Descubra o que faz um auditor

Auditores estão em alta na iniciativa privada e no setor público. Descubra quais são as atribuições desse profissional!

Quando a gente fala em auditoria, muita gente fica de orelha em pé.

A profissão é bastante badalada no mercado de trabalho e geralmente associada a altos salários.

No serviço público, então, é um dos cargos mas desejados!

Mas você sabe qual são as atribuições desses profissionais? Quanto eles ganham? Onde trabalham?

Seguir, descubra o que faz um auditor e o que estudar para se tornar um!

O que faz um auditor

Auditores são os profissionais responsáveis por analisar detalhadamente os processos e atividades de uma empresa, principalmente a parte fiscal e contábil.

Muita gente acha que os auditores são fiscais ou estão aí para apontar culpados por falhas. Não é nada disso.

Eles têm a missão de garantir que os processos estão sendo cumpridos e, com isso, conduzir a empresa para o caminho da excelência, em dia com as normas e procedimentos legais exigidos.

É como um médico fazendo um checkup geral no paciente: ele vai verificar se está tudo em ordem com a saúde do seu cliente, investigando todos os detalhes e comparando os resultados em uma escala do que é considerado saudável. Depois, dá seu aval e, se for o caso, aponta os tratamentos e encaminhamentos necessários.

Só que o auditor vai avaliar a saúde financeira de uma empresa. Para cumprir essa missão, ele mergulha de cabeça nos registros contábeis, em todos os tipos de operações (inclusive fusões e aquisição de outras empresas), dados de controle interno, ouvidoria e cumprimento do código de ética.

Encontradas irregularidades, ele aponta os caminhos para ajustar e corrigir o problema, reportando as falhas detectadas e enviando sugestões de melhorias.

Estando tudo certo, atesta a legitimidade dos dados apresentados ou, dependendo do tipo de auditoria, dá o aval de que os processos internos foram cumpridos corretamente.

O auditor precisa ser um profissional com fortíssimo senso de ética, dado que se compromete a manter sigilo sobre as informações obtidas, muitas delas com peso estratégico.

No mercado encontramos vários tipos de auditor. Entre as empresas, o interno e o externo são os mais comuns.

Entenda a diferença:

Auditor interno – É o profissional contratado pela própria empresa para analisar e garantir o cumprimento dos regulamentos internos. Eles devem identificar falhas ou atestar se os procedimentos internos são cumpridos à risca, buscando sempre um altíssimo padrão de qualidade.

Auditor externo – Trabalha em um escritório especializado em auditoria e é chamado para atestar os dados patrimoniais e financeiros da empresa contratante.

Por lei, empresas de grande porte (faturamento acima de R$ 300 milhões anuais) e empresas de capital aberto precisam se submeter a um processo anual de auditoria externa.

Bancos, seguradoras, fundos de investimento e demais instituições financeiras devem obrigatoriamente passar por uma auditoria a cada seis meses.

O que faz um auditor fiscal da Receita Federal

O auditor fiscal da Receita Federal é um dos cargos mais cobiçados do serviço público.

Com excelentes salários, a Receita aceita profissionais com nível superior em qualquer área do conhecimento.

Sua função é até um pouco mais ampla do que a dos auditores da iniciativa privada.

Veja algumas:

  • Atuar em auditorias internas da secretaria da Receita Federal
  • Fiscalizar cumprimento do pagamento de tributos e contribuições
  • Analisar e controlar atividades de comércio exterior da Receita Federal
  • Analisar processos de restituição ou compensação de tributos
  • Fazer fiscalização de controle aduaneiro, apreensão de mercadorias, livros, documentos, materiais e afins
  • Examinar a contabilidade de sociedades empresariais, empresários, órgãos, entidades e fundos
  • Supervisionar atividades de orientação ao contribuinte

Para ser auditor fiscal da Receita Federal o interessado deve, primeiramente, passar em um concurso público – que, para variar, é bastante concorrido!

Temos auditores também na Previdência Social e na administração estadual.

Quanto ganha um auditor

Na iniciativa privada, os salários de um auditor ficam entre R$ 6.000 e R$ 12.000.

Os valores podem ser bem mais altos, dependendo da experiência do auditor e do tamanho da empresa para a qual ele trabalha.

Os auditores da Receita têm remuneração média elevada: mais de R$ 20 mil em início de carreira, para uma carga de trabalho de 40 horas semanais.

O que estudar para ser auditor

O auditor passa boa parte do seu dia envolvido em cálculos, tributos e muita matemática.

Por isso as formações mais recomendadas para essa profissão são aquelas que lidam com finanças.

Ciências Contábeis é o primeiro que vem à cabeça. O bacharelado, com quatro anos de duração, é um dos mais populares do país, podendo ser encontrado em mais de mil faculdades!

Mas não é a única opção.

Outros cursos que podem levar à carreira de auditor são:

  • Administração (4 anos)
  • Ciências Econômicas (4 anos)
  • Gestão Comercial (2 anos)
  • Gestão Financeira (2 anos)
  • Gestão Pública (2 anos)
  • Processos Gerenciais (2 anos)
  • Gestão da Qualidade (2 anos)

Para se dar bem num setor tão concorrido, os interessados devem investir numa graduação de qualidade e, na sequência, buscar formação adicional em cursos de especialização, MBA, mestrados ou até doutorado.

Lembre-se de que quanto maior o grau de formação do profissional, mais ele tem chances de receber melhores salários ou de passar em concursos públicos.

Abaixo, a gente selecionou algumas faculdades de qualidade que oferecem os diversos cursos que formam auditores.

Conheça:

Veja também:

Qual é o salário de Ciências Contábeis?

Entendeu quais são as funções do auditor? Vai tentar seguir esta área? Conte para a gente!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin