dcsimg

Engenharia Elétrica EAD

Saiba como funciona o curso superior de Engenharia Elétrica a distância e onde estudar nesta modalidade com reconhecimento do MEC!

Engenharia Elétrica

Você sabia que é possível fazer faculdade de Engenharia Elétrica a distância no Brasil? Existem instituições reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) que oferecem esta graduação no formato EAD. Se você mora longe dos grandes centros ou não tem como se deslocar diariamente até uma universidade, saiba que a modalidade de ensino a distância pode viabilizar o seu sonho profissional.

O curso tem o mesmo currículo da graduação presencial. Também é do tipo bacharelado e dura cinco anos. A principal diferença é que os alunos realizam atividades práticas e provas nos polos de apoio presencial das universidades. A parte teórica é ministrada online.

Formar-se em Engenharia Elétrica é um bom negócio. A carreira tem boa empregabilidade e remuneração. A média salarial dos engenheiros eletricistas é a nona mais alta do País, segundo levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Saiba tudo sobre o curso de Engenharia Elétrica a distância e onde estudar para construir uma carreira de sucesso nessa área!

O curso de Engenharia Elétrica EAD

A Engenharia Elétrica é uma formação da área de Ciências Exatas. Como todas as graduações de Engenharia, exige bastante habilidade com cálculos e interesse pelo funcionamento de equipamentos, motores e peças. Prepare-se para mergulhar em Matemática e Física! Você terá que lidar com números e fórmulas ao longo de toda a graduação.

Nos dois primeiros anos do curso os alunos aprendem conhecimentos mais básicos da formação, com muitas disciplinas teóricas. Depois entram no currículo as matérias específicas da área de Elétrica, como Eletrônica, Sistemas de Controle e Telecomunicações. A partir do terceiro semestre é preciso colocar a mão na massa, desenvolver projetos em laboratório e vivenciar o lado prático da graduação. É comum ouvir dos estudantes que esta segunda etapa, com maior ênfase nas atividades práticas, é a mais interessante do curso.

O que se estuda no curso de Engenharia EAD

O currículo de Engenharia Elétrica EAD varia de acordo com a instituição e o enfoque do curso. Alguns dão ênfase à Automação Industrial, outros a Telecomunicações e Sistemas. No geral, os alunos encontram as seguintes disciplinas:

  • Álgebra Linear
  • Cálculo
  • Circuitos e Técnicas Digitais
  • Circuitos Elétricos
  • Computação Científica
  • Conservação de Recursos Naturais
  • Conversão Eletromecânica de Energia
  • Desenho Técnico para Engenharia Elétrica
  • Eletromagnetismo
  • Eletrônica Básica e Aplicada
  • Eletrônica de Potência
  • Física e Física Experimental
  • Geometria Analítica
  • Laboratório de Transdutores
  • Materiais Elétricos
  • Mecânica dos Sólidos
  • Microprocessadores
  • Ondas e Propagação
  • Princípios de Sistemas de Comunicação
  • Projeto de Instalações Elétricas
  • Química Geral
  • Segurança em Engenharia Elétrica
  • Sinais e Sistemas Discretos
  • Sistemas de Controle
  • Sistemas Lineares

Como funciona a Engenharia Elétrica EAD

O que diferencia a graduação EAD da presencial é a metodologia de ensino, pois o conteúdo estudado é o mesmo. Entenda como funciona:

Parte teórica

Na metodologia EAD a parte teórica do programa é ministrada via internet. Os alunos recebem uma senha de acesso a uma plataforma online especialmente desenvolvida para facilitar os estudos, o chamado Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Neste espaço eles poderão assistir às aulas, fazer exercícios, pesquisas, acessar conteúdos, interagir com professores e colegas. Todo o material fica disponível no AVA e pode ser acessado a qualquer hora, todos os dias da semana.

Parte prática

A parte prática do curso acontece nos polos de apoio das universidades. Esses encontros presenciais são marcados com antecedência para que os alunos possam programar seu deslocamento. No Brasil todo curso EAD precisa dedicar uma parte de sua carga horária a atividades presenciais. No curso de Engenharia Elétrica a distância, elas podem ser:

  • Práticas de laboratório
  • Encontros de integração
  • Aulas presenciais de apoio à aprendizagem
  • Avaliações finais de cada disciplina
  • Apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) obrigatório.

Estágio

O estágio supervisionado também é obrigatório no curso a distância de Engenharia Elétrica. Deve ser feito de forma presencial, com acompanhamento de um responsável da instituição onde o aluno estagia.

O que faz o profissional formado em Engenharia Elétrica EAD

Os engenheiros eletricistas desempenham um papel fundamental: trabalham com geração, transmissão e distribuição de energia, da fonte ao consumidor final. Tudo o que depende de energia elétrica para funcionar é responsabilidade destes profissionais, desde o chuveiro da sua casa até um painel de controle de uma indústria.

As perspectivas para o engenheiro eletricista são promissoras no Brasil. Sempre que o País entra em uma nova onda de desenvolvimento acontecem investimentos em diferentes setores da economia, especialmente nas indústrias e em obras de infraestrutura, que contratam engenheiros de todas as áreas. No caso dos eletricistas, os tradicionais empregadores são as concessionárias de energia; as empresas de telecomunicações; as fábricas de celulares, equipamentos eletrônicos, motores e geradores; as consultorias e as empresas prestadoras de serviços em computação.

Ah! Importante destacar que o diploma de uma faculdade de Engenharia Elétrica a distância reconhecida pelo MEC vale tanto quanto o presencial.

Onde estudar Engenharia Elétrica EAD

A oferta do curso de Engenharia Elétrica na modalidade EAD é recente no Brasil, por isso o número de instituições que dispõem desta graduação ainda não é tão grande.

Há 14 faculdades que oferecem este curso com reconhecimento do MEC. Veja as principais:

Veja também:

Quanto ganha um Engenheiro Eletricista

Está pensando em estudar Engenharia Elétrica? A metodologia EAD se encaixa na sua rotina? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin