Veja qual é o salário do profissional de Gestão Pública

O curso de Gestão Pública é um dos 13 cursos do eixo tecnológico de Gestão e Negócios, elaborado pelo Ministério da Educação (MEC) no Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia.

Esse curso é de nível superior que prepara profissionais tecnólogos para o mercado, em uma graduação que tem carga horária mínima de 1600h, que costuma levar dois anos para o aluno se formar, em média.

Veja quanto ganha e como o salário desse profissional de Gestão Pública varia ao longo de sua carreira e local de trabalho.

Quanto é o salário mínimo de um gestor público?

No Brasil, o salário mínimo de um profissional tecnólogo de Gestão Pública é de R$ 3.214, sendo que a média do salário inicial para profissionais dessa carreira é de R$ 4.070,15.

O levantamento desses números foi feito pelo site Salario.com, que usou como base os salários registrados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), eSocial e Empregador Web, com os salários cadastrados oficialmente em regime de CLT.

A cidade que apresenta o maior piso salarial para um gestor de recursos humanos é o Rio de Janeiro, onde esse profissional tem a remuneração inicial superior a R$ 8.367,32 e a média supera o valor de R$ 9 mil por mês, segundo o site.

Qual é a média salarial do profissional de Gestão Pública?

Também segundo o site Salario.com.br, o profissional de Gestão Pública no Brasil recebe uma média salarial de R$ 4.459,51 por mês. Essa remuneração pode chegar até R$11.360,75 por mês, valor que é o teto salarial para o exercício da profissão no país.

Com base nos dados do Caged levantados pelo portal, é possível identificar a variação ao longo da experiência da carreira do gestor público, para os profissionais de nível júnior, pleno e sênior. Confira:

  • Tecnólogo em Gestão Pública Júnior: média de R$ 4.232,47 por mês
  • Tecnólogo em Gestão Pública Pleno: média de R$ 4.624,48 por mês
  • Tecnólogo em Gestão Pública Sênior: média de R$ 5.235,41 por mês

Essa remuneração também pode variar de acordo com o local onde esse profissional atua, podendo ser diferente dependendo do município ou do estado onde trabalha.

Veja a tabela com as remunerações médias do profissional de Gestão Pública em alguns estados do Brasil, de acordo com os dados levantados pelo Salario.com.br:

  • Rio de Janeiro: R$ 8.203,22 em média por mês
  • Bahia: R$ 4.901,14 em média por mês
  • Rio Grande do Sul: R$ 4.433,11 em média por mês
  • São Paulo: R$ 4.410,35 em média por mês
  • Pará: R$ 4.121,63 em média por mês
  • Minas Gerais: R$ 3.837,13 em média por mês
  • Ceará: R$ 3.283,73 em média por mês
  • Distrito Federal: R$ 3.217,57 em média por mês
  • Paraná: R$ 2.823,57 em média por mês
  • Goiás: R$ 2.263,62 em média por mês
  • Mato Grosso: R$ 2.170,06 em média por mês
  • Pernambuco: R$ 2.133,33 em média por mês

O que faz uma pessoa formada em Gestão Pública?

O Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia do MEC também lista o que um estudante de Gestão Pública é capacitado para fazer depois de concluir o curso e ter o seu diploma de tecnólogo em mãos.

Veja algumas das funções que ele pode exercer, segundo o MEC:

  • Diagnostica o cenário político, econômico, social e legal do contexto em que está atuando;
  • Desenvolve e aplica inovações científico-tecnológicas nos processos de gestão pública;
  • Faz parte da elaboração, desenvolvimento e aplicação de políticas públicas voltados para o desenvolvimento local e regional;
  • Trabalha em cima da inovação de metodologias de gestão, baseadas nos princípios da administração;
  •  Planeja, organiza e implementa ações vinculadas à prestação de serviços públicos.

Mercado de trabalho 

O mercado de trabalho para o gestor público é amplo e traz oportunidades em diversos setores, não exclusivamente no campo público de trabalho. Mas em locais onde o serviço público é vasto, mais oportunidades profissionais podem ser oferecidas nessa carreira.

Saiba onde o profissional de Gestão Pública concentra a sua atuação, também de acordo com o catálogo do MEC:

  • Órgãos Públicos;
  • Organizações privadas que prestam serviços públicos;
  • Organizações sem fins lucrativos;
  • Institutos de pesquisa e Instituições de ensino;
  • Empresas de planejamento e desenvolvimento de projetos;
  • Empresas de assessoramento técnico e consultoria.

Muitas vezes, o setor público exige a aprovação por meio de concursos públicos para as vagas que costumam aparecer em editais de órgãos das três esferas, municipal, estadual e federal.

Onde estudar Gestão Pública?

Se você está interessado pelo curso tecnológico de Gestão Pública e quer ingressar nessa carreira de tecnólogo, deve decidir com calma onde estudar.

É preciso ficar atento para escolher por faculdades que são reconhecidas pelo MEC e, por isso, podem emitir diplomas válidos para que os estudantes formados atuem no mercado de trabalho.

É o caso dessas faculdades, por exemplo:

Nelas, os estudantes podem tentar ingressar com bolsas de estudo ou outras formas de seleção que facilitam o acesso de estudantes ao ensino superior.

Veja também:
Tudo o que você precisa saber sobre o tecnólogo em Gestão Pública

E então, achou o salário do profissional de Gestão Pública atrativo? Conte para a gente nos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin