Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque o curso

    Busque, compare e escolha o curso que vai mudar sua vida.


  2. Garanta sua vaga

    Pague a adesão para garantir sua vaga.


  3. Na direção do seu sucesso

    Faça o processo seletivo e depois se matrIcule na faculdade.


Direito na Unifatec - Centro Universitário

  • Graduação
  • 10 semestres
  • 100 disciplinas
  • Bolsas a partir de R$ 836,38
4

Boa

(3)

Ofertas para começar a estudar, aproveita!

Como é o curso de Direito na Unifatec - Centro Universitário?

Direito é o conjunto de normas que regula a convivência social, assegurando ordem, justiça e proteção dos direitos individuais. Engloba áreas como Direito Civil, Penal e Constitucional, fundamentais para a organização e equidade na sociedade.

Resumo do curso

  • Área de conhecimento: Ciências Humanas e Sociais

  • Duração: em média, 5 anos

Qual a grade curricular de Direito?

  • Argumentação e Pesquisa Jurídica

  • Ciência Política

  • Criminologia

  • Direito Administrativo I

Como é a faculdade Unifatec - Centro Universitário

Avaliação dos Alunos

4

Boa

3 avaliações

  • Empregabilidade
    3,7
  • Estrutura
    3,3
  • Professores
    4,3
  • localização
    4,7

Resumo da faculdade

  • mais de 2.090 alunos matriculados
  • mais de 110 docentes
  • 39 cursos de graduação e 118 de pós-graduação
  • 1 unidade no estado de Paraná

Dúvidas mais frequentes

A FATEC-PR investe na boa formação do seu corpo de professores e em um projeto de ensino moderno. De acordo com o site da IES, a FATEC-PR disponibiliza 28 cursos presencias de graduação e 20 cursos de graduação EaD (a distância).

Veja também: As avaliações dos alunos da Faculdade de Tecnologia de Curitiba (FATEC-PR) no site da Quero Bolsa.

O curso de Direito explora a aplicação da lei em diferentes esferas, como constitucional, civil, penal, trabalhista, empresarial e ambiental. Com duração de cinco anos, o programa prepara o estudante para entender, interpretar e aplicar as leis, desenvolvendo habilidades críticas e analíticas demandadas para a prática jurídica.

A metodologia de ensino do curso de Direito concilia teoria e prática. Durante os anos inicias de formação, os estudantes participam de aulas expositivas, que apresentam os conceitos alicerçais do campo. Posteriormente, atividades práticas são disponibilizadas em núcleos jurídicos e laboratórios, que simulam audiências e simulações de julgamento.

Além disso, o bacharelado em Direito tem parte de sua carga horária destinada à realização de estágios supervisionados. O curso também envolve a elaboração de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Após a conclusão do curso, o formando recebe o título de bacharel em Direito, que é um pré-requisito para quem deseja seguir a carreira jurídica, seja como advogado, promotor, juiz, entre outras funções.

O bacharel em Direito é uma titulação fornecida aos profissionais que concluem o curso. Vale mencionar, entretanto, que os profissionais só podem desempenhar funções profissionais após a aprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Cumprindo com as exigências mencionadas, o profissional formado em Direito pode ser:

  • Advogado: Representa os interesses de clientes em processos judiciais e administrativos, oferece aconselhamento legal e redige documentos legais.

  • Juiz: Responsável por julgar casos, interpretar e aplicar a lei em tribunais.

  • Promotor público: Atua em nome do Estado na acusação de crimes, busca a aplicação da lei e proteção dos interesses públicos.

  • Defensor público: Oferece assistência jurídica gratuita para pessoas que não podem pagar por serviços advocatícios.

  • Delegado de polícia: Investiga crimes, coordena equipes de investigação e atua na manutenção da ordem pública.

  • Perito criminal: Realiza exames técnicos e científicos em locais de crime, analisando evidências e fornecendo subsídios para investigações.

  • Notário e registrador: Autentica documentos e registra atos civis, como casamentos, divórcios e propriedades.

  • Professor de direito: Lecciona disciplinas jurídicas em instituições de ensino superior.

  • Consultor jurídico: Oferece aconselhamento legal a empresas, organizações ou indivíduos sobre questões jurídicas.

  • Advogado corporativo: Trabalha diretamente para uma empresa, cuidando de questões legais internas, como contratos, conformidade e litígios.

  • Advogado ambiental: Especializado em questões relacionadas ao meio ambiente, como leis de proteção ambiental e regulamentações de recursos naturais.

  • Advogado de propriedade intelectual: Lida com assuntos relacionados a patentes, direitos autorais, marcas registradas e propriedade intelectual.

  • Advogado de família: Trata de questões relacionadas a casamento, divórcio, guarda de crianças e adoção.

  • Advogado trabalhista: Atua em questões relacionadas a contratos de trabalho, direitos dos empregados e questões sindicais.

  • Advogado penal: Especializado em direito criminal, defendendo ou acusando indivíduos em casos criminais.

De acordo com a BBC, o Brasil é o país com o maior número de advogados no mundo. Aproximadamente 120 mil brasileiros realizam anualmente o exame da Organização de Advogados do Brasil (OAB) para obter a licença para exercer a advocacia. Esses números indicam que o Brasil possui a maior proporção de advogados por habitante em comparação com outros países.

No Brasil, há um advogado para cada 164 brasileiros, enquanto nos Estados Unidos, por exemplo, a proporção é de um advogado para cada 253 habitantes. Além disso, de acordo com a OAB, com base em dados da International Bar Association (IBA), a Índia é o único país que supera o Brasil em número absoluto de advogados, com pouco mais de 2 milhões, o que corresponde a uma média de 1 advogado para cada 700 habitantes.

Dica importante: Confira o Guia Completo sobre a Redação do Enem. Veja dicas incríveis para você arrasar e conseguir uma boa nota nesta parte importante da prova. Tenha acesso aos critérios de avaliação, dicas de especialistas e exemplos nota 1000! Tudo gratuito para você!

Quais são as melhores faculdades de Direito do Brasil?

Confira as melhores faculdades de Direito do Brasil, segundo o Guia da Faculdade 2023, uma avaliação realizada anualmente pelo jornal O Estado de S. Paulo (Estadão) em parceria com a Quero Bolsa. O indicador atribui uma nota variável de 1 a 5.

Instituição Nota Cidade
Universidade de Brasília (UnB) 5 Brasília (DF)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) 5 Belo Horizonte (MG)
Universidade Federal do Paraná (UFPR) 5 Curitiba (PR)
Fundação Getúlio Vargas (FGV) 5 Rio de Janeiro (RJ)
Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) 5 Rio de Janeiro (RJ)
Fundação Escola Superior do Ministério Público (FMP) 5 Porto Alegre (RS)
Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) 5 Santa Maria (RS)
PUC-Campinas 5 Campinas (SP)
Universidade de São Paulo (USP) 5 Ribeirão Preto (SP)
PUC-SP 5 São Paulo (SP)

Veja também: A grade curricular do curso de Direito no site da Quero Bolsa.

Direito é o conjunto de normas que regula a convivência social, assegurando ordem, justiça e proteção dos direitos individuais. Engloba áreas como Direito Civil, Penal e Constitucional, fundamentais para a organização e equidade na sociedade.

A faculdade de Direito é a área acadêmica voltada à formação de advogados, juízes, promotores, delegados, entre outras profissões relacionadas. O curso ensina os alunos a interpretar e aplicar as leis, em âmbitos como civil, penal e da família.

As disciplinas do curso incluem o Direito Constitucional, que estuda a estrutura do Estado e os direitos fundamentais, Direito Administrativo, que aborda as regras que regem a administração pública, e Direito Comercial, que lida com as normas para empresas e negócios. Além disso, matérias como Direito Tributário e Direito do Trabalho estudam a legislação fiscal e as relações ocupacionais.

O curso de Direito também estimula o desenvolvimento de habilidades práticas, como a capacidade de argumentação, de redação jurídica, de interpretação de leis, de resolução de conflitos, entre outras. Para isso, são oferecidas atividades como simulações de julgamentos, estágios em escritórios de advocacia, atendimento jurídico à população, entre outras atividades.

Quanto anos dura o curso de Direito?

A faculdade de Direito tem uma duração mínima de 5 anos, sendo dividida em 10 semestres, com uma carga horária mínima de 3.700 horas, conforme as Diretrizes Curriculares do Ministério da Educação (MEC).

Após a conclusão do curso, os formados em Direito podem atuar como advogados em escritórios, empresas ou órgãos públicos, como juízes, promotores, delegados, defensores públicos, entre outras carreiras relacionadas à área do direito.

Existe curso de Direito EaD?

Diferente de outras graduações, no Brasil, não há cursos de Direito na modalidade de Educação a Distância (EaD) reconhecidos pelo MEC. A principal razão para isso é a posição da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que teme que a oferta elevada de cursos EaD de Direito comprometa a qualidade das formações, potencialmente levando a um aumento no número de advogados inaptos para atuar em concursos e no exame da OAB. A OAB também argumenta a necessidade de um contato mais próximo entre alunos e docentes.

No dia 29 de novembro, o MEC suspendeu o processo de autorização do curso de Direito EaD, por meio da Portaria Nº 2.041. A medida também se aplica a uma série de cursos e tem o prazo de 90 dias.

+ Bolsas de Estudo para cursos de Direito

Caso você tenha dúvidas se o curso de Direito é a escolha certa para você, não deixe de conferir o Teste Vocacional para Direito da Quero Bolsa. É rápido, gratuito e pode te ajudar nessa importante escolha profissional.

Com o Guia da Carreira, entrar na faculdade é muito mais fácilCadastre-se e receba alertas por e-mail e WhatsApp assim que chegarem novas vagas do seu interesse.
Busque sua vaga
Compare preços e escolha a vaga que cabe no seu bolso
Garanta sua vaga
Pague a taxa de serviço, chamada de pré-matrícula
Estude pagando menos
Aí é só fazer o processo seletivo e a matrícula na faculdade

As melhores vagas da Unifatec - Centro Universitário perto de você