Descubra quanto ganha um músico

Você quer saber quanto ganha um músico profissional? Entenda os valores e as remunerações possíveis para as diferentes formas de atuação nessa carreira!

Muita gente deve imaginar que a carreira e a vida de um músico é sempre recheada de beleza e muito dinheiro envolvido para gastar com coberturas de luxo, mansões na beira da praia e carros importados que chamam a atenção de todos quando veem na rua.

E essa pode ser a realidade de alguns dos músicos que vivem entre as principais gravadoras musicais do Brasil e do mundo e estão sempre com os seus “hits” de sucesso entre as músicas mais tocadas nas rádios e plataformas de conteúdo musical sob demanda.

Cantores de duplas sertanejas, de música pop e diversas bandas podem viver com a riqueza. Mas já parou para pensar que esses músicos que estão sempre nas rádios e televisão são parte de uma porcentagem muito pequena de profissionais nessa área?

Quantos músicos tocam nos fins de semana nos bares, discotecas e baladas da sua cidade? Quantos músicos fazem parte da equipe de apoio de uma dupla sertaneja e recebem por cada show realizado pela dupla? Quantas bandas dependem de contratação de festas de aniversário, formatura ou qualquer tipo de celebração?

Com certeza esse tipo de profissional da música é mais comum do que os milionários mais famosos do país e do mundo. Então, saiba quanto recebem os músicos das diversas oportunidades que a música oferece como carreira!

Qual é o salário de um músico?

No Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) da Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia, existem dois tipos de carreiras relacionadas à música registradas nos levantamentos mensais e anuais feitos com dados oficiais das profissões no Brasil.

São elas músico intérprete instrumentista e músico intérprete cantor, ou seja, os profissionais que tocam os instrumentos musicais e os cantores que completam e dão voz às bandas.

O Quero Bolsa, plataforma de inclusão de estudantes no ensino superior do Brasil, fez um levantamento com base no Caged 2019 para levantar a média salarial dos músicos no Brasil. Os dados do Caged são oficiais e contam apenas aqueles profissionais que são registrados com carteira assinada em regime CLT.

Segundo o Quero Bolsa, foram 350 novas contratações de músicos em 2019 em todo o país, e a média salarial desses profissionais foi de R$ 1.683,00 por mês. Ainda de acordo com o levantamento, o estado onde esse profissional recebeu o salário mais alto foi no Pará, onde a remuneração de cada músico foi de R$ 2.412,00 ao mês. Em seguida, aparecem os músicos de São Paulo e de Pernambuco.

Pelo caged, é possível diferenciar quanto recebeu, em média, cada uma das duas especialidades, o instrumentista e o cantor. Confira:

  • Músico intérprete instrumentista: R$ 1.740 por mês
  • Músico intérprete cantor: R$ 1.683 por mês

Quanto ganha um músico intérprete instrumentista por estado?

Em outro levantamento, desta vez realizado pelo site especializado em remunerações Salario.com.br, os dados de salários registrados no Caged, do eSocial e Empregador Web. mostram onde os músicos instrumentistas recebem o melhor salário no Brasil. Veja:

  • Amazonas: R$ 7.481,82
  • Pernambuco: R$ 3.589,04
  • São Paulo: R$ 3.273,39
  • Goiás: R$ 2.762,19
  • Ceará: R$ 2.504,38
  • Bahia: R$ 2.392,11
  • Distrito Federal: R$ 2.290,33
  • Minas Gerais: R$ 2.193,81
  • Rio Grande do Sul: R$ 1.828,27
  • Rio de Janeiro: R$ 1.552,68
  • Rio Grande do Norte: R$ 1.444,93
  • Paraná : R$ 1.425,92
  • Santa Catarina: R$ 1.408,60
  • Paraíba: R$ 1.110,00
  • Sergipe: R$ 1.045,00

Quanto ganha um músico intérprete cantor por estado?

O portal Salario.com.br, usando as mesmas bases de dados que a lista anterior, também mostrou qual é o salário médio dos cantores nos estados do Brasil. Confira alguns deles:

  • São Paulo: R$ 2.408,43
  • Rio Grande do Sul: R$ 2.180,51
  • Pernambuco: R$ 2.172,75
  • Ceará: R$ 2.140,63
  • Distrito Federal: R$ 2.059,81
  • Santa Catarina: R$ 2.013,53
  • Rio de Janeiro: R$ 1.762,04
  • Goiás: R$ 1.760,95
  • Paraná : R$ 1.477,20
  • Bahia: R$ 1.369,24
  • Minas Gerais: R$ 1.347,43
  • Paraíba: R$ 1.049,00
  • Sergipe: R$ 1.045,00

As fontes do Salario.com.br são Caged, eSocial e Empregador Web.

E o curso de Música, faz diferença?

De acordo com o Mapa do Ensino Superior realizado pelo Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo (Semesp), a média salarial de quem possui um diploma de ensino superior pode ser até três vezes maior que a remuneração daqueles que estão trabalhando e não fizeram uma faculdade.

Como a carreira de músico não exige um diploma para que ela possa ser exercida, uma graduação pode abrir novos espaços no mercado de trabalho, em diversos campos que a música possibilita, como produção.

O curso superior de Música, por exemplo, pode ser oferecido como bacharelado, que prepara para a carreira prática, e licenciatura, focada no ensino da música. Há também outras graduações que podem oferecer trabalhos nos bastidores, além da banda em cima do palco, caso do curso de Produção Cultural.

Procurando por faculdades?

Confira algumas faculdades que oferecem diversos tipos de curso das diversas áreas, inclusive das Artes:

Todas elas são reconhecidas e certificadas pelo Ministério da Educação.

Veja também:

Curso de Música
Carreira em Produção Cultural

Curso de Produção Audiovisual

E então, animado com a carreira de Músico? E com uma faculdade? Conte para a gente nos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin