dcsimg

Descubra quanto tempo dura uma faculdade de Educação Física

Sonha em estudar Educação Física? Veja quantos anos você vai ter que dedicar aos estudos até conseguir seu diploma!

Educação Física é um curso muito querido entre as pessoas que amam movimento, esportes, qualidade de vida e saúde.

O melhor de tudo é que, no Brasil, os interessados não terão dificuldades em fazer este curso em uma faculdade perto de casa. Por aqui temos à disposição milhares de vagas todos os anos!

E mais: Educação Física pode ser encontrada tanto em grau de licenciatura, que forma professores, como de bacharelado, que forma os profissionais que vão trabalhar em academias, em clubes, etc.

A duração do curso vai variar de acordo com sua escolha – por isso é bom ter essa informação bem redonda na cabeça antes fazer a matrícula.

Para que você não tenha qualquer dúvida em relação à formação ideal, fomos atrás das informações que você vai ver a seguir. Nelas, contamos quanto tempo dura Educação Física, as diferenças entre os tipos de curso e as faculdades mais legais onde estudar. Confira agora mesmo!

Quanto tempo dura Educação Física

Na hora de buscar o curso ideal de Educação Física você vai se deparar com duas opções: o bacharelado e a licenciatura.

Como a gente já adiantou lá em cima, o bacharelado forma profissionais voltados ao mercado de trabalho de Educação Física. Eles vão atuar em clubes, clínicas especializadas, academias, etc.

A licenciatura forma professores. Eles vão atuar, a princípio, em escolas das redes públicas e particulares do ensino fundamental e médio. Com formação adequada (mestrado, doutorado), podem também dar aula em faculdades.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), o tempo de formação de cada um desses graus é o seguinte:

  • Educação Física – Bacharelado: O curso deve ser oferecido dentro de uma carga mínima obrigatória de 3.200 horas – o que dá pelo menos quatro anos.
  • Educação Física – Licenciatura: A carga horária aqui é um pouco menor. A mínima obrigatória é de 2.800 horas, que pode ser distribuída entre três anos e meio ou quatro anos.

Você vai perceber que os cursos de licenciatura são mais fáceis de encontrar do que os de bacharelado. Algumas faculdades oferecem as duas formações ao mesmo tempo – o que é uma boa para quem quer ter mais chances no mercado de trabalho.

As faculdades não podem oferecer um curso de Educação Física com carga horária menor do que a prevista por lei. Fique de olho!

O curso Educação Física a distância é mais rápido?

O curso de Educação Física a distância está cada vez mais popular. Existem atualmente 40 mil alunos matriculados atualmente, mas ainda são poucas as instituições no Brasil que oferecem a graduação neste formato. Entre elas, podemos citar a Anhanguera,  a Estácio, a Pitágoras e a Unifran.

A flexibilidade de estudar no horário mais conveniente e a facilidade de aprender em qualquer lugar do país leva muita gente a acreditar que o curso de Educação Física a distância é mais rápido – e fácil – do que o modelo tradicional.

Você também achava isso?

Bom, a verdade é que o MEC estabelece uma carga horária mínima para o curso de Educação Física que vale para todos os formatos de ensino. Isso significa que o aluno terá que passar os mesmos três anos e meio a quatro anos estudando para se formar na área. O formato EAD tem flexibilidade, mas isso não significa que seja moleza.

Mas é bom ficar bem atento a um detalhe: Educação Física é um curso com muitas atividades práticas no currículo, mesmo no caso das licenciaturas. Por isso o aluno que estuda a distância precisa reservar alguns dias por semestre para ter aulas em laboratório, apresentar trabalhos, fazer provas finais, etc.

Dependendo do formato do curso a distância, como é o caso das graduações semipresenciais, essas atividades podem ser ainda mais intensas, com encontros toda semana.

Os cursos a distância podem ser uma boa se você gosta de estudar com ajuda da tecnologia. No caso de Educação Física, uma parte das disciplinas acontece no ambiente virtual de aprendizagem, pela internet. Nessa plataforma, os alunos acessam teleaulas, apostilas, textos, animações, imagens, etc. Eles também contam com ferramentas de contato direto com professores e tutores, além de poderem trocar conhecimentos o tempo todo com os colegas de turma.

Além de oferecerem maior flexibilidade, cursos a distância costumam ter mensalidades bem mais acessíveis do que as dos tradicionais.

E mais: o diploma de um curso de Educação Física reconhecido pelo MEC tem validade em todo o território nacional e é aceito no mercado de trabalho. Quem opta por este formato pode, ao final dos estudos, procurar emprego na área, abrir o próprio negócio, fazer concursos públicos ou entrar em pós-graduações.

Veja um super resumo do que você vai encontrar no curso de Educação Física

Assim que entra no curso de Educação Física o aluno começa a destrinchar todos os segredos por trás do movimento humano, seja na esfera biológica, esportiva, comportamental ou sociocultural.

O campo de trabalho para os formados neste curso é bom, e vem crescendo bastante nos últimos anos, pegando carona na febre das academias, treinamentos funcionais, terapias e maior preocupação com qualidade de vida.

As oportunidades de emprego estão disponíveis em academias de ginástica, clubes esportivos, clínicas de reabilitação, indústria de material esportivo, hospitais, escolas (para os licenciados). O campo é bom até para quem pretende trabalhar como autônomo (consultor, personal trainer, etc.).

Mas é preciso ficar atento a um detalhe: o curso não forma atletas. O profissional deixa a faculdade com amplos conhecimentos sobre:

  • Jogos, esportes, ginásticas, danças, lutas, lazer, recreação e outros
  • Morfologia, fisiologia e biomecânica
  • Processos de desenvolvimento motriz, habilidades físicas, fatores psicológicos
  • Equipamentos e materiais
  • Princípios pedagógicos gerais

Com tudo isso em mãos, ele será capaz de elaborar treinamentos, orientar a prática de exercícios físicos ou atuar como professor na área.

Onde fazer o curso de Educação Física

A oferta de cursos de Educação Física é muito boa no Brasil. Mais de 400 universidades, de Norte a Sul do país, têm a graduação disponível.

Mas antes de buscar uma entre as mais de 70 mil vagas que são abertas todos os anos, saiba que a imensa maioria está em faculdades particulares.

O número geral de alunos matriculados em Educação Física, hoje, é superior a 100 mil. Isso dá uma ideia da concorrência que você terá que encarar daqui a alguns anos.

Escolher a faculdade de Educação Física certa não tem mistério. A melhor dica é procurar uma que seja bem avaliada pelo MEC e ofereça o curso na modalidade que você deseja fazer.

Para você fazer seu investimento valer a pena, a gente separou algumas ótimas instituições autorizadas pelo Ministério da Educação que oferecem o curso de Educação Física em diferentes graus de formação e modalidades de ensino.

Conheça:

Veja também:

Quanto ganha um personal trainer?

Para você, qual a melhor opção de Educação Física? Bacharelado ou licenciatura? Presencial, semipresencial ou a distância? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin