dcsimg

Descubra quanto ganha um ator

O salário de um ator é bem variado. Os mais cobiçados são os da TV, mas não é só nela que eles trabalham. Leia este artigo e saiba mais sobre a profissão!

Ser ator não é apenas aparecer em comerciais e novelas nas grandes redes de TV. O profissional pode desenvolver vários trabalhos na área artística e, por isso, o seu salário varia bastante.

Certamente o sonho de muitos jovens aspirantes a atores é a possibilidade de protagonizar uma grande obra televisiva, recebendo os devidos reconhecimento e remuneração.

Parte desses artistas têm anos de estrada, experiência e notoriedade, mas essa não é a realidade de todos os atores, uma vez que há também a parcela que não conta com um alto salário ou as melhores oportunidades na carreira.

Hoje você vai saber quanto ganha um ator, desde o início de sua vida profissional até alcançar os lugares mais altos nas telas e nos palcos de todo o país!

Qual é o salário de um ator? 

Vamos falar da média salarial de um ator registrado pela CLT. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), ela fica em R$6000,00, e o teto salarial pode chegar a R$34.861,87, considerando uma jornada de trabalho de 37 horas semanais.

São salários bastante atrativos, mas dependem de diversos fatores como o porte da empresa contratante e o tipo de trabalho a ser desenvolvido pelo contratado.

Como já citamos as emissoras de TV, podemos dizer que os maiores salários se concentram naquelas que têm maior projeção nacional e índices altos de audiência, porém, mesmo dentro de seus quadros de funcionários, existem os atores protagonistas, coadjuvantes e figurantes, que são pagos de forma diferente. 

Os iniciantes, por exemplo, podem começar ganhando uma média de R$1500,00 a R$3000,00. Já quem tem um mais experiência e um papel de destaque, até R$10.000,00.

Por que alguns atores ganham salários tão altos?

Alguns atores consagrados ganham em média  R$20.000,00 por mês, na forma de contratos por tempo indeterminado em grandes emissoras, o que significa que recebem mesmo quando não estão atuando. 

Outros são pagos por obra, como uma novela ou seriado. Os mais famosos chegam a ganhar mais de R$150.000,00 mensais

Para a realidade brasileira esses salários já são bem altos, mas, caso ator assine contratos de publicidade e vincule sua imagem a empresas e outras causas importantes no nosso planeta, seu rendimento pode até aumentar. Dessa forma, alguns chegam a receber milhões, todos os anos.

Por conta dos valores mencionados valores e da projeção desses atores, muitos sonham com uma carreira artística. No entanto, temos que lembrar que esses salários são para uma minoria. É importante ter em mente, ainda assim, que é possível ter um bom salário nessa área.

Quais setores contratam atores no Brasil?

Falamos dos salários e dos setores que são mais conhecidos como a TV e o teatro, mas um ator também pode trabalhar em:

  • Atividades de TV aberta (produção, cenografia, dublagem).
  • Parques de diversão e parques temáticos.
  • Atividades de organizações ligadas à cultura e à arte.
  • Atuação e produção de filmes para publicidade.
  • Espetáculos e atividades complementares.
  • Organização de feiras, congressos, exposições e festas.
  • Estúdios cinematográficos.
  • Casas de show.

Dependendo do tamanho das produções e dos eventos, o ator tem chance de ter uma boa renda se focar em alguma dessas atividades, além da possibilidade de ser registrado pelas empresas como funcionário.

Os dados encontrados sobre os salários dos atores podem ser insuficientes, pois muitos trabalham no período noturno ou finais de semana nesses espaços como freelancers, ou seja, só ganham pelo dia de trabalho.

Qual faculdade fazer para ser ator?

Atuar requer estudo e muito esforço. Para ser um bom ator é preciso que o talento seja aliado à teoria das artes cênicas. 

Por essa razão, existem cursos de bacharelado, licenciatura e tecnologia nessa área.

A maioria dos cursos se concentra nas grandes capitais, onde estão localizadas também as grandes emissoras de TV, como Rio de Janeiro em São Paulo, e são oferecidos por universidades estaduais e federais.

Veja alguns dos cursos que são bastante reconhecidos e disputados nas capitais e interior de São Paulo:

  • Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que oferece o curso de bacharelado em Artes Cênicas, com a duração de 4 anos.
  • Escola de Artes Dramáticas da Universidade de São Paulo (USP), que oferece a formação de atores e de diretores teatrais, ambas com duração de 3 anos.
  • Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia (UFBA), que oferece cursos de direção teatral e interpretação, ambos com a duração de 4 anos. 
  • Instituto de Artes da Universidade de Brasília (UnB), que oferece curso de licenciatura em Teatro, com a duração de 4 a 6 anos.
  • O Instituto de Artes da Unicamp, que oferece curso de bacharelado em Teatro, com a duração de 4 anos.

Faculdades particulares também oferecem cursos de Artes Cênicas reconhecidos pelo MEC, como o Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA), em seu campus na cidade de São Paulo. 

Outros cursos na área artística 

O espaço por detrás das câmeras e dos grandes palcos está repleto de oportunidades. Para que você chegue até lá com uma sólida formação, pode optar por fazer uma das seguintes faculdades:

Os cursos de produção, em geral, são tecnológicos, e em apenas 3 anos você já sai com um diploma, pronto para o mercado de trabalho. Os demais podem ser oferecidos como bacharelados e licenciaturas.

Onde encontrar faculdades na área artística?

Todos os cursos que citamos acima podem ser encontrados nas seguintes faculdades, nas modalidades presenciais, semipresenciais e a distância. Confira:

Agora vai ser difícil escolher qual deles fazer, não é mesmo? Sem contar que todas essas faculdades são reconhecidas pelo MEC e oferecem bolsas de estudo de até 100% com a sua nota do Enem. São muitas vantagens!

Veja também:

8 faculdades para quem quer trabalhar na TV

Bolsa de Estudos para fazer cinema nos Estados Unidos

Já escolheu onde seus estudos vão acontecer? Comente conosco qual curso irá começar!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin