dcsimg

Saiba como fazer sua escolha profissional e onde estudar

Dúvidas sobre qual carreira seguir? Algumas dicas sempre ajudam na hora de tomar uma decisão difícil, como a da escolha profissional. Confira!

Ainda muito jovens, temos uma das decisões mais importantes para tomar e que norteará nossa vida por muito tempo: a escolha profissional.

A dúvida sobre qual graduação fazer e qual universidade escolher permeia incertezas sobre a escolha, como “Será que é a profissão ideal para mim?” ou “E se eu fizer a escolha errada?”.

Calma, muitos descobrem o que realmente querem fazer quando já estão no curso — em Administração, por exemplo, descobrem que Comércio Exterior é a carreira que querem seguir. Com você, pode acontecer o mesmo. Vamos abordar este ponto um pouco mais ao longo do texto.

Que tal algumas dicas para auxiliar na escolha da carreira? Vamos lá!

O dilema da escolha profissional: como tornar essa decisão mais fácil

O que fazer quando a preocupação de tirar notas boas na escola é substituída pela de definir o caminho profissional? Veja algumas dicas:

1. Considere todas suas aptidões

Pode parecer muito óbvio, mas às vezes a aptidão dominante pode não ser a que determinará um futuro profissional. Aptidões secundárias (que menos se destacam) podem ser desenvolvidas e determinar a profissão da pessoa. Por isso, considere todos os seus talentos e habilidades na hora de considerar qual curso de graduação escolher.

2. O que sua família tem a dizer?

A família tem papel importante nesse cenário, pois é de onde deve vir o apoio e suporte às decisões. No entanto, os pais e avós devem conter suas expectativas e deixar que o jovem escolha seu caminho. Vamos explicar.

Quem não conhece alguém que projeta suas expectativas na carreira do filho? Ou aquele que quer que o jovem siga a tradição da família: “porque os pais, tios e irmãos são todos advogados”? Ao escolher uma profissão por pressão, o jovem pode embarcar em uma jornada frustrada e isso pode ser muito ruim para sua carreira.

3. Fique tranquilo e tente a decisão mais acertada

A tranquilidade faz pensar melhor, com mais clareza. Ansiedade e nervosismo só deixam as ideias mais confusas e nebulosas. É muita decisão importante? Sim, mas não é algo que não possa ser identificado no início e mudado — o que nos leva à dica seguinte.

4. Não tenha medo de errar na tomada de decisão

A decisão sobre sua escolha profissional não precisa ser definitiva, pois você pode iniciar uma graduação e descobrir que não é bem aquilo que quer.

Digamos que você opte pelo curso de Banco de Dados na universidade Cruzeiro do Sul, mas não era exatamente isso que você queria. É na área de TI, mas quer outra coisa. Então descobre que quer, na verdade, cursar Jogos Digitais, outro curso que a universidade oferece.

Isso acontece bastante, e o estudante pode pedir à instituição a mudança de curso. Inclusive, ele consegue validar disciplinas em comum.

5. Seja estratégico

Considere todas as dicas anteriores, mas também seja prático e estratégico: pesquise sobre as áreas em expansão e que ofereçam boas possibilidades de uma carreira bem-sucedida.

Direito, Administração, Contábeis, Tecnologia da Informação, Enfermagem e várias outras têm crescido bastante pelas tendências e avanços tecnológicos. As instituições de ensino superior correm junto e fazem crescer seu portfólio de cursos para conseguir acompanhar essa demanda. Universidades como a Anhanguera e UNICID são exemplos, pois têm uma diversidade de cursos a oferecer, nos mais diversos campos de atuação.

Pense no que você tem afinidade e alie isso a um campo fértil e cheio de oportunidades. Aliar a sua vocação a uma carreira que lhe garantirá estabilidade financeira é a escolha perfeita.

6. Mesmo que nada dê certo…

Às vezes acontece, e não vamos dizer o contrário, de a pessoa seguir um caminho profissional e não se sentir realizada profissionalmente. Em tempos idos, isso era um problema, mas o cenário contemporâneo é totalmente diferente.

As novas gerações não se prendem a uma profissão que não lhes agrada e dão rumos novos à carreira, fazem uma segunda e até terceira graduação. É claro que você não vai fazer a sua escolha profissional com isso em mente, mas é bom que tenha esta dica como uma opção.

Onde estudar é também uma escolha importante

As universidades abaixo podem ser o local em que você passará os próximos anos de sua vida. Todas elas são autorizadas e reconhecidas pelo MEC e têm o curso certo para você:

O ingresso nessas universidades é por meio de vestibular, prova agendada ou com a nota do Enem.

De acordo com o que quer estudar, você pode escolher entre as modalidades presencial, semipresencial ou a distância. Além de optar também por cursos de licenciatura, bacharelado ou tecnológicos.

Você também pode se interessar por essas leituras:

Saiba onde achar uma faculdade em dois anos a distância

Saiba tudo sobre o curso de Engenharia Civil online

E você? Já fez a sua escolha profissional? Qual curso e universidade escolheu? Conte tudo pra gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin