dcsimg

ProUni tem lista de espera? Entenda

O ProUni oferece diversas chances de conseguir bolsa – e a lista de espera é uma delas. Conheça!

O ProUni detém o título de maior programa de bolsas do Brasil. Em todas as regiões do país já permitiu que mais de 1,5 milhão de estudantes tivessem acesso ao ensino superior.

Embora os números sejam surpreendentes – são mais de 250 mil bolsas por ano – conseguir uma vaga aqui pode ser uma tarefa bem complicada.

As notas para obter o benefício estão cada vez mais altas. Só quem realmente faz bonito no Enem tem uma certa garantia de conseguir vaga – e olhe lá!

Mas como nem tudo é pedreira, o ProUni também dá algumas colheres de chá aos participantes que não foram aprovados logo de cara. São duas chances extras de conseguir a tão desejada bolsa de estudos.

Entre essas chances também está a lista de espera – que você vai entender como funciona a seguir!

O que é a lista de espera do ProUni

A lista de espera é a terceira e última chance de conseguir uma bolsa pelo ProUni. Sim, você não leu errado, é “terceira” mesmo. A cada edição o ProUni conta com duas chamadas e uma lista de espera. Veja a seguir como funciona cada uma delas e o que fazer para participar.

Primeira chamada do ProUni

A primeira chamada é a aquela relação básica com os aprovados na primeira rodada – ou seja, os que tiveram as maiores notas do Enem.

A relação é divulgada no site do ProUni poucos dias após o encerramento da seleção. Assim que é convocado, o aprovado tem um prazo para comprovar a documentação necessária na faculdade onde conseguiu vaga, caso contrário perde o benefício.

Segunda chamada do ProUni

A segunda chamada do ProUni começa poucos dias depois da divulgação dos resultados. Conforme os candidatos da primeira chamada vão sendo desclassificados, por desistência ou não comprovação de documentos, novos nomes são convocados para ocupar as vagas que sobram.

A segunda chamada vigora por um período determinado. Depois disso o ProUni abre uma terceira chance, que é a lista de espera.

Lista de espera do ProUni

A lista de espera é a última chance de o candidato conseguir bolsa naquela edição. Ela comporta todas as vagas não preenchidas depois da primeira e segunda chamadas do ProUni e fica disponível quase um mês depois da abertura do processo seletivo.

Aqui existe um detalhe em que todo participante deve ficar ligado: diferentemente da segunda chamada, a lista não é automática. O candidato precisa entrar lá e dizer que tem interesse em participar.

Normalmente o ProUni dá poucos dias para fazer isso. Veja a seguir.

O que fazer para entrar na lista de espera do ProUni

O ProUni normalmente dá apenas dois dias para os candidatos entrarem em lista de espera. Veja como fazer.

  1. No prazo determinado (varia de acordo com a edição), o candidato precisa entrar no site do ProUni com seu número de inscrição e senha do Enem mais recente.
  1. Depois de entrar no sistema, basta clicar na a opção “Manifestar interesse em participar da lista de espera”.
  2. Pronto. Agora é só aguardar a confirmação do sistema.

A inclusão na lista é exclusiva aos candidatos que participaram daquele processo seletivo do ProUni, não está aberta a novos inscritos.

Como a lista de espera do ProUni é divulgada?

Os resultados da lista de espera vão sendo divulgados aos poucos, conforme abrem novas vagas e os candidatos vão sendo chamados. Cabe ao interessado a responsabilidade de acessar o sistema todos os dias, até o encerramento do período, para ver se o nome consta entre os felizardos. O MEC não envia qualquer mensagem informando da aprovação.

Se for pré-aprovado, é preciso correr para dar conta de todo o processo de documentação.

O que fazer se for chamado na lista de espera do ProUni?

Assim que for chamado pela lista de espera, é preciso ficar de olho nos prazos. Normalmente o MEC dá um período super curto para o pré-selecionado levar tudo o que o MEC exige (que não é pouca coisa) à faculdade onde conseguiu bolsa.

Os documentos solicitados são, em geral, comprovantes de renda de todo o grupo familiar, identificação, endereço e escolaridade.

Todos os cursos têm opção de lista de espera?

Nem sempre. A lista varia muito a cada edição, já que depende da efetivação da inscrição dos candidatos que vão sendo chamados.

Só dá para saber exatamente quais são os cursos, turnos, faculdades e modalidades com vagas abertas durante a abertura da lista.

Quando acontece o ProUni?

O ProUni acontece sempre duas vezes por ano, para ingresso no primeiro e no segundo semestre.

Quem não for chamado em lista de espera tem que esperar até a edição seguinte para tentar novamente.

Quem pode participar do ProUni?

O ProUni foi criado para permitir o acesso de estudantes de baixa renda ao ensino superior. Portanto, só pode disputar uma bolsa quem atende aos seguintes critérios:

  • Fez o Enem mais recente e obteve pelo menos 450 pontos na média das provas, sem ter zerado a redação.
  • Comprova renda familiar bruta mensal de no máximo 3 salários mínimos por pessoa.
  • Não tem diploma de nível superior.

O candidato também precisa se encaixar em um dos pré-requisitos abaixo:

  • Ter feito todo o ensino médio em escola pública ou em particular como bolsista integral.
  • Ser professor da rede pública de ensino básico.
  • Ser pessoa com deficiência.

Onde estudar com bolsa do ProUni

Quem ganha bolsa do ProUni tem a certeza de estar ingressando em uma instituição bem avaliada pelo MEC, com diploma válido em todo o território nacional.

Separamos a seguir algumas sugestões de faculdades para você:

Veja também:

ProUni é de graça? Entenda

Está mais claro para você como funciona a lista de espera do ProUni? Se tiver alguma dúvida, fale com a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin