dcsimg

Descubra quanto ganha um juiz federal

O salário do juiz federal está entre os mais altos do Brasil. Descubra qual a remuneração desse cargo agora mesmo!

O juiz federal está entre os servidores públicos mais bem remunerados do Brasil.

Além de ganharem um salário-base, esses funcionários contam com uma série de benefícios, que vêm em forma de auxílios, gratificações e ajudas de custo.

E tem mais: contam com 60 dias de férias remuneradas por ano.

O salário inicial do juiz federal pode variar de estado para estado, mas dificilmente fica abaixo de R$ 27 mil, mesmo para o cargo de substituto.

Descubra agora quanto ganha um juiz federal e o que fazer para se tornar um!

Quanto ganha um juiz federal

O juiz federal é um funcionário público concursado. Sua remuneração não é chamada de salário, e sim de subsídio.

Em concursos públicos recentes, encontramos vagas para juiz federal com subsídios iniciais de R$ 27 mil, aproximadamente. Você não leu errado: essa é a remuneração inicial. Na prática, um juiz federal pode ganhar até cinco vezes esse valor!

Acontece que, por lei, nenhum funcionário público pode ganhar mais do que o teto constitucional dos Ministros do Superior Tribunal Federal (STF), fixado em R$ 39.293 em 2020.

Mas como é que a gente ouve falar de juízes que chegam a ganhar mais de R$ 100 mil?

A explicação está na série de gratificações, auxílios e ajudas de custo que engordam o contracheque desses profissionais.

Um juiz federal pode receber os seguintes benefícios:

  • Auxílio alimentação: valor mensal que pode superar R$ 1.600
  • Auxílio saúde: varia de acordo com a faixa etária e cobre despesas médicas.
  • Auxílio pré-escolar: um valor fixo mensal por filho com até cinco anos de idade.
  • Ajuda de custo para mudança: pode chegar a R$ 30 mil, para custear despesas de transporte e mudança de domicílio devido ao cargo.
  • Auxílio funeral: pago à família em caso de morte do juiz, equivale a um mês de remuneração.
  • Abono de permanência: equivale a cerca de 3 salários mínimos mensais e é pago quando o juiz já poderia ter se aposentado, mas continua trabalhando.
  • Férias não tiradas: caso não tire o período completo de 60 dias de férias no ano, o juiz federal pode ganhar pelo período que não tirou, como se “vendesse” uma parte de suas férias.
  • Gratificação por exercício cumulativo: pago a juízes que acumulam mais de um cargo. Pode chegar a R$ 10 mil mensais.
  • Auxílio educação: para pagar a escola dos filhos.
  • Gratificação por encargo de curso ou concurso: para juízes federais que participam de cursos de capacitação, seja na elaboração do material didático ou como instrutor em sala de aula. Chega a R$ 25 mil, aproximadamente.
  • Gratificação natalina: valor extra pago no mês de dezembro.
  • Auxílio natalidade: valor único pago o mês de nascimento do filho.

E a lista continua: auxílio moradia, auxílio-extra para despesas médicas independentemente da apresentação de comprovantes, verba para compra de livros, auxílio-transporte, indenizações, direitos eventuais, e vários outros.

Com tudo isso, um juiz federal pode chegar facilmente a ganhar mais de R$ 100 mil num único mês!

O que fazer para ser juiz federal

Se a remuneração do juiz federal despertou seu interesse por seguir essa carreira, saiba que o caminho até a conquista desse cargo vai exigir tempo, paciência e muita dedicação.

O primeiro passo é fazer uma faculdade de Direito reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Depois, é preciso ter pelo menos 3 anos de atividade jurídica comprovada.

Cumpridos esses dois requisitos, é hora de fazer um concurso público (nem todo ano tem). Ele é composto por cinco etapas:

  1. Prova objetiva seletiva (eliminatória e classificatória)
  2. Duas provas escritas (eliminatórias e classificatórias)
  3. Inscrição definitiva: dividida em três fases (caráter eliminatório): sindicância da vida pregressa e investigação social, exame de sanidade física e mental e exame psicotécnico
  4. Prova oral (eliminatória e classificatória)
  5. Avaliação de títulos (classificatória)

Onde estudar para ser juiz federal

O curso de Direito é um dos mais fáceis de encontrar no Brasil.

No entanto, é fundamental ficar de olho em alguns aspectos, como o reconhecimento do MEC, a disponibilidade de vagas em sua região e como você vai arcar com as mensalidades durante os cinco anos de curso.

A gente se adiantou e ajuda você com exemplos de faculdades de Direito reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC, com disponibilidade em diversas regiões do país e que têm programas de bolsas, convênios, descontos e financiamento estudantil. Confira:

Veja também:

Quanto ganha um advogado?

O que achou dos salários de juiz federal? Está pensando em prestar esse concurso? Conte para a gente aqui nos

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin