dcsimg

Descubra qual é o período de inscrições do FIES 2016

A segunda edição do FIES 2016 começa em junho. Veja como se inscrever no maior programa de financiamento estudantil do País!

VestibularSe você está em busca de ajuda para pagar a faculdade ainda este ano, aqui vai uma boa notícia: a segunda edição do FIES 2016 já tem data marcada para acontecer.

Em junho, milhares de candidatos vão tentar um financiamento estudantil a juros baixos para levar adiante o sonho de obter um diploma de nível superior.

Fique de olho no cronograma: quem perder o prazo agora só vai ter uma nova oportunidade no ano que vem!

Preparamos o guia a seguir com o período de inscrições do FIES 2016 e todos os procedimentos necessários para obter seu financiamento!

Período de inscrição do FIES 2016

Anote aí: você tem entre 24 e 29 de junho para se inscrever no FIES 2016 e tentar um financiamento para seu curso no segundo semestre deste ano.

O período de inscrições vai até as 23h59 do dia 29 de junho.

Como se inscrever no FIES 2016

O processo de inscrição do FIES é muito simples. Tudo é feito pela internet, sem burocracias.

A partir do dia 24 de junho, você deve acessar o site do FIES Seleção, clicar na opção “Primeiro Acesso” e seguir as instruções da tela.

A partir do número do CPF, o sistema do FIES vai verificar seus dados e escolher o ano em que você obteve a maior média no Enem (caso tenha feito mais de um). A partir daí, é só preencher as informações solicitadas e escolher uma das vagas disponíveis na universidade onde você deseja estudar.

O FIES tem alguns requisitos de participação. Veja quais são:

Requisitos para se inscrever no FIES 2016

O FIES é um programa de estímulo à formação de nível superior no Brasil que acontece duas vezes por ano. Para participar do FIES 2016 no segundo semestre você precisa preencher os seguintes requisitos:

  • Ter renda familiar bruta mensal de no máximo três salários mínimos por pessoa.
  • Ter conseguido pelo menos 450 pontos na média das provas objetivas e nota maior que zero na redação de qualquer edição do Enem a partir de 2010.

Quem já pediu o FIES alguma vez ou está com o pagamento do Programa de Crédito Educativo (PCE-Creduc) atrasado não pode pedir o financiamento.

Como funciona a seleção do FIES 2016?

O número de vagas do FIES é limitado e há mais candidatos do que financiamentos disponíveis. Para distribuir o benefício, o FIES usa a nota do Enem como critério de classificação.

A estrutura é bem parecida com a de outros programas, como ProUni e Sisu: o candidato acessa o sistema durante o período de inscrições, faz o cadastro e escolhe a vaga que deseja disputar. O sistema automaticamente analisa a nota do Enem do participante e diz qual é a pontuação mínima necessária para conseguir a vaga pretendida.

A seleção é feita a partir da maior nota. Quem tiver um bom desempenho no Enem aumenta as chances de ganhar o financiamento do FIES.

A boa notícia é que o candidato pode ir acompanhando as notas de corte e mudar de opção quantas vezes quiser, até achar um curso que aceite seu desempenho. Ele pode mudar de curso, instituição, campus e turno quantas vezes quiser. A seleção vai considerar sempre a última opção gravada pelo participante.

O sistema de seleção é dinâmico e até as 23h59 do último dia de inscrições tudo pode mudar. O candidato só vai saber se ganhou o FIES ou não no dia da divulgação dos resultados.

Cursos disponíveis no FIES 2016

A lista com todos os cursos e instituições participantes da segunda edição do FIES 2016 fica disponível para consulta no site do FIES.

A oferta muda a cada semestre, mas sabe-se que existe uma imensa variedade de opções – desde os cursos mais concorridos, como Medicina, Direito e Engenharia, até os mais tranquilos de passar, como as licenciaturas e os tecnológicos.

Neste semestre, cerca de 60% das 75 mil vagas disponíveis no FIES devem ir para as áreas consideradas prioritárias, como Saúde, Engenharia e Formação de Professores.

Divulgação dos resultados do FIES 2016

A lista com os nomes dos aprovados na pré-seleção do FIES 2016 sai no dia 30 de junho.

A consulta pode ser feita no próprio site do FIES.

Quem for pré-selecionado deve ficar atento aos procedimentos para concluir o financiamento, que envolvem cadastro no site do SisFIES, comprovação de dados na faculdade e apresentação de documentos para assinar o contrato no banco escolhido (Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil).

Quem não aparecer na relação dos convocados em primeira chamada não deve se desesperar. O FIES mantém uma lista de espera até agosto, aproximadamente. As vagas não ocupadas na primeira chamada vão sendo redistribuídas ao longo das semanas seguintes.

Faculdades que participam do FIES 2016

O MEC exige que 90% das vagas do FIES sejam alocadas em cursos com conceitos 4 e 5 em universidades que também tenham boa avaliação. Ou seja: se você conseguir o FIES, pode ter certeza de que estudará em uma faculdade bem avaliada e seu diploma será reconhecido.

Trouxemos para você algumas instituições com boas avaliações que geralmente aparecem na maioria das seleções do FIES. Confira:

Veja também:

Conheça as novas regras do FIES para 2016

Está animado para participar do FIES 2016? Conte para a gente qual curso você vai tentar financiar!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin