obrigatórios.

Inclusive, esse contato mais prático com a profissão é muito benéfico, uma vez que o estudante consegue aplicar todo o conhecimento teórico adquirido e já passa a ter uma experiência real da profissão, utilizando de abordagens diferentes para atender aos diversos públicos.

Confira abaixo algumas das principais disciplinas estudadas no curso de Psicologia:

  • Antropologia e sociedade
  • Filosofia e ética
  • História da Psicologia
  • Psicologia do Desenvolvimento Humano
  • Psicologia Social
  • Bioestatística
  • Estágio Supervisionado Básico em Psicologia
  • Metodologia científica
  • Neuroanatomofisiologia
  • Geriatria e Gerontologia
  • Clínica Psicanalítica
  • Psicologia Comunitária;
  • Psicopatologia
  • Psicologia e dependência química
  • Psicologia e Saúde do Trabalhador
  • Saúde, gênero e sexualidade
  • Neuropsicologia
  • Terapia Cognitivo-Comportamental
  • Orientação Profissional
  • Testes de Avaliação Psicológica
  • Psicologia Hospitalar
  • Psicologia Organizacional e do Trabalho
  • Psicologia Escolar
  • Atendimento Psicológico Online

Veja também: Conheça os melhores cursos na área de Psicologia presencial

+ 7 fatos sobre a carreira de Psicologia

Quais são os melhores cursos de Psicologia?

Para te ajudar na escolha da instituição de ensino, coletamos as informações do Guia da Faculdade e reunimos quais são os melhores cursos de Psicologia do país, segundo o ranking. Vale destacar que todos os cursos são oferecidos na modalidade presencial. 

Além disso, com exceção do curso de Psicologia na Universidade de Brasília (UnB), que apresenta a titulação de licenciatura, todos os cursos listados são na forma de bacharelado. 

Confira, na tabela abaixo, quais universidades possuem os melhores cursos de Psicologia, segundo a edição mais recente do Guia da Faculdade: 

Universidade Cidade Estrelas
Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC – Campinas) Campinas (SP) 5
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC – Minas) Belo Horizonte (MG) 5
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC – São Paulo) São Paulo (SP) 5
Universidade de Brasília (UnB) Brasília (DF) 5
Universidade de São Paulo (USP) Ribeirão Preto (SP) 5
Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) São Leopoldo (RS) 5
Universidade Federal de Jataí (UFJ) Jataí (GO) 5
Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) Cuiabá (MT) 5
Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) Santos (SP) 5
Universidade Federal de Uberlândia (UFU) Uberlândia (MG) 5
Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Porto Alegre (RS) 5

Quais são as áreas de atuação da psicologia?

Principalmente devido ao crescimento da incidência de doenças e transtornos mentais em todos os setores da sociedade, atualmente o curso de Psicologia possui muitas áreas de atuação que os profissionais podem escolher para atuar. 

Dependendo do campo escolhido, os psicólogos poderão atuar tanto em clínicas e consultórios quanto em diferentes instituições públicas ou privadas, como por exemplo no setor de Recursos Humanos ou na orientação profissional dos alunos de uma escola. 

Além disso, para aqueles que se interessam por pesquisas, descobertas científicas e pela área educacional como um todo, também há a possibilidade de seguir carreira acadêmica e se tornar um professor da área, contribuindo para a formação de mais profissionais da psicologia nas instituições de ensino. 

Veja abaixo algumas áreas de atuação da psicologia:

Psicologia Educacional: O psicólogo realiza a orientação de pais, professores e alunos na resolução de problemas de aprendizagem, colaborando para a harmonia da comunidade escolar. Os profissionais também auxiliam na elaboração de planejamentos educacionais em creches e escolas, considerando-se diagnósticos de distúrbios específicos que afetam o aprendizado.

Psicologia Empresarial/do Trabalho: O psicólogo do trabalho é responsável por manter um clima corporativo saudável e benéfico entre os trabalhadores, orientando os profissionais em suas carreiras e propondo melhorias nas relações de trabalho. Ele também pode atuar na parte de recursos humanos (RH) da empresa, fazendo o treinamento e desenvolvimento dos funcionários recém-contratados. 

Psicologia Esportiva: Na área esportiva, o trabalho do profissional de psicologia é ajudar a melhorar a saúde mental e inteligência emocional dos atletas, com o intuito de permanecerem tranquilos e mais concentrados para enfrentarem as competições e melhorar o rendimento nas provas. O psicólogo ainda pode atuar diretamente com as comissões técnicas e diretorias, orientando estes profissionais a partir de estratégias psicoterápicas adequadas.

Psicologia Hospitalar ou Ambulatorial: Nesse setor os psicólogos trabalham realizando consultas e acompanhamentos a pacientes hospitalizados e seus familiares, integrando a equipe médica e melhorando a saúde mental do paciente, fator que também auxilia na recuperação do melhor estado físico do indivíduo. 

O atendimento neste caso pode ser feito de forma individual ou até mesmo em grupos. Já dentro dos hospitais, um psicólogo também pode atuar no tratamento de médicos, enfermeiros e outros profissionais da saúde, que lidam com estresse no dia a dia e muitas vezes sofrem psicologicamente.

Psicologia Social: Essa área da psicologia é responsável pelo atendimento àquelas pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade, como idosos, pessoas de baixa renda, gestantes, mulheres, crianças, adolescentes e dependentes químicos. Os psicólogos sociais podem atuar em órgãos municipais, estaduais e comunitários, como penitenciárias, asilos e centros de atendimento especializados. 

Neuropsicologia: A principal função dessa área é avaliar as funções neuropsicológicas relacionadas à atenção, percepção, linguagem e raciocínio, e os profissionais dessa área são autorizados a emitir laudos para fins clínicos e jurídicos, complementando diagnósticos médicos. Essa área também encontra bastante espaço em pesquisas acadêmicas e científicas. 

Psicologia Clínica: De modo geral, esse profissional atua identificando distúrbios e transtornos psíquicos para restabelecer a saúde mental e psicológica do paciente. Os profissionais atendem em clínicas e consultórios particulares ou clínicas públicas, e os atendimentos podem ser feitos individuais ou não (como terapia familiar, de casal, dentre outros). 

Psicologia do Consumidor: Sendo de muito interesse das empresas, essa área estuda o comportamento dos clientes e consumidores em geral, com base em suas crenças, sentimentos e visões de mundo. Assim, o psicólogo realiza estudos e pesquisas com diversas pessoas, grupos e até mesmo organizações, com o intuito de entender quais são os critérios utilizados para decidirem por alguma compra, contratarem um serviço ou até mesmo defenderem uma causa, por exemplo. 

Psicologia Jurídica: Essa área da psicologia é responsável por estudar os variados fenômenos que levam uma pessoa a cometer crimes e infringir a lei. Entre as principais funções, destaca-se a atuação como perito judicial na elaboração de laudos referentes a processos, a orientação dos colegiados do sistema penitenciário e também o auxílio técnico aos oficiais de Justiça, como policiais, juízes e advogados.

Orientação profissional: O psicólogo dessa área atua auxiliando jovens e adultos a tomar decisões referentes à carreira e vida profissional com base em diferentes aspectos como objetivos de vida, ambições, interesses e gostos. Os atendimentos podem ser individuais ou em grupo, e os profissionais que realizam esse trabalho normalmente atuam dentro de escolas e faculdades, com estudantes de graduação e pós-graduação. 

Psicologia do Idoso: Como o próprio nome já diz, nesse campo de atuação os profissionais trabalham para garantir o bem-estar psicológico daqueles que estão na terceira idade, já que é nessa fase de vida que muitos podem passar por mudanças físicas e emocionais, como a perda de entes queridos, aposentadoria, doenças crônicas, perda de independência, problemas de autoestima, depressão e ansiedade. 

Leia também: Saiba como estudar Psicologia com bolsa de estudo de até 80%

+ Descubra quanto custa uma faculdade de Psicologia

Onde estudar psicologia?

Na hora de escolher uma boa faculdade de Psicologia, alguns fatores são indispensáveis e muito importantes para a carreira profissional como um todo. Por isso, é necessário avaliar a qualidade do ensino, a infraestrutura da instituição, a grade curricular oferecida, o corpo de professores e, principalmente, se a faculdade é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). 

Como o MEC desenvolve uma avaliação sistemática e rigorosa de todas as instituições de ensino superior do Brasil, esse é um ótimo indicativo para atestar a qualidade do curso escolhido em uma faculdade. Conheça abaixo algumas instituições que são reconhecidas e bem avaliadas pelo órgão, além de oferecer condições especiais em suas mensalidades: 

Confira: 15 filmes para quem gosta de Psicologia e quer estudar a área

+ 17 faculdades públicas de Psicologia com menor nota de corte no Sisu

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin