dcsimg

O que faz um Nutricionista?

Descubra o que faz um Nutricionista, as áreas onde ele pode trabalhar e como é o seu trabalho na prática!

Nutricionista

As pessoas estão cada vez mais conscientes da importância da alimentação para manter a saúde e a qualidade de vida. E o profissional que pode apoiar esse processo é o Nutricionista, pois está apto a elaborar um planejamento alimentar para suprir a necessidade de nutrientes para cada indivíduo.

O Nutricionista é um profissional da área da saúde que estuda os alimentos e o efeito que eles produzem em nosso organismo. Ele pode atuar em diversas áreas, desde a prescrição de dietas para indivíduos até o acompanhamento de atletas profissionais, passando por pesquisa, marketing e muito mais.

Saiba mais sobre todas áreas em que um nutricionista pode atuar e o papel que desempenha em cada uma delas.

O que faz um Nutricionista?

De forma resumida, o nutricionista elabora planos alimentares para indivíduos ou grupos de indivíduos a partir de um diagnóstico nutricional.

Ele pode atuar em diversas áreas:

1. Nutrição Clínica

O atendimento clínico é realizado individualmente. O nutricionista faz um diagnóstico nutricional para elaborar uma dieta que atenda às necessidades do paciente. Para isso, investiga o estado de saúde do paciente, seus hábitos alimentares e seu estilo de vida.

A análise de saúde é feita através de medições de peso, altura, quantidade de gordura e massa muscular. O nutricionista solicita exames bioquímicos, como exames de sangue e urina, para complementar sua análise. Além disso, o nutricionista faz uma série de perguntas ao paciente para investigar o histórico familiar de doenças, seus hábitos alimentares e qual é o seu estilo de vida (se costuma se exercitar, se trabalha em escritório, se o trabalho exige força física, etc.).

Através desta análise, o nutricionista pode estabelecer uma dieta específica para cada paciente, seja para fins estéticos ou para adequar a alimentação em função de algum problema de saúde (diabetes, obesidade, cardiopatias etc.). Caso o paciente esteja fazendo algum tratamento de saúde (seja em casa ou internado em hospital), o nutricionista acompanha este paciente, prescrevendo e adequando sua dieta para cada fase do tratamento.

O nutricionista promove a educação alimentar, orienta o paciente sobre como combinar os alimentos, o que deve ser priorizado na alimentação e o que deve ser evitado. Esta educação alimentar permite ao paciente fazer suas próprias escolhas e montar seu cardápio conforme suas necessidades.

Como nutricionista clínico, o profissional pode trabalhar em hospitais, clínicas, ambulatórios, consultórios ou realizando atendimento domiciliar.

2. Nutrição Coletiva

Enquanto a nutrição clínica trata do indivíduo, a nutrição coletiva cuida da saúde de um grupo de pessoas. Neste caso, o nutricionista pode atuar em restaurantes, refeitórios, cozinhas industriais ou na área de vigilância sanitária.

Em restaurantes e cozinhas industriais, o nutricionista é responsável por definir o cardápio a ser servido. Além disso, ele acompanha todo o processo de preparo das refeições e orienta os colaboradores a manipular os alimentos de forma correta.

O nutricionista cuida da estocagem dos alimentos, define o local adequado para armazenar cada produto e verifica as condições dos equipamentos de estocagem (geladeiras, estufas etc.).

Também faz parte de seu trabalho avaliar e selecionar os fornecedores, além de fazer um controle das mercadorias recebidas, indicando data de recebimento e fornecedor. Este controle de recebimento é importante para, se necessário, rastrear a procedência dos alimentos.

Após o término do preparo do cardápio, o nutricionista deve recolher e armazenar uma pequena amostra de cada um dos alimentos já prontos. Essa amostra será destinada à análise no caso de algum cliente adoecer ou reclamar de algum problema de saúde.

O nutricionista deve estar atento à legislação vigente sobre estocagem e manuseio de alimentos, é o profissional responsável por definir os procedimentos dentro de uma empresa, adequando-os conforme a lei. Isto significa definir a temperatura da geladeira, cobrar o uniforme correto dos colaboradores, definir cronogramas de limpeza de equipamentos, cuidar da estocagem dos alimentos, entre outras atividades.

Como vigilante sanitário, o nutricionista fiscaliza os estabelecimentos que lidam com alimentos para garantir a qualidade dos serviços.

3. Nutrição Esportiva

A nutrição esportiva é voltada para pessoas que realizam algum esporte ou atividade física e tem como objetivo melhorar o desempenho físico dos atletas e otimizar a recuperação pós-exercício.

O nutricionista esportivo pode realizar atendimentos individuais ou cuidar do interesse de um grupo de pessoas (atuando em clubes e academias).

No caso do atendimento individual, o nutricionista prescreve uma dieta ao atleta conforme o seu objetivo e o esporte ou atividade física praticada. É bastante comum equipes esportivas terem um nutricionista exclusivo para definir o cardápio dos atletas, atendê-los individualmente e acompanhá-los durante as competições.

4. Indústria de Alimentos

Em uma indústria de alimentos, o nutricionista controla a qualidade dos alimentos produzidos e acompanha todo o processo de produção.

É ele quem orienta os colaboradores no que diz respeito à higiene (que tipo de uniforme devem usar, quais produtos podem ser utilizados para limpar os equipamentos) e manuseio dos alimentos.

O nutricionista é responsável por elaborar o conteúdo nutricional que será impresso nas embalagens dos produtos, bem como elaborar informes técnico-científicos sobre os alimentos.

5. Marketing Nutricional

No marketing nutricional, o profissional faz uma análise do produto, identificando o público-alvo, e define a melhor maneira de informar o consumidor sobre a importância nutricional daquele produto.

O nutricionista tem como finalidade destacar o produto através do seu valor nutricional. Ele pode, por exemplo,  enfatizar que determinado alimento é rico em fibras, está livre de sódio etc.

O nutricionista pode também auxiliar na elaboração de materiais informativos e campanhas publicitárias.

6. Pesquisa Científica

Na área de pesquisa, o nutricionista pode desenvolver novos alimentos ou pesquisar sobre os efeitos que determinado alimento exerce no organismo do ser humano. Ele pode realizar seu trabalho em laboratórios, indústrias alimentícias, institutos de pesquisa e universidades.

Onde estudar Nutrição?

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Nutrição:

Veja também:

Quanto ganha um nutricionista?

Você se interessou pela carreira de nutricionista? Deixe seu comentário aqui.

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin