dcsimg

Descubra quanto ganha um analista financeiro

Está pensando em trabalhar na área financeira como analista? Conheça os salários médios pagos pelas empresas!

O analista financeiro tem um papel estratégico dentro de qualquer organização.

É dele a responsabilidade de fazer o planejamento de toda rotina financeira que faz a “roda girar”: contas a pagar, a receber, fluxo de caixa, faturamento, projeções, investimentos, desempenho.

Trata-se de uma atividade bastante popular por aqui e que tem atraído um número cada vez maior de interessados.

Você também está a fim de encarar essa profissão?

Então saiba a seguir quanto ganha um analista financeiro e o que fazer para receber salários acima de R$ 20 mil!

Quanto ganha um analista financeiro

Os salários pagos aos analistas financeiros podem ser mais altos ou mais baixos, de acordo com algumas variáveis:

  • Tempo de serviço
  • Porte da empresa
  • Formação
  • Talento individual

No geral, a média salarial é de R$ 2.700, segundo a Catho. Esse valor é pago a profissionais com média de 2,5 anos de experiência.

Levando em conta o porte da empresa e a experiência, o cenário que temos hoje é o seguinte:

Pequenas empresas:

  • Até 4 anos de experiência: R$ 1.900 a R$ 2.400
  • 4 a 8 anos de experiência: R$ 2.900 a R$ 3.700
  • Mais de 8 anos de experiência: a partir de R$ 4.600

Empresas médias:

  • Até 4 anos de experiência: R$ 2.500 a R$ 3.000
  • 4 a 8 anos de experiência: R$ 3.800 a R$ 4.800
  • Mais de 8 anos de experiência: a partir de R$ 6.000

Grandes empresas:

  • Até 4 anos de experiência: R$ 3.200 a R$ 4.000
  • 4 a 8 anos de experiência: R$ 5.000 a R$ 6.200
  • Mais de 8 anos de experiência: a partir de R$ 7.700

Por se tratar de uma área muito diversa, o analista financeiro pode ocupar vários outros cargos e ganhar diferentes salários.

Por exemplo:

  • Analista de câmbio – R$ 2.500
  • Analista de compliance – R$ 2.600
  • Analista de contas a pagar – R$ 2.700
  • Encarregado financeiro – R$ 2.900
  • Analista contábil – R$ 3.000
  • Analista de ativo fixo – R$ 3.800
  • Supervisor financeiro – R$ 3.800
  • Coordenador financeiro – R$ 4.500
  • Analista de planejamento financeiro – R$ 4.700
  • Gerente financeiro – R$ 6.100
  • Especialista financeiro – R$ 6.500
  • Diretor financeiro – R$ 19.500

Salários mais altos para analistas financeiros

Nas grandes empresas – especialmente indústrias e multinacionais – estão as oportunidades mais interessantes para quem é da área de finanças.

Quem investe pesado em formação, experiência e conhecimento está recebendo salários acima de R$ 20 mil. Em cargos mais altos, pode superar os R$ 50 mil – pode acreditar!

Para isso, o mercado está buscando profissionais com visão de negócios, dinamismo, capacidade de se comunicar com clareza e domínio de pelo menos dois idiomas além do português (inglês e outro).

Pós-graduações são pré-requisitos.

Com base em um estudo realizado pela Robert Half, estes são alguns dos melhores salários para cargos de finanças:

  • Diretor financeiro – R$ 80.000
  • Controller – R$ 35.000
  • Gerente de planejamento financeiro – R$ 30.000
  • Gerente contábil – R$ 26.000
  • Coordenador de finanças corporativas – R$ 14.500
  • Auditor – R$ 13.000
  • Analista de tesouraria – R$ 9.400

Cursos para entrar na área financeira

A Catho revela que mais da metade dos analistas financeiros são graduados em Administração de Empresas, um curso de bacharelado com quatro anos de duração.

Mas essa não é a única formação possível para quem quer entrar na área de finanças.

Na extensa lista de opções, há cursos longos, com quatro anos ou mais de duração, e outros mais rápidos, com apenas dois anos.

Conheça alguns:

  • Ciências Contábeis (bacharelado, 4 anos)
  • Ciências Econômicas (bacharelado, 4 anos)
  • Engenharia de Produção (bacharelado, 5 anos)
  • Gestão Financeira (tecnólogo, 2 anos)
  • Gestão Comercial (tecnólogo, 2 anos)
  • Processos Gerenciais (tecnólogo, 2 anos)

Todas essas graduações têm a vantagem extra de poderem ser feitas a distância, com mais flexibilidade de tempo e diploma reconhecido no mercado de trabalho.

A seguir, veja como conseguir vaga e onde estudar!

Faculdades para estudar finanças

Os cursos que listamos acima podem ser encontrados tanto na rede pública quanto na rede particular de ensino superior.

Conseguir entrar em um deles não é difícil.

Os cursos na área de finanças oferecem um número impressionante de vagas. Administração, para você ter ideia, conta com mais de um milhão de vagas por ano; Ciências Contábeis, quase 600 mil; Engenharia de Produção, 340 mil; Gestão Financeira, 250 mil!

Quem faz o Enem praticamente garante lugar para estudar finanças.

São diversas formas de entrar com a nota dos exames:

  • Em universidades públicas, pelo Sisu.
  • Com bolsas de estudos bancadas pelo governo federal, pelo ProUni.
  • Com financiamento estudantil facilitado, pelo FIES.

O jeito mais fácil de entrar no ensino superior é o chamado “ingresso direto”. Adotado por faculdades de todo o Brasil, esse sistema utiliza a nota do Enem como forma de garantir vaga a milhares de estudantes todos os anos.

A grande vantagem é não ter de fazer vestibular. O ingresso direto pode ser usado para cursos presenciais e a distância até nas faculdades mais renomadas.

Quer conhecer algumas onde você encontra os cursos da área de finanças? Então dá uma clicada nas sugestões que trouxemos para você. São faculdades reconhecidas pelo MEC e conceituadas junto ao mercado:

Veja também:

Processos Gerenciais: curso e mercado de trabalho

Está pensando em entrar no mundo das finanças? Conte para a gente o que você achou do salário dos analistas!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin