dcsimg

Saiba quando é possível pedir o FIES

Resolva aqui as suas dúvidas sobre as datas do FIES e confira outras informações sobre o programa que ajuda a pagar a faculdade!

Todo semestre, estudantes do Brasil inteiro têm a possibilidade de pedir financiamento para estudar na faculdade. O período de inscrições dura poucos dias e é preciso ficar ligado!

Os critérios para participar são a renda familiar e a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A oferta de cursos é enorme, em instituições de ensino superior de todas as regiões do Brasil.

Descubra agora mesmo quando é possível pedir o FIES, como o programa funciona e onde estudar com a ajuda desse financiamento facilitado!

O que é o FIES

Criado para facilitar o acesso dos brasileiros à educação superior, o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do governo federal que ajuda a pagar as mensalidades em faculdades particulares.

O aluno só começa a quitar a dívida depois de formado e a taxa de juros varia de acordo com a modalidade de contrato, mas fica abaixo do que é praticado no mercado.

O funcionamento do FIES vem sofrendo ajustes praticamente a cada semestre. Por isso, é super importante conferir as regras de participação da edição que você pretende fazer.

Quando é possível pedir o FIES

As inscrições para o processo seletivo do FIES acontecem duas vezes ao ano, um pouco antes do início das aulas de cada semestre, em datas definidas pelo MEC.

E não dá pra bobear: o período para se inscrever dura poucos dias. Por isso é bom já estar com toda a documentação preparada para não ter nenhuma surpresa de última hora.

O bom é que o resultado sai rapidinho. As inscrições começam em uma terça-feira, encerram na sexta-feira da mesma semana e na segunda-feira seguinte já é divulgada a lista de aprovados.

Quem pode pedir o FIES

A intenção do FIES é democratizar a educação superior, facilitando a entrada e a permanência de estudantes de baixa renda na faculdade. Por isso, para poder se inscrever no programa, um dos critérios é a renda familiar bruta mensal.

Para alguns tipos de contrato, ela não pode passar de três salários mínimos por pessoa. Para outros, tem que ser de até cinco salários mínimos por pessoa.

Mas o programa leva em conta também um critério acadêmico e premia os bons estudantes: para pedir o FIES é obrigatório ter feito o Enem (vale qualquer edição a partir de 2010), e ter obtido desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas, sem ter zerado na redação.

Essa é a pontuação mínima para se inscrever. Porém, como a nota do Enem é critério de classificação, quanto mais alto seu desempenho no exame, maiores serão as chances de conseguir uma vaga no FIES.

Como fazer a inscrição no FIES

A inscrição do FIES é gratuita e deve ser feita no site do programa, o FIES Seleção.

O primeiro passo é se cadastrar, informando o CPF e a data de nascimento. Com esses dados, o sistema vai rastrear sua participação no Enem e informar se você cumpre os requisitos de nota mínima.

Em caso positivo, é só cadastrar sua senha, informar um e-mail válido e seguir as orientações do sistema. Uma vez cadastrado, terá que completar um formulário com o CPF de cada um dos integrantes de sua família maiores de 14 anos, suas respectivas rendas e datas de nascimento. O último passo é escolher a faculdade, o curso e turno em que deseja estudar.

Enquanto as inscrições estiverem abertas, você poderá consultar as notas de corte parciais para a vaga que está disputando e trocar de opção, se quiser aumentar suas chances de passar (entenda melhor a seguir).

Caso seja pré-selecionado, há ainda uma segunda etapa de inscrição, em outro sistema. Em seguida você terá um prazo para comparecer à faculdade e validar a documentação e, por fim, ir ao banco para assinar o contrato.

Como funcionam as notas de corte parciais do FIES

As notas de corte parciais são uma referência para que o candidato possa saber a pontuação necessária para conseguir o FIES. É uma informação importante se pensarmos que dá para direcionar a inscrição de acordo com sua pontuação no Enem e as notas de corte divulgadas.

Por exemplo: se o candidato quer financiar o curso de Direito noturno em determinada faculdade, obteve 700 pontos no Enem e a nota de corte divulgada para essa vaga está em 600, ele saberá que terá boas chances de conseguir o financiamento.

Por outro lado, se a vaga tiver uma nota de corte muito acima da sua pontuação, o melhor a fazer é optar por outra carreira com a nota de corte mais baixa.

Como dependem da quantidade de inscritos e do desempenho deles no Enem, as notas de corte parciais podem variar dia a dia. Na época das inscrições, o sistema calcula em tempo real a oferta e a procura de cada curso e vai divulgando as notas de corte no site, para que os candidatos possam acompanhá-las.

É possível modificar as opções quantas vezes quiser, até segundos antes do fechamento das inscrições. Para fazer a seleção, o sistema vai considerar a última opção que você salvou.

Quais cursos é possível financiar pelo FIES

A variedade de cursos que você pode financiar pelo FIES é ampla e envolve todas as áreas do saber, nos campos de Exatas, Humanas e Biológicas. A lista pode sofrer algumas variações a cada nova edição do programa.

A relação atualizada deve ser consultada durante o período de inscrições no site do FIES.
Alguns dos mais frequentes são:

  • Administração
  • Arquitetura e Urbanismo
  • Ciências Contábeis
  • Design Digital
  • Direito
  • Educação Física
  • Enfermagem
  • Engenharia Civil
  • Engenharia de Produção
  • Engenharia Mecânica
  • Fisioterapia
  • Gestão de Recursos Humanos
  • Jornalismo
  • Medicina
  • Nutrição
  • Odontologia
  • Pedagogia
  • Psicologia
  • Radiologia
  • Turismo

Lembramos que só participam do programa faculdades privadas e cursos presenciais.

Que faculdades é possível fazer pelo FIES

A relação de universidades participantes do FIES também é grande. São centenas de instituições em todas as regiões do Brasil. E o você pode ficar tranquilo quanto à qualidade: todas elas passaram pela avaliação do Ministério da Educação (MEC) e obtiveram uma boa nota.

Entre tantas possibilidades, separamos para você uma pequena lista com algumas boas sugestões:

Veja também:

Saiba que nota você precisa tirar no Enem para conseguir o FIES

Está pensando em pedir o FIES? Já sabe para qual curso e faculdade? Deixe aqui seus comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin