dcsimg

Saiba tudo sobre a profissão Enfermagem e veja onde estudar

Decidiu cursar Enfermagem, mas não sabe muitos detalhes da graduação? Então confira agora tudo sobre Enfermagem e saiba o que você sempre quis saber sobre a profissão!

A principal função do enfermeiro é cuidar das pessoas, ajudando na recuperação de pacientes. Suas principais atividades serão cuidar dos doentes e acompanhar a evolução do quadro clínico dos mesmos.

Você que quer trabalhar promovendo a saúde, fazendo curativos, aplicando injeções, atuando em serviços de emergência a até mesmo liderando equipes, saiba que a área de saúde é a melhor escolha. Por isso separamos as principais informações sobre o curso, para que você saiba tudo sobre Enfermagem.

Como é a atuação do enfermeiro

Conforme já falamos acima, a principal função desse profissional é promover a saúde, para isso ele pode atuar em diversos locais. Os ambientes mais tradicionais para o enfermeiro trabalhar são os hospitais, as clínicas ou serviços domiciliares. Também pode atuar em parceria com outros profissionais, como nutricionistas, médicos e psicólogos.

No campo da saúde coletiva o enfermeiro atua nas comunidades, onde ele trabalha na prevenção de doenças ou desenvolvendo trabalhos educativos.

Principais atividades do enfermeiro

  • Coleta dados para entender o estado de saúde do paciente.
  • Definir a conduta a ser seguida pela equipe de enfermagem.
  • Cuidar da higiene dos pacientes.
  • Cuidar da alimentação dos pacientes.
  • Administração os remédios definidos previamente.
  • Fazer curativos.
  • Ministrar aulas teóricas e práticas em cursos profissionalizantes (para licenciados).

Áreas de atuação para o profissional de Enfermagem

Enfermagem estética: trabalhar em clínicas de estética, auxiliando em procedimentos estéticos.

Enfermagem forense: auxiliar nas investigações de crimes.

Enfermagem geral: liderar equipes de enfermagem no atendimento aos pacientes.

Enfermagem geriátrica: atuar em domicílio, clínicas, hospitais ou casas de repouso atendendo idosos, doentes ou não.

Enfermagem médico-cirúrgica: prestar auxílio no pré e pós-operatórios dos pacientes.

Enfermagem obstétrica: auxiliar gestantes, parturientes e lactantes.

Enfermagem offshore: trabalhar em navios e plataformas marítimas de petróleo.

Enfermagem pediátrica: acompanhar o desenvolvimento de crianças.

Enfermagem psiquiátrica: auxiliar no tratamento de pacientes com algum distúrbio psicológico.

Enfermagem de resgate: atuar junto a equipes de resgate.

Enfermagem de saúde pública: orientar a comunidade a respeito da prevenção de doenças. Atender pacientes em centros de saúde, hospitais, escolas e creches.

Enfermagem do trabalho: oferecer atendimento ambulatorial nas empresas e acompanhar programas relacionados a saúde dos funcionários.

Ensino: ministrar aulas e orientar projetos de pesquisas. Para ministrar aulas será necessário formação no curso de licenciatura.

Pesquisa clínica: pesquisar e implementar projetos referentes ao desenvolvimento de drogas e estudos epidemiológicos e genéticos.

Como é o curso de Enfermagem

Serão ministradas matérias das áreas de ciências biológicas, administração, psicologia e sociologia.

Algumas das disciplinas estudadas serão: anatomia, saúde coletiva, saúde da mulher, parasitologia e farmacologia. A partir do segundo ano, o aluno começa a se envolver mais com a parte prática da profissão. Você vai ter a oportunidade de atender pacientes e cuidar de enfermarias.

Nos cursos de licenciaturas serão aplicadas ainda disciplinas voltadas para metodologias de ensino.O estágio supervisionado, assim como o trabalho de conclusão são obrigatórios.

Como é o estágio em Enfermagem

Quando chegar o semestre em que é permitido realizar os estágios, você poderá estagiar em hospitais, unidades de saúde, prontos-socorros, laboratórios de enfermagem, em campanhas de vacinação.

Nos estágios você vai viver experiências únicas e desenvolverá habilidades e competências técnicas e científicas essenciais para a profissão.

Grade curricular do curso de Enfermagem

  • Saúde ambiental
  • Biossegurança e vigilância sanitária
  • Psicologia em saúde
  • Anatomia humana aplicada à enfermagem
  • Anatomia humana
  • Biologia celular
  • Língua brasileira de sinais
  • Bioquímica aplicada à enfermagem
  • Vigilância e promoção de saúde
  • Fisiologia humana
  • Microbiologia
  • Patologia geral
  • Processo de cuidar em enfermagem
  • Diversidade étnico-cultural
  • Tecnologias da informação e da comunicação
  • Histologia e embriologia humana
  • Prática clínica de introdução à enfermagem na saúde coletiva
  • Prática clínica de processo de cuidar em enfermagem
  • Fisiologia humana aplicada à enfermagem
  • Estudos epidemiológicos
  • Introdução à enfermagem na saúde coletiva
  • Parasitologia
  • Farmacologia aplicada à enfermagem
  • Instrumentalização para o processo de cuidar
  • Prática clínica de enfermagem na saúde coletiva
  • Prática clínica de instrumentalização para o processo de cuidar
  • Ergonomia e segurança do trabalho
  • Imunologia
  • Enfermagem na saúde coletiva
  • Enfermagem na saúde da criança e do adolescente I
  • Enfermagem na saúde do idoso
  • Enfermagem na saúde do adulto
  • Prática clínica de enfermagem na saúde da criança e do adolescente I
  • Prática clínica de enfermagem na saúde do adulto
  • Prática clínica de enfermagem na saúde do idoso
  • Gestão em saúde
  • Enfermagem em centro cirúrgico e central de maternidade
  • Enfermagem em oncologia
  • Enfermagem na saúde da mulher: assistência ginecológica
  • Prática clínica de enfermagem na saúde da mulher: assistência ginecológica
  • Enfermagem na saúde da criança e do adolescente II
  • Enfermagem na saúde mental
  • Enfermagem em terapias complementares
  • Metodologia de pesquisa
  • Enfermagem na saúde do adulto: cuidados semi-intensivos e intensivos
  • Prática clínica de enfermagem na saúde da criança e do adolescente II
  • Prática clínica de enfermagem saúde do adulto: cuidados semi-intensivos e intensivos
  • Prática clínica de enfermagem na saúde mental
  • Administração aplicada à enfermagem
  • Enfermagem na saúde da mulher: ciclo gravídico puerperal
  • Prática clínica de enfermagem na saúde da mulher: ciclo gravídico puerperal
  • Relacionamento enfermeiro-paciente
  • Enfermagem e o processo educacional
  • Bases teóricas e históricas do cuidar
  • Bioética e aspectos legais da profissão
  • Aspectos nutricionais na assistência de enfermagem
  • Genética
  • Trabalho de curso I
  • Estágio curricular supervisionado: gestão da assistência de enfermagem nos serviços de saúde
  • Trabalho de curso II
  • Estágio curricular supervisionado: gestão da assistência de enfermagem

Onde estudar

Agora que você já sabe tudo sobre Enfermagem chegou a hora de escolher onde estudar, certo? Como sabemos, os conhecimentos e habilidades do enfermeiro se fazem necessários em muitos ambientes. Com essa demanda de trabalho tão alta, não é de se espantar que o curso seja muito procurado, o que fomenta muitas ofertas.

Mas tome cuidado ao escolher uma instituição de ensino, pois esta deve ser autorizada pelo Ministério da Educação (MEC). Para te ajudar a escolher a melhor opção, separamos algumas universidades que oferecem o curso de Enfermagem e são reconhecidas pelo MEC. Confira!

Vale ressaltar que todas essas faculdades aceitam o Enem como forma de ingresso em seus cursos, além disso oferecem descontos e bolsas. Conseguiu passar no Fies ou no ProUni? Fique feliz, todas elas participam desses programas.

Veja também:

Qual o salário de Enfermagem?

Enfermagem: saiba sobre a carreira e onde cursar

Com as nossas dicas você já sabe tudo sobre o curso de Enfermagem e está apto a escolher como estudar. Então conte para gente quando pretende iniciar a graduação?

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin