dcsimg

Veja como descobrir qual foi sua pontuação no Enem

Saiba onde, quando e como acessar a sua pontuação no Enem. Veja também as formas de usar a nota do Exame para entrar na faculdade!

Pontuação Enem

A cada ano, milhões de estudantes de todas as regiões do Brasil passam dois dias fazendo uma prova que poderá definir seu futuro profissional.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é hoje a maior porta de entrada para o ensino superior. Uma boa pontuação pode garantir a entrada na faculdade dos sonhos, a obtenção de uma bolsa de estudos ou financiamento estudantil a juros baixos.

Se você participou do Enem e está ansioso para saber sua pontuação, fique com a gente. Vamos contar como a prova é corrigida, como descobrir sua nota e o que fazer com ela!

Dá para calcular a pontuação no Enem?

Infelizmente, não. Por mais que se criem sistemas e aplicativos de celular para “adivinhar” a nota do Enem, a pontuação real será revelada somente quando sair o resultado oficial.

Isso acontece porque a pontuação do Enem não é a simples soma de acertos, como estamos acostumados na escola. As provas objetivas tampouco têm uma nota mínima ou máxima definida previamente.

O modelo de correção do Enem segue a Teoria de Resposta ao Item (TRI), um cálculo complexo que envolve o trabalho de três equipes diferentes: especialistas em estatística, matemática e psicometria. A TRI não considera apenas o número de respostas corretas, mas também o nível de dificuldade de cada questão e a coerência do candidato.

Por tudo isso, dois participantes com o mesmo número de acertos podem ter pontuação bem diferente!

Quando sai o resultado com a pontuação do Enem?

Para saber sua pontuação do Enem não tem jeito: é preciso esperar a divulgação do resultado, que leva cerca de dois meses para ser apurado.
Dependendo da edição, você poderá ver sua nota do Enem entre as últimas semanas de dezembro e as primeiras de janeiro.

Como acessar a pontuação do Enem?

Sua pontuação do Enem vai aparecer no Boletim de Desempenho Individual. Para acessá-lo, você vai precisar entrar na página oficial do Enem e digitar seu número de inscrição ou CPF e senha.

O boletim informa a nota de cada uma das cinco provas do Enem:

  • Redação
  • Matemática e suas Tecnologias
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias

O que fazer com a pontuação do Enem?

Agora que você já sabe como consultar sua pontuação do Enem, veja o que dá para fazer com a nota do Exame:

1. Concorrer a uma vaga em universidade pública pelo Sisu

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) classifica estudantes para universidades públicas em todo o Brasil. Com duas edições por ano, em janeiro e junho, oferece centenas de milhares de vagas em todas as áreas do conhecimento.

Para se inscrever, basta ter feito o Enem mais recente e não ter zerado na redação. No entanto, quanto maior a sua nota, mais chances você terá de conseguir uma vaga!

A nota de corte vai depender da universidade, campus, curso e turno que você escolher, podendo começar em pouco mais de 450 e superar os 800 pontos.

As inscrições são gratuitas.

2. Tentar uma bolsa de estudos pelo ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) é uma iniciativa do Governo Federal voltada a estudantes de baixa renda que distribui bolsas de estudos em faculdades particulares bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC).

As bolsas podem ser de 50% ou 100% – o valor depende da renda familiar do candidato. Para participar, além de cumprir os requisitos de condição financeira e formação escolar, o candidato precisa ter feito o Enem mais recente, com desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota maior do que zero na redação.

Se você se encaixar nesses critérios, terá duas oportunidades de concorrer ao ProUni: no primeiro e no segundo semestre. As inscrições também são gratuitas e, em alguns cursos, a nota de corte supera os 700 pontos no Enem.

3. Obter ajuda para pagar a faculdade com o FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um crédito universitário bancado pelo Governo Federal. Destinado a pessoas de baixa renda, tem juros mais baixos do que os praticados no mercado e um longo prazo de carência para começar a quitar a dívida.

Para se inscrever no processo seletivo do FIES o candidato precisa atender ao requisito de renda familiar, além de apresentar pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação de qualquer edição do Enem a partir de 2010.

4. Ingressar em faculdade privada sem fazer vestibular

Muitas faculdades aceitam a nota do Enem como forma de ingresso direto, sem que o candidato precise fazer vestibular.

Cada instituição define seus próprios critérios, que podem envolver uma pontuação mínima geral, notas de corte em determinadas provas ou apenas a nota da redação. O ideal é verificar quais as condições junto à universidade do seu interesse.

Confira algumas instituições bem avaliadas pelo MEC que aceitam a pontuação do Enem para ingresso direto, ProUni e FIES:

Veja também:

Descubra o que você pode fazer com a nota do Enem

Como você foi no Enem? Vai conseguir entrar na faculdade com a nota do Exame? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin