Descubra quanto ganha um conselheiro tutelar

Veja qual é o salário de um conselheiro tutelar e o que precisa fazer para se tornar um!

O conselheiro tutelar desempenha uma função superimportante na sociedade: cuida para que crianças e adolescentes tenham seus direitos assegurados, protegendo menores ameaçados ou que tiveram seus direitos violados de alguma forma.

De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, deve haver pelo menos um Conselho Tutelar em cada município, composto por cinco membros eleitos pela sociedade.

O conselheiro tutelar presta um serviço público.

Quer saber quanto ganha esse profissional?

Descubra agora mesmo qual a remuneração do conselheiro tutelar e como fazer para se tornar um!

Quanto ganha um conselheiro tutelar

De acordo com dados do Ministério do Trabalho e Emprego, o piso salarial médio para o cargo de conselheiro tutelar é R$ 1.464 para jornada semanal de 40 horas.

O valor da remuneração do conselheiro tutelar varia de cidade para cidade e pode ainda ser acrescido de:

  • Hora-extra
  • Adicional noturno
  • Adicional de periculosidade
  • Adicional de insalubridade

Em edital recente para inscrição de conselheiros tutelares no Distrito Federal, o salário oferecido é de R$ 4.684.

Em Natal (Rio Grande do Norte), a remuneração para 40 horas semanais é R$ 2.500.

No estado de São Paulo, em editais recentes para conselheiro tutelar temos salários de R$ 4.231 para a cidade de São Carlos, R$ 6.088 para Campinas e R$ 2.399 para Penápolis.

Para ser conselheiro tutelar precisa fazer faculdade?

Embora não seja obrigatório, ter uma faculdade no currículo ajuda não apenas a desempenhar suas funções, mas também contribui para que o profissional receba uma remuneração melhor.

O curso superior mais ligado à atividade do conselheiro tutelar é o Serviço Social.

O que fazer para ser conselheiro tutelar

A gente falou lá em cima que o conselheiro tutelar é um cargo público.

Quem quiser seguir essa carreira precisa cumprir os seguintes requisitos:

  • ter nacionalidade brasileira;
  • ter pelo menos 21 anos;
  • comprovar experiência de três anos na área da infância e adolescência;
  • residir há pelos menos dois anos na região administrativa onde pretende atuar; e
  • ter o ensino médio completo.

Além disso, deve aguardar até que abra o edital para escolha do conselho tutelar daquele município.

São duas etapas:

  • Etapa 1: inscrição e análise da documentação apresentada.
  • Etapa 2: eleição.

Vale lembrar que a quantidade de vagas para conselheiros tutelares depende das necessidades de cada município. Na cidade de São Paulo, por exemplo, um edital recente abriu 260 vagas.

Uma vez eleito, o conselheiro tutelar trabalha em regime de dedicação exclusiva. Ou seja, não pode conciliar esse cargo com nenhum outro emprego ou atividade remunerada, seja ela pública ou privada.

Onde estudar para trabalhar como conselheiro tutelar

Para se inscrever como candidato a conselheiro tutelar só é obrigatório ter o ensino médio completo.

No entanto, candidatos mais experientes e qualificados têm muito mais chances de conseguirem uma vaga – além de poderem alcançar uma remuneração mais interessante.

Um curso bastante ligado ao universo do conselheiro tutelar é o de Serviço Social.

Com duração de 4 anos, está disponível em faculdades públicas e privadas, nas modalidades presencial e a distância.

Por ser uma formação bastante teórica, que não exige infraestrutura complexa, é uma graduação bastante acessível. Ainda assim, dá para concluir esse curso pagando apenas uma fração da mensalidade ou até mesmo sem pagar nada, graças a iniciativas de acesso ao ensino superior.

Selecionamos para você algumas faculdades de Serviço Social que contam com programas de bolsas, descontos, convênios e financiamento sem burocracia. Todas elas são reconhecidas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC).

Clique e conheça:

Veja também:

Quanto ganha um assistente social?

O que achou dos salários de conselheiro tutelar? Está pensando em concorrer a esse cargo? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin