Descubra o que faz um operador de telemarketing

Entenda por que o operador de telemarketing é tão importante para a boa imagem de uma empresa!

Para muitos jovens, o telemarketing é um primeiro emprego, o caminho mais rápido para entrar no mercado de trabalho.

O serviço é muito utilizado por empresas de telefonia, bancos, comércio eletrônico, planos de saúde, enfim, todo tipo de serviço de grande porte que precise de uma central de atendimento ao consumidor.

O bom profissional sabe se comunicar com clareza, é paciente e entende os processos da empresa para a qual trabalha.

Está pensando em entrar nessa área? Então descubra o que faz um operador de telemarketing e os caminhos para brilhar na área de relacionamento com cliente!

O que faz um operador de telemarketing

O operador de telemarketing tem uma função que parece simples, mas é muito importante para qualquer empresa: interagir com clientes ou potenciais clientes de diversas maneiras.

Muitas vezes eles são responsáveis pela imagem positiva de uma empresa junto ao seu público, só por prestarem um atendimento eficiente e amistoso.

Esse, sem dúvida, é um diferencial competitivo hoje em dia, com a concorrência entre as empresas lá nas alturas.

Hoje, as tarefas mais comuns dos operadores de telemarketing são:

  • Prestar informações gerais: fornecer orientações, tirar dúvidas, resolver problemas, abrir chamados, enviar boletos, emitir passagens, etc.
  • Oferecer suporte técnico para produtos e serviços diversos.
  • Fazer venda direta de produtos e serviços (cartões de crédito, empréstimos, assinaturas de jornais e revistas, etc.).
  • Oferecer mudança de plano (de celular ou TV por assinatura, por exemplo) e comunicar promoções.
  • Fazer cobranças.

Quando falamos em telemarketing, imaginamos logo um operador ao telefone, certo?

A maioria ainda trabalha assim, mas isso tem se diversificado bastante nos últimos anos.

Os operadores de telemarketing também usam chats, redes sociais, aplicativos de bate-papo e e-mail em suas comunicações.

Os profissionais trabalham nos chamados “call centers”, que são grandes centrais de atendimento onde cada um tem sua própria cabine de comunicação.

Há dois tipos de telemarketing: o ativo e o receptivo.

O telemarketing ativo é voltado para venda direta de produtos e serviços. Os operadores têm de ligar ou acionar os contatos determinados e usar seu poder de persuasão para convencer os consumidores a adquirir o que estão vendendo.

Eles normalmente têm metas mensais e podem lucrar um valor extra a cada venda consolidada.

Suas principais atividades são:

  • Fazer ofertas personalizadas ao consumidor.
  • Ajudar a elevar as vendas de uma empresa.
  • Buscar novos clientes.
  • Acompanhar serviços de pós-venda.

O telemarketing receptivo é o que recebe as ligações dos clientes.

Entre suas principais atividades, destacamos:

  • Esclarecer dúvidas quanto aos serviços públicos e privados à população.
  • Orientar quanto ao uso de produtos e serviços tecnológicos.
  • Elucidar dados técnicos e de contrato.
  • Explicar condições de pagamento.
  • Prestar diversos tipos de pequenos serviços: segunda via de boleto, alteração de datas de pagamento, mudança de planos, etc.
  • Encaminhar problemas e reclamações para o setor correspondente.
  • Agendar serviços técnicos no local.

Para ser um bom operador de telemarketing é preciso cumprir alguns requisitos:

  • Saber falar bem, com boa dicção (no caso de atendimento por telefone).
  • Ter paciência para lidar com todo tipo de cliente.
  • Ser bom de papo, saber vender.
  • Ter familiaridade com tecnologia.
  • Conhecer a fundo todos os produtos e serviços com os quais está lidando.
  • Ser ágil na solução dos problemas.

Atualmente a maioria dos operadores de telemarketing trabalha em empresas que terceirizam seus serviços a grandes organizações.

Saiba a seguir como fazer parte desse mercado.

Como se tornar operador de telemarketing

Para ser operador de telemarketing basta ter ensino médio completo e se enquadrar nos requisitos de comunicação e familiaridade com tecnologia que listamos no tópico anterior.

Há sempre vagas disponíveis no setor, por causa da alta rotatividade verificada nas empresas de call center.

Embora os contratados sejam submetidos a treinamentos especiais, muita gente tem recorrido a cursos profissionalizantes.

É um bom caminho para entrar na área com um diferencial. Os cursos normalmente são de curta duração, às vezes podem ser feitos a distância, e estão disponíveis nos principais centros de formação profissionalizante.

Profissionais de telemarketing mais experientes acabam assumindo posições de chefia e coordenação em call centers – uma meta interessante para quem quer entrar na área.

Salário de um operador de telemarketing

Hoje, a média salarial para um operador de telemarketing é de R$ 1.400.

A jornada de trabalho é de seis horas diárias – o que superar essa conta deve entrar como hora extra.

Esse valor é para quem tem uma experiência de 4 a 6 anos com atendimento ao cliente.

Quem está entrando agora vai encontrar valores entre R$ 920 e R$ 1.300, aproximadamente.

Quem chegar ao cargo de chefe de call center vai ganhar, em média, R$ 4.000.

Os salários mais interessantes estão nos cargos de gerência e direção.

Os gerentes de call center ganham entre R$ 7.000 e R$ 18.000, enquanto os diretores embolsam entre R$ 14.000 e R$ 36.000.

Como se dar bem na área de telemarketing

Se você gosta de vendas, marketing, relacionamento com cliente, vale a pena investir numa formação de nível superior.

Só assim é possível ter mais chances de alcançar cargos mais elevados, como os de coordenação, gerência e direção que citamos acima.

Existem diversos cursos que trabalham essas habilidades, alguns deles com curta duração e diploma de nível superior reconhecido no mercado.

Entre as melhores opções para quem gosta de telemarketing, separamos:

  • Marketing (o mais recomendado!) – tecnólogo, 2 anos de duração.
  • Gestão Comercial – tecnólogo, 2 anos de duração
  • Comércio Exterior – tecnólogo, 2 anos de duração
  • Administração – bacharelado, 4 anos.
  • Publicidade e Propaganda – bacharelado, 4 anos.

Praticamente todos esses cursos são encontrados facilmente em universidades públicas e privadas por todo o país.

Abaixo, a gente separou algumas boas faculdades onde você pode estudar com a certeza de receber um ensino de qualidade.

Confira:

Veja também:

Saiba como é a graduação em Marketing e veja onde estudar

O que achou do trabalho do operador de telemarketing? Pensando em entrar na área? Conte para a gente aqui!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin