dcsimg

Descubra quanto ganha um policial civil

A remuneração de quem trabalha na Polícia Civil varia de estado para estado e pode ser bem interessante. Confira agora mesmo!

A Polícia Civil é a responsável pela prevenção, repressão e investigação de crimes. Está subordinada ao governo dos estados e do Distrito Federal.

Sendo um órgão estadual, os salários dos policiais civis variam de acordo com a unidade federativa onde trabalham.

São carreiras bastante populares em todo o país, e muita gente começa a se preparar com bastante antecedência para garantir uma vaga aqui.

Estabilidade e salários que podem ser bem interessantes, dependendo do cargo, são os principais atrativos para quem quer se aventurar nessa área.

Descubra a seguir quanto ganha um policial civil e como se tornar um!

Quanto ganha um policial civil

Os salários dos policiais civis mudam de estado para estado. Podem ser mais altos ou mais baixos, dependendo da região, mas, no geral, se mantêm num patamar similar.

A Polícia Civil possui diversos cargos, e neles os salários podem mudar bastante também – alguns chegando a ultrapassar a marca de R$ 17.000 por mês.

Os mais populares são agentes, delegados, escrivães e peritos.

Veja quanto ganham esses profissionais em alguns estados brasileiros:

Amazonas

  • Escrivão – R$ 7.900
  • Agente – R$ 7.900
  • Perito – R$ 8.100
  • Delegado – R$ 14.700

Bahia

  • Escrivão– R$ 3.900
  • Agente – R$ 3.900
  • Delegado– R$ 11.300

Ceará

  • Escrivão – R$ 3.700
  • Agente – R$ 3.700
  • Delegado – R$ 14.500

Distrito Federal

  • Escrivão – R$ R$ 7.800
  • Agente – R$ 7.500
  • Delegado – R$ 16.800

Goiás

  • Escrivão – R$ 5.100
  • Agente – R$ 5.100
  • Delegado – R$ 19.200

Minas Gerais

  • Escrivão – R$ 4.100
  • Agente – R$ 4.000
  • Delegado – R$ 12.500

Pará

  • Agente – R$ 5.200
  • Escrivão – R$ 5.200
  • Papiloscopista – R$ 5.200
  • Delegado – R$ 12.250

Pernambuco

  • Escrivão – R$ 3.270
  • Agente – R$ 3.270
  • Delegado – R$ 9.000

Rio de Janeiro

  • Delegado – R$ 17.000
  • Papiloscopista – R$ 4.800
  • Perito Criminal – R$ 5.200

Rio Grande do Sul

  • Escrivão – R$ 6.300
  • Agente – R$ 6.300
  • Delegado – R$ 20.300

São Paulo

  • Agente – R$ 2.900
  • Investigador – R$ 3.700
  • Escrivão – R$ 3.700
  • Delegado – R$ 10.100

Tocantins

  • Agente – R$ 5.000
  • Escrivão – R$ 5.000
  • Papiloscopista – R$ 5.000
  • Perito Criminal – R$ 11.300
  • Delegado – R$ 13.100

Como se tornar policial civil

Para trabalhar na Polícia Civil, em qualquer cargo, é preciso passar primeiramente por um concurso público, geralmente bastante concorrido.

Cargos como o de agente e de escrivão aceitam candidatos com qualquer tipo de formação de nível superior.

O de perito exige que os candidatos tenham formação em áreas específicas, que incluem Engenharia, Odontologia, Medicina, Farmácia, Informática, Química, Física ou Ciências Biológicas.

Para concorrer ao cargo de delegado é necessário ter formação específica em Direito e experiência prévia na área jurídica.

A Polícia Civil possui ramos de atuação bastante variados, com delegacias que investigam diferentes tipos de crimes:

  • Antissequestro
  • Atendimento à Mulher
  • Atendimento à Terceira Idade
  • Polícia Fazendária
  • Proteção ao Meio Ambiente
  • Homicídios
  • Crimes de Informática
  • Crimes contra a Saúde Pública
  • Repressão aos Crimes contra a Propriedade Imaterial
  • Roubos e Furtos de Automóveis
  • Proteção à Infância e Adolescência
  • Grupos ou Núcleos de Operações Especiais
  • Polícia da Pessoa com Deficiência

Não existe uma regularidade para a abertura de concursos para Polícia Civil. Pode acontecer a qualquer momento. O segredo é ficar ligado na divulgação dos editais e começar a se preparar o quanto antes – porque a concorrência não dá trégua.

Geralmente, as provas são compostas de várias etapas, incluindo provas objetivas e subjetivas de conhecimento e testes físicos.

Onde estudar para se tornar policial civil

Os melhores cargos da Polícia Civil exigem que os candidatos tenham curso de nível superior feito em faculdades reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC).

Ou seja: independentemente se você vai concorrer ao cargo de agente, perito ou escrivão, é necessário ter um bom diploma em mãos.

Para alguns cargos, os candidatos podem apresentar inclusive diploma de curso superior de tecnologia, aqueles mais curtos. Graduações feitas a distância também valem, desde que a instituição também seja reconhecida pelo MEC.

Para você já começar a se planejar para entrar na Polícia Civil, a gente separou algumas faculdades bem interessantes onde dá para obter seu diploma. Além de reconhecidas pelo MEC, elas também são super bem avaliadas no mercado de trabalho e oferecem facilidades de pagamento, bolsas de estudos e convênios.

Conheça:

Veja também:

Faculdade de 2 anos serve pra concurso público? Descubra

Vai tentar o concurso para a Polícia Civil? Em qual cargo? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin