dcsimg

Vale a pena fazer Jornalismo? Descubra

Conheça as principais áreas de atuação de um jornalista e descubra se esta profissão combina com você!

jornalismoJornalismo tem tudo a ver com comunicação. Quem se dedica a esta carreira trabalha com a divulgação de informações e notícias em diversos meios, como televisão, rádio, revistas, jornais, internet e muitos outros.

É um curso que costuma atrair pessoas curiosas, que gostam de estar sempre atualizadas com o que acontece no mundo e sabem se expressar de forma objetiva.

Muitos dos que se identificam com esta profissão ficam em dúvida se vale a pena investir tempo e dinheiro em uma faculdade de Jornalismo, se vão aproveitar o que aprenderão durante o curso e se o diploma fará diferença na hora de buscar um emprego na área.

Estes questionamentos são muito comuns, especialmente quando se trata de uma carreira em que o diploma superior não é obrigatório, como é o caso do Jornalismo.

Se você também está em dúvida, veja a seguir se vale a pena fazer a faculdade de Jornalismo e descubra se essa profissão combina com você!

Vale a pena fazer faculdade de Jornalismo?

Você está decidido a seguir a profissão de jornalista? Então, sim, vale a pena fazer esta faculdade!

Apesar de poder exercer as atividades de jornalista sem diploma, a verdade é que as empresas de comunicação preferem contratar profissionais formados nessa área.

A menos que você já tenha bastante experiência como jornalista e seja conhecido no ramo, o diploma de nível superior fará toda a diferença no momento de buscar um emprego.

Agora, se a sua dúvida é sobre se vale a pena seguir a carreira de jornalista, então depende! Neste caso não existe uma resposta única, a melhor opção será aquela que combinar com seus interesses e planos para o futuro.

É importante que a faculdade se encaixe em seus objetivos profissionais. Para isto, é fundamental pesquisar sobre o que será estudado durante o curso e quais as possibilidades de atuação depois de formado.

O que se estuda em Jornalismo?

A comunicação é a base da faculdade de Jornalismo. Um profissional desta área precisa se expressar de forma clara e correta. Por isso, existem diversas disciplinas voltadas à Comunicação, Língua Portuguesa, Interpretação e Redação de Textos.

Uma das habilidades adquiridas ao longo do curso é a capacidade de adequar a linguagem (seja escrita ou falada) ao público-alvo.

Os tipos de mídia (rádio, TV, jornal impresso, etc.) são estudados separadamente, assim como as técnicas de comunicação e características de cada uma delas.

O objetivo do curso é formar profissionais completos, capazes de pesquisar e apurar fatos, verificar a veracidade das fontes, redigir, entrevistar pessoas, fotografar, editar textos e imagens e falar de forma objetiva na frente das câmeras ou microfone.

Não são apenas as práticas jornalísticas que são aprendidas no curso (como reportagem, apuração, entrevista, etc.). O estudante termina a faculdade sabendo planejar a cobertura completa das notícias, gravar cenas nas ruas, utilizar programas de edição de sons e imagens, coordenar projetos de comunicação e muito mais.

A matriz curricular varia um pouco de uma universidade para a outra. O nome das disciplinas e a ordem em que são estudadas também costumam ser diferentes. De modo geral, estas são as principais matérias vistas na faculdade de Jornalismo:

  • Apuração Jornalística
  • Assessoria de Imprensa
  • Edição Jornalística
  • Fotojornalismo
  • Jornalismo em Rádio
  • Jornalismo em Televisão
  • Jornalismo Internacional
  • Jornalismo Online
  • Jornalismo Político
  • Leitura e Produção de Texto
  • Planejamento e Produção de Revistas e Jornais
  • Planejamento Gráfico
  • Redação Jornalística
  • Técnicas de Comunicação
  • Teoria da Comunicação

Em que áreas um jornalista pode atuar?

O mercado de trabalho para jornalistas é bastante disputado. Quem pretende trabalhar nos meios de comunicação mais tradicionais, como televisão, rádio e jornal impresso, enfrenta uma concorrência acirrada, principalmente nos grandes centros.

Mas estas não são as únicas opções de atuação para este profissional. As novas tecnologias têm possibilitado outras oportunidades de emprego para jornalistas, como é o caso dos grandes portais de notícias na internet, TV por assinatura, comunicação corporativa, blogs, revistas online, etc.

Veja algumas das principais áreas às quais um jornalista pode se dedicar:

  • Assessoria de Imprensa – estabelece uma comunicação entre seu cliente (que pode ser pessoa física ou jurídica) e a imprensa.
  • Comunicação Empresarial – desenvolve um canal de comunicação entre a empresa e seus funcionários, clientes, investidores e fornecedores. Elabora estratégias de comunicação interna e é responsável pelo conteúdo dos materiais institucionais.
  • Comunicação Digital – Redige conteúdo e edita materiais para sites, revistas online, blogs, etc.
  • Edição – Define como a notícia será veiculada. Desde o formato do texto, até a seleção das imagens, ordem em que elas aparecem e a edição dos sons.
  • Fotojornalismo – Utiliza a fotografia para registrar acontecimentos, eventos, fatos e cenas do cotidiano. Edita o material captado para produzir documentários e reportagens.
  • Pauta – define quais conteúdos serão abordados na publicação e orienta outros jornalistas sobre quais assuntos devem escrever.
  • Reportagem – corre atrás de fatos, apura a veracidade dos acontecimentos, entrevista pessoas e transforma as informações em textos ou vídeos.

Onde estudar Jornalismo

Se você está decidido a cursar Jornalismo é importante buscar uma faculdade que seja reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Jornalismo:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Quanto ganha um Jornalista?

Gostou de saber mais sobre a profissão de Jornalista? Conte para a gente se você pretende fazer esta faculdade!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin