dcsimg

Planejamento Estratégico: Pensando o Futuro da sua Empresa

Já parou para pensar no planejamento futuro da sua empresa, onde você quer levar a sua empresa daqui a 5 anos ? Conheça os conceitos básicos do planejamento estratégico.

O Conceito de Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico: Planejar o futuro, evita surpresas

Na Administração de Empresas moderna, o conceito de Planejamento Estratégico é um dos instrumentos mais importantes. Planejamento Estratégico consiste em um processo de gerencia contínuo e persistente onde o gestor, ou gestores, responsáveis pela empresa determinam os parâmetros que a companhia deve seguir no curto, médio e longo prazo.

Uma vez estabelecidos os objetivos de médio e longo prazo da empresa, o planejamento estratégico passa também a definir as diretrizes diárias da empresa, buscando e fornecendo aos administradores informações para tomada das melhores decisões.

É preciso se adiantar ao mercado, prever as tendências, uma empresa que não tem planejamento é como uma folha seca solta ao vento: ela se move ao sabor do acaso, não se sabe onde ela pode parar.

Em relação aos administradores, é preciso saber focar os objetivos: Se todo o foco for dado ao planejamento de longo prazo, as questões operacionais vão acabar sendo negligenciadas e a empresa vai perder eficiência, no entanto, se todo o foco for dado ao dia-a-dia da empresa, as questões estratégicas vão acabar sendo negligenciadas e a empresa vai perder o rumo, ficando estagnada. A empresa deve ter um objetivo, deve ter uma razão de ser.

O administrador não deve se tornar uma espécie de bombeiro, apagando “incêndios” toda vez que um novo problema surge, o administrador além de se preocupar em apagar o fogo, deve sempre também buscar as origens dos incêndios.

Estabelecimento do Planejamento Estratégico

O Planejamento Estratégico pode ser implementado com base em 4 passos básicos:

1. Definição da Missão Corporativa da Empresa

Dentro do planejamento estratégico, Missão Corporativa pode ser entendida como o a razão de ser da empresa. É a missão corporativa que define para onde serão direcionados os esforços diários dentro da companhia.

Qual o perfil dos clientes da empresa ? Qual é o negócio da empresa ? O que a companhia busca trazer para os seus clientes ? O objetivo da empresa é focar em clientes pontuais, ou na massa em geral ? Pensar sobre este assunto e saber precisamente a resposta para estas perguntas pode fazer toda a diferença. A missão corporativa do Google por exemplo, segundo a própria companhia é: organizar toda a informação do mundo e torná-la universalmente acessível e útil. Enquanto a Ferrari por exemplo se concentra em fabricar carros esportivos de luxo ( que poucos clientes pode adquirir ), a Nissan foca no mercado da classe média, produzindo carros baratos e econômico ( que muitos clientes pode adquirir ). Dentro do contexto da administração, é a missão corporativa que determina o que a empresa vai ser.

2. Análise e Determinação da Situação da Empresa

Na segunda etapa do estabelecimento do planejamento estratégico, a situação da empresa deve ser analisada e bem determinada. Afinal ( pelo menos não no curto prazo ) não se pode buscar objetivos que estejam fora do alcance e escopo da empresa. É preciso conhecer bem a situação atual, para poder dar o proximo passo com segurança. Para se determinar com clareza a situação da empresa, dois fatores devem ser levados em conta: Análise Externa e Análise Interna.

  • Análise Externa: Como análise externa, podemos entender basicamente como a análise do mercado e também da concorrencia da empresa. Conhecer bem o mercado e conhecer bem o que está sendo disponibilzado pela concorrência, faz toda a diferença no estabelecimento de metas concisas para a empresa.
  • Análise Interna: Como análise interna da empresa entendemos como a determinação da situação interna precisa da empresa. A primeira iniciativa que a empresa deve tomar para realizar uma boa análise interna é passar por um processo de determinação e catalogo dos ativos patrimoniais. Esta tarefa realizada através da implementação do processo de gestão patrimonial. Quanto maior a empresa, mais complexa será a determinação dos ativos patrimoniais e também mais importante será a mesma. A realização de uma boa consultoria em gestão patrimonial sempre auxilia na tomada das melhores decisões.

3. Definição Precisa dos Objetivos da Empresa

Uma vez definida a missão corporativa da empresa, uma vez conhecida a situação externa e interna da empresa, através da realização dos estudos de gestão patrimonial, chega a hora de definir precisamente os objetivos da empresa. Quando se tem conhecimento, melhores metas, metas mais realistas podem ser traçadas.

Do mesmo modo que a empresa não deve desperdiçar seu potencial de crescimento focando em objetivos mediocres, também não pode gastar toda a sua energia tentando atingir um objetivo impossível. Para definir as metas da empresa, antes de mais nada, é preciso conhecimento.

4. Definição das Estratégias da Empresa

Agora que as metas foram estabelecidas, chega a hora da ação. Na fase de definição das estratégias, é o momento em que os gestores vão planejar e atribuir as tarefas a todos os envolvidos na empresa para que as metas sejam atingidas. Se a empresa planejou bem, analisou corretamente o mercado, definiu objetivos viáveis e adotou estratégias inteligentes, com certeza irá atingir seus objetivos. Uma vez que um objetivo é atingido, o processo pode então ser reiniciado e um objetivo maior pode ser buscado.

Ciclo Básico do Planejamento Estratégico:

Planejamento Estratégico: um processo cíclico que auxilia na evolução da empresa

Compartilhar

Facebook Twitter Google Linkedin