Descubra quanto ganha um editor de vídeo

Quer saber quanto este profissional fatura no mês? Então vem com a gente que te mostraremos agora! 

Esta profissão é muito importante, pois ela trata de toda a pós-produção de um vídeo: organizando e preparando mídia, editando em um programa não-linear, encontrando, mixando e adicionando sons. 

Também compete ao editor de vídeo as funções de gerenciamento e organização de projetos, redação de textos e gravação de vídeos. 

A tecnologia é uma grande aliada desse profissional, pois ele usará softwares de computador para criar e editar sons e imagens. 

Quanto ganha um editor de vídeo?

O valor mensal que um editor de vídeo vai receber varia muito de acordo com o tipo de empresa em que ele exerce a função e o nível do seu cargo na organização. 

Inicialmente esse profissional poderá receber por mês o valor médio de R$ 1.300 a R$ 1.900. Saiba mais: 

Pequena empresa 

  • Trainee: R$ 1.320,58
  • Junior: R$ 1.518,67
  • Pleno: R$ 1.746,47
  • Sênior: R$ 2.008,44
  • Master: R$ 2.309,71

Média empresa 

  • Trainee: R$ 1.584,70
  • Junior: R$ 1.822,40
  • Pleno: R$ 2.095,76
  • Sênior: R$ 2.410,12
  • Master: R$ 2.771,64

Grande empresa

  • Trainee: R$ 1.901,63
  • Junior: R$ 2.186,88
  • Pleno: R$ 2.514,91
  • Sênior: R$ 2.892,15
  • Master: R$ 3.325,97

O editor de vídeo também pode atuar como freelancer, aumentando os seus rendimentos mensais. 

Algumas organizações ainda dão a opção para esse profissional atuar em home office, trabalhando diretamente em casa, não precisando se deslocar todos os dias para a empresa. 

O que faz um editor de vídeo?

O editor de vídeo fará toda a análise do material gravado, procurando sempre trazer uma boa narrativa e desenvolvimento de história, com a finalidade de captar o público-alvo daquele produto. 

Esse profissional precisa ter muita criatividade e conhecimento constante das tecnologias usadas para facilitar e melhorar a sua atividade. 

Apesar do editor de vídeo ser responsável pela montagem, produção, tratamento de cor e som e finalização, ele precisa sempre estar aberto a realizar mudanças, de acordo com a solicitação de seus clientes finais. 

Onde o editor de vídeo pode trabalhar?

O editor de vídeo pode atuar em várias organizações e em diversas áreas:

  • Canais de TV: na edição de programas, filmes, reality shows, novelas, propagandas, entre outros.
  • Empresas de criação de vídeos: na criação e edição de vídeos corporativos, comerciais, de festas (15 anos, casamentos, formaturas) e clipes musicais de pequenos, médios e grandes artistas.
  • Projetos próprios ou como freelancer: realizando todos os tipos de edição de vídeos ou até mesmo se especializando em apenas um.

O que estudar para ser um editor de vídeo? 

Para atuar como editor de vídeo, as principais graduações são: 

  • Graduação em Produção Audiovisual 
  • Graduação em Cinema e Vídeo 
  • Graduação em Rádio e TV 

Das graduações acima, a mais indicada para quem deseja atuar diretamente com edição de vídeos é Produção Audiovisual. 

Esse curso tem o formato tecnológico, com o tempo de formação mais curto e com a grade de curricular repleta de disciplinas que preparam o estudante para atender às principais demandas do mercado de trabalho. 

Durante a graduação, o estudante aprenderá: 

  • Técnicas de cenografia
  • Técnicas de edição, captação de som, roteiro, animação e produção 
  • Câmera e iluminação
  • Técnicas de locução para rádio e TV
  • Criação e produção publicitária em rádio

Esse curso não é disponibilizado em todas as instituições de ensino superior, mas existem boas opções de faculdades para quem procura mensalidades baixas, como:

A grade curricular do curso de Produção Audiovisual da Anhanguera é considerada completa, com disciplinas essenciais para o estudante ingressar no mercado de trabalho. Veja algumas delas:

  • Animação
  • Captação de Recursos
  • Computação Gráfica
  • Edição de Imagem e Som
  • Estética e História da Arte
  • Mídias Digitais
  • Planejamento, Orçamento e Custos
  • Pós-produção
  • Processos de Produção
  • Produção Musical
  • Roteiro
  • Sistemas Técnicos
  • Sonoplastia
  • Técnicas de Iluminação
  • Teorias da Comunicação

Além de ser reconhecido pelo MEC e participar dos programas ProUni e FIES, o Centro Educacional Anhanguera possui opções de bolsas de estudo e até financiamento facilitado para os seus novos alunos. 

Veja mais:

Cinema: Saiba tudo sobre o curso 

Saiba tudo sobre o curso de Comunicação Social 

Sonha em ser um editor de vídeo? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin