dcsimg

Quanto ganha um Enfermeiro?

Descubra o salário inicial do enfermeiro e até quanto esse profissional pode ganhar!

group of healthcare workers

O enfermeiro é um profissional de nível superior que atua na área da saúde. Suas principais responsabilidades estão relacionadas ao cuidado de seres humanos, prevenção de doenças, alívio do sofrimento e proteção, recuperação e promoção da saúde de indivíduos, grupos, famílias, comunidades e populações.

O profissional da enfermagem atua no planejamento, na organização e na execução de cuidados de saúde de indivíduos e grupos em diversos ambientes. Além de instituições de saúde, como clínicas e hospitais, é fundamental e obrigatória a presença de enfermeiros em grandes eventos culturais e esportivos.

O enfermeiro tem um campo profissional cada vez mais amplo, podendo trabalhar em áreas como:

  • Ensino e pesquisa
  • Gestão hospitalar
  • Consultoria
  • Enfermagem cirúrgica e pós-cirúrgica
  • Enfermagem neonatal
  • Enfermagem do trabalho
  • Enfermagem geriátrica
  • Resgate
  • Home care

Para exercer suas funções, o enfermeiro precisa concluir curso superior de enfermagem em instituição reconhecida pelo MEC e obter o registro profissional junto ao Conselho Regional de Enfermagem do estado onde trabalha.

Salário Mínimo Profissional do Enfermeiro

Não existe um salário mínimo profissional único para enfermeiros no Brasil. O valor depende das convenções e acordos coletivos firmados pelos sindicatos de cada estado.

No Rio de Janeiro, o piso é de R$ 3.191, enquanto em São Paulo o piso é R$ 4.716, por exemplo.

Média salarial do enfermeiro

De acordo com o Site Nacional de Empregos (Sine), a média salarial para enfermeiros oscila entre R$ 2.008 e R$ 5.058, dependendo do tempo de experiência e porte da empresa contratante. Para o cargo de enfermeiro de bordo, os valores ficam entre R$ 2.028 e R$ 8.368.

A pesquisa salarial do site de empregos Catho indica que um enfermeiro ganha em mnédia R$ 3.092 no Brasil. Outros cargos ocupados por enfermeiros têm as seguintes médias salariais nacionais:

  • Enfermeiro Chefe: R$ 3.140
  • Enfermeiro do Trabalho: R$ 3.207
  • Enfermeiro Obstetra: R$ 3.718
  • Enfermeiro Auditor: R$ 3.917
  • Enfermeiro de UTI: R$ 3.381
  • Enfermeiro Visitador: R$ 2.537
  • Coordenador de Enfermagem: R$ 4.028
  • Enfermeiro de Centro Cirúrgico: R$ 3.259
  • Enfermeiro de Educação Continuada: R$ 3.434
  • Enfermeiro CCIH: 2.593
  • Enfermeiro SCIH: R$ 3.896
  • Enfermeiro Responsável Técnico: R$ 2.738
  • Enfermeiro Nefrologista: R$ 4.144

Sobre a carreira do enfermeiro

Na carreira de enfermagem, existem três categorias profissionais, com níveis de formação e atribuições distintas: auxiliar de enfermagem, técnico de enfermagem e enfermeiro. O cargo de enfermeiro é o que pode realizar procedimentos mais complexos e somente para ele exige-se o grau superior.

Auxiliar de enfermagem: precisa ter o ensino fundamental completo, concluir o curso de auxiliar de enfermagem com duração aproximada de um ano e obter registro profissional no Conselho Regional de Enfermagem (COREN). Está apto a prestar cuidados básicos em pacientes que não apresentem risco ou complexidade, sob a supervisão de um enfermeiro.

Técnico em enfermagem: precisa ter ensino médio completo, concluir o curso técnico de enfermagem com duração aproximada de dois anos e obter registro profissional no COREN. Está apto a exercer todas as funções do auxiliar e ainda prestar cuidados e realizar determinados procedimentos em pacientes de média complexidade sob a supervisão de um enfermeiro.

Enfermeiro: é um profissional de nível superior que precisa ter cursado o bacharelado em enfermagem com duração mínima de quatro anos em instituição reconhecida pelo MEC e obter o registro profissional no COREN. O enfermeiro pode:

  • Chefiar órgão de enfermagem em estabelecimento de saúde pública ou privada
  • Organizar e dirigir serviços de enfermagem
  • Supervisionar auxiliares e técnicos de enfermagem
  • Prestar cuidados diretos de enfermagem de mais alta complexidade (exceto cirurgia) em pacientes com qualquer nível de gravidade, inclusive aqueles em Unidades de Terapia Intensiva.
  • Prescrever determinados medicamentos
  • Atuar na prevenção e controle de infecções hospitalares e doenças transmissíveis

O mercado de trabalho para enfermeiros está em alta. Segundo levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a enfermagem é uma das profissões de nível superior que mais criaram postos de trabalho entre 2009 e 2012. A pesquisa do Ipea, divulgada em 2013, indica que foram criados mais de 27 mil postos de trabalho para enfermeiros no país e que de cada 100 novos empregos criados, nove eram para enfermeiros. O crescimento da população e ampliação de serviços públicos de atenção básica de saúde, como o Programa Saúde da Família, são alguns dos fatores que podem ter contribuído para o aumento de oportunidades de trabalho em enfermagem.

Segundo o Conselho Federal de Enfermagem, existem 347 mil enfermeiros e enfermeiras no Brasil.

Onde estudar Enfermagem?

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Enfermagem:

As faculdades acima também trabalham com programas do governo, como ProUni e FIES, além de oferecerem vantagens como bolsas de estudos, convênios e parcelamento das mensalidades.

Veja também:

O Curso de Enfermagem

O que achou do salário do enfermeiro? Tem interesse em seguir esta carreira? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin