Descubra qual é o salário de quem faz Redes de Computadores

O curso de Redes de Computadores é uma graduação tecnológica, tipo de cursos que também são conhecidos como tecnólogos, que atrai muitas pessoas que se interessam por Computação e Informática e querem fazer uma faculdade na área.

Sim, o curso tecnólogo de Redes de Computadores é uma graduação, que dá ao aluno formado o diploma de ensino superior.

Em um mercado muito aquecido e com bastante competitividade, ter no currículo uma formação acadêmica em uma faculdade pode ser o diferencial para aqueles que buscam cargos com bons salários e crescimento profissional.

A perspectiva de carreira fica muito maior e cheia de oportunidades no mercado de trabalho quando se tem um curso superior na área da tecnologia. Isso também se reflete na remuneração, que pode ser até três vezes maior para quem tem o diploma de ensino superior.

Confira os salários do profissional que faz o curso tecnólogo de Redes de Computadores.

Qual é o salário médio de quem faz Redes de Computadores?

O salário médio do profissional tecnólogo formado em Rede de Computadores no Brasil é de R$ 4.623,38 por mês, em uma jornada de trabalho que dura uma média de 42 horas.

Esse número foi levantado pelo Salario.com.br, site que é especializado em remunerações de carreiras do Brasil. O portal usou os dados oficiais disponíveis no Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), eSocial e Empregador Web.

Ao todo, foram analisados 1.483 remunerações de profissionais tecnólogos de Redes de Computadores que foram contratados ou demitidos de seus cargos em empresas e que tinham a carteira assinada em regime CLT.

As faixas salariais variam muito de acordo com a localidade onde o profissional atua. Por isso, o site também levantou e comparou a diferença dos salários em cada região do país.

Veja qual é a remuneração média por estado do Brasil:

  • Sergipe: R$ 1.336,73
  • Paraíba: R$ 1.854,05
  • Goiás: R$ 2.084,46
  • Rio Grande do Norte: R$ 2.092,99
  • Pará: R$ 2.378,92
  • Rondônia: R$ 2.698,78
  • Pernambuco: R$ 2.798,81
  • Paraná: R$ 2.857,45
  • Ceará: R$ 2.916,90
  • Amazonas: R$ 3.040,16
  • Piauí: R$ 3.049,66
  • Bahia: R$ 3.098,83
  • Mato Grosso do Sul: R$ 3.446,78
  • Rio Grande do Sul: R$ 3.468,24
  • Santa Catarina: R$ 3.474,53
  • Maranhão: R$ 3.550,43
  • Minas Gerais: R$ 3.651,86
  • Amapá: R$ 3.883,20
  • Rio de Janeiro: R$ 4.642,72
  • Espírito Santo: R$ 4.761,51
  • São Paulo: R$ 5.258,85
  • Distrito Federal: R$ 5.686,28
  • Mato Grosso: R$ 6.408,61

Quanto ganha as principais especialidades de quem faz Redes de Computadores?

A área de Computação e Tecnologia da Informação (TI) oferece ao profissional várias possibilidades de atuação e diferentes oportunidades do mercado de trabalho. De acordo com o Quero Bolsa, plataforma de ingresso de estudantes no ensino superior, são quatro as principais especialidades do tecnólogo em Redes de Computadores.

Segundo o site, os cargos que mais contam com esses profissionais são de analistas. Veja quais são e confira as remunerações médias em cada um:

  • Analista de Desenvolvimento de Sistemas: R$ 4.564
  • Analista de Sistemas de Automação: R$ 3.444
  • Analista de Redes e de Comunicação de Dados: R$ 3.247
  • Analista de Suporte Computacional: R$ 2.732

Os números do Quero Bolsa foram obtidos com base nos dados do Caged de 2019.

Onde atua um profissional de Redes de Computadores?

Com o mercado aquecido, o tecnólogo em Redes de Computadores possui diversas oportunidades de atuação em empresas que oferecem serviços de tecnologia ou simplesmente possuem redes de computadores para funcionar.

O Ministério da Educação (MEC) conta com o Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia, onde estão classificados cada curso tecnólogo e quais são os principais campos de atuação de cada um.

Confira os lugares destacados pelo MEC para o tecnólogo em Redes de Computadores:

  • Empresas de tecnologia;
  • Empresas de planejamento, desenvolvimento de projetos, assistência técnica e consultoria;
  • Empresas em geral (indústria, comércio e serviços);
  • Organizações não-governamentais;
  • Órgãos públicos;
  • Institutos e Centros de Pesquisa;
  • Instituições de Ensino, mediante formação requerida pela legislação vigente.

Onde estudar Redes de Computadores?

Se você ficou interessado pelas remunerações dessa profissão, o próximo passo é buscar por uma faculdade que ofereça o curso tecnólogo de Redes de Computadores. Pode parecer uma etapa simples, mas com tantas opções de faculdade, é preciso pesquisar com calma quais são as melhores para cada aluno.

Um dos pontos fundamentais da pesquisa é que toda faculdade precisa ser reconhecida pelo MEC para poder formar alunos com diplomas que sejam válidos no mercado de trabalho.

Para te ajudar, a lista abaixo conta com algumas faculdades que possuem esse perfil:

Além de certificadas pelo MEC, as universidades acima são bem avaliadas pelas empresas que contratam e podem oferecer bolsas de estudo que reduzem as mensalidades.

Veja também:
Conheça tudo sobre o curso e a graduação de Redes de Computadores

Ficou interessado pela carreira e pelo salário do tecnólogo em Redes de Computadores? Conte para a gente o que achou nos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin