dcsimg

Estudar Farmácia é dificil? Descubra agora sobre a graduação

Se você acha que estudar Farmácia é difícil, este post é para você! Vamos tirar todas as dúvidas sobre o curso!

É normal que muitos jovens pensem que estudar Farmácia é difícil, já que o curso envolve muita química e cálculos complexos. Essas disciplinas são necessárias, pois uma das áreas de atuação do farmacêutico é a elaboração de medicamentos, perfumes e cosméticos, e para trabalhar nesse campo é necessário um conhecimento aprofundado sobre fórmulas químicas.

Mas se você quer fazer o curso e tem medo de não conseguir por causa das matérias de Química, não se desespere! Você pode vencer esse desafio durante os anos de faculdade participando de grupos de estudo, com o auxílio de outros colegas de classe, ajuda dos professores e mais horas dedicadas aos estudos.

Neste post, vamos dar algumas informações sobre o curso de Farmácia, como disciplinas do curso e onde estudar. Confira!

O que faz um farmacêutico?

Ser um farmacêutico é muito mais do que ficar atrás de um balcão de uma farmácia ou drogaria, pois a área de atuação do profissional é muito ampla.

Dentro das farmácias, o profissional é responsável por orientar os pacientes em relação ao uso de medicamentos prescritos pelo médico, além preparar fórmulas para produtos e medicamentos manipulados.

Mas o farmacêutico atua também no estudo da composição de medicamentos, cosméticos e alimentos industrializados, orientando na fabricação desses produtos. Ele também trabalha no estudo e em testes de substâncias que compõem remédios, cosméticos, alimentos e produtos de higiene. E pode, ainda, trabalhar em laboratórios de análises clínicas, fazendo exames para diagnóstico e o acompanhamento de doenças.

De acordo com o Conselho Federal de Farmácia, há mais de 70 áreas de atuação para o farmacêutico. Veja a seguir, algumas delas!

  • Acupuntura
  • Auditoria Farmacêutica
  • Banco de Sangue
  • Banco de Órgãos
  • Controle de Pragas Urbanas
  • Farmácia Veterinária
  • Fitoterapia
  • Gerenciamento de Resíduos dos Serviços de Saúde
  • Parasitologia Clínica
  • Toxicologia Forense

Como é o curso de Farmácia?

O curso de Farmácia é oferecido na modalidade bacharelado, pode ser feito tanto na modalidade presencial quanto na semipresencial e tem uma duração média de 5 anos. O curso é dividido entre o estudo de disciplinas teóricas e aulas práticas em laboratório.

Na modalidade semipresencial, o estudante precisa comparecer ao polo da faculdade algumas vezes por mês para fazer as atividades práticas. A quantidade de aulas presenciais depende da instituição, podendo ser semanais ou quinzenais. De qualquer forma, a faculdade precisa respeitar a carga horária mínima, estabelecida pelo MEC, para atividades presenciais — a distribuição dos encontros fica a critério da instituição.

Apesar de o curso ser encontrado também na modalidade semipresencial, a maior parte das faculdades oferece apenas o curso presencial. O aluno pode estudar em período integral, de manhã ou à noite, dependendo da faculdade escolhida.

Para se formar na área é necessário que o estudante faça um estágio supervisionado e conclua o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso). Além disso, para atuar como farmacêutico, é preciso se registrar junto ao Conselho Federal de Farmácia.

O que se estuda no curso de Farmácia?

No início do curso, o aluno tem contato com disciplinas básicas da área da Saúde, como Anatomia, Biologia e Fisiologia. Depois de alguns semestres, mas ainda nos primeiros anos da graduação, o estudante começa a ter contato com as matérias voltadas para a formação base do curso de Farmácia, como Química Geral e Inorgânica, Química Orgânica, Física e prática em laboratório.

Talvez pelo fato de ter muita Química e até mesmo, Física no curso, muitos alunos acreditam que estudar Farmácia é difícil. Mas conheça melhor a grade de disciplinas antes de chegar a uma conclusão.

Abaixo estão as disciplinas mais comuns nos cursos de Farmácia, mas é importante lembrar que a grade pode variar de acordo com a instituição.

  • Análises Toxicológicas
  • Anatomia Humana Geral
  • Atenção Farmacêutica
  • Biologia Celular Geral
  • Bioquímica Clínica
  • Bromatologia (estudo dos alimentos)
  • Citologia Aplicada
  • Controle de Garantia de Medicamentos e Cosméticos
  • Farmácia Hospitalar
  • Farmacoeconomia
  • Farmacoepidemiologia e Farmacovigilância
  • Farmacognosia
  • Farmacologia
  • Farmacotécnica
  • Físico-Química Aplicada à Farmácia
  • Garantia de Qualidade em Práticas Farmacêuticas
  • Gestão Farmacêutica
  • Hematologia
  • Histologia e Embriologia Geral
  • Imunologia
  • Imunoradiobiologia Clínica
  • Microbiologia
  • Parasitologia
  • Patologia Geral
  • Produção de Medicamentos e Cosméticos
  • Química Analítica, Farmacêutica, Orgânica, Geral e Inorgânica
  • Toxicologia Geral

Por que estudar Farmácia?

O mercado de trabalho para quem se forma na área é bastante promissor e oferece uma gama de oportunidades em diversos segmentos da economia. É um dos setores com maior taxa de empregabilidade: segundo o dados do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea), 94,3% dos profissionais da área estão trabalhando.

Quanto à média salarial do profissional, de acordo com o site Love Mondays — instituto que faz levantamento de salários no país —, um farmacêutico ganha em torno de R$ 3.458,00. Mas isso depende do local onde ele mora, empresa que atua, área em que trabalha e cursos de especialização e capacitação, além de que o salário do profissional pode variar muito de acordo com as habilidades dele.

Onde fazer o curso de Farmácia?

De acordo com o Conselho Federal de Farmácia, há mais de 500 cursos de graduação na área espalhados pelo país, sendo que mais de 80% estão concentrados nas faculdades e universidades particulares.

A seguir, listamos algumas instituições reconhecidas pelo MEC que oferecem o curso. Algumas são públicas e outras particulares, veja:

Se você acha que estudar Farmácia é difícil e fica desanimado em fazer o curso, saiba que durante os anos de faculdade, você desenvolverá as habilidades necessárias para o exercício da profissão. O importante é você escolher uma boa faculdade, pois a qualidade do ensino fará toda a diferença em sua carreira.

Veja também

Saiba como escolher a sua profissão

9 coisas que todo mundo pensa ao escolher uma faculdade

Depois dessas informações você ainda acha que estudar Farmácia é difícil? Conte para nós deixando seu comentário no post!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin