dcsimg

Descubra quanto ganha um engenheiro industrial

Veja agora quanto ganha um engenheiro industrial e saiba que curso fazer para seguir essa profissão!

O engenheiro industrial é o responsável por todo o ciclo produtivo de uma indústria, da seleção de matéria-prima até o controle de qualidade do produto final.

Dentre as suas principais áreas de atuação, estão:

  • Produção industrial
  • Gerência de infraestrutura
  • Manutenção industrial
  • Automação industrial
  • Administração industrial

Este profissional é fundamental para a gestão, controle e otimização de uma linha de produção.

Quer saber quanto ganha um engenheiro de produção antes de decidir se vai exercer essa profissão? Então, leia o artigo a seguir!

Quanto ganha um engenheiro industrial?

Segundo dados oficiais do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), o salário médio de um engenheiro industrial no Brasil é de R$ 8.341,37 para uma jornada de 42 horas semanais de trabalho.

Em geral, a faixa salarial de um engenheiro industrial pode variar entre R$ 7.613,08 e R$ 17.932,32, que é o teto salarial.

Qual é a média salarial de um engenheiro industrial no Brasil?

Veja agora a média salarial de um engenheiro industrial em alguns estados brasileiros:

  • São Paulo: R$ 8.336
  • Rio de Janeiro: R$ 10.047
  • Minas Gerais: R$ 8.104
  • Paraná: R$ 7.954
  • Bahia: R$ 8.667
  • Santa Catarina: R$ 6.570
  • Rio Grande do Sul: R$ 7.693
  • Pará: R$ 9.214
  • Amazonas: R$ 6.790
  • Pernambuco: R$ 7.914
  • Ceará: R$ 6.949
  • Espírito Santo: R$ 8.878
  • Mato Grosso: R$ 6.108
  • Distrito Federal: R$ 8.495
  • Maranhão: R$ 7.718
  • Mato Grosso do Sul: R$ 6.542
  • Rio Grande do Norte: R$ 6.901
  • Paraíba: R$ 7.027

O que um engenheiro industrial faz?

O engenheiro industrial é responsável por tarefas que abrangem todo o processo produtivo de uma indústria, como o planejamento, controle e monitoramento da produção.

Sua função é garantir que os processos de qualidade na operação sejam implementados respeitando as técnicas, normas e procedimentos operacionais.

Dentre as suas principais atividades, podemos listar:

  • Gestão de projetos e equipes
  • Controle de custos de materiais, equipamentos e manutenções
  • Monitoramento da estocagem da matéria-prima
  • Monitoramento da estocagem dos produtos finais
  • Desenvolvimento de novas tecnologias
  • Supervisão da planta construtiva

Este engenheiro é requisitado em indústrias de todos os segmentos, desde a construção de prédios até a fabricação de cosméticos, brinquedos, roupas e alimentos.

Que faculdade fazer para se tornar engenheiro industrial?

Para atuar como engenheiro industrial, é necessário se formar no curso de Engenharia Industrial, atualmente oferecido por poucas faculdades. Outra alternativa é o curso de Engenharia de Produção, caminho que costuma ser escolhido por muitos profissionais.

Além disso, o profissional deve obter o registro junto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Como é o curso de Engenharia de Produção?

O curso de Engenharia de Produção é oferecido como bacharelado e tem duração média de 5 anos, tanto na modalidade presencial quanto EAD.

A graduação apresenta ao aluno uma visão sistêmica de gestão, desde o gerenciamento de pessoas até a gestão de materiais, equipamentos e ambientes.

Além disso, são ministradas disciplinas das áreas de Ciências Exatas e da Computação, comuns a todo curso de Engenharia, e outras matérias específicas da área, como Gestão Financeira e Econômica, Engenharia de Produção, Controle de Qualidade, Automação da Manufatura, entre outros.

Para receber o diploma, é obrigatório que o aluno realize um estágio e apresente um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Quanto custa estudar Engenharia de Produção?

Em algumas faculdades, a mensalidade do curso presencial de Engenharia de Produção é alta e pode ultrapassar R$ 1.500. Há também opções mais em conta, a partir dos R$ 700.

Outra alternativa é estudar Engenharia de Produção na modalidade EAD: os valores da graduação a distância ficam em torno de R$ 450 e ainda há toda a economia de gastos, uma vez que não é necessário se deslocar diariamente até a faculdade.

Onde estudar Engenharia de Produção?

Para te ajudar a escolher uma boa instituição, selecionamos faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que oferecem o curso de Engenharia de Produção a mensalidades baixas e com possibilidades de conseguir descontos e bolsas de estudos. Conheça:

As faculdades selecionadas também trabalham com outras facilidades financeiras, como convênios e financiamentos próprios sem burocracia.

Veja também:

7 dicas rápidas para ganhar bolsa de estudos para a graduação

Descubra o que você pode fazer com a nota do Enem

Pretende trabalhar como engenheiro industrial? Conta para a gente nos comentários o que te atrai nessa profissão!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin