dcsimg

Tudo o que você precisa saber sobre a UAB (Universidade Aberta do Brasil)

Conheça os detalhes da Universidade Aberta do Brasil, que leva ensino a distância gratuito a todos os cantos do País!

Universidade Aberta do Brasil (UAB)

A Universidade Aberta do Brasil (UAB) foi criada pelo Governo Federal em 2006 com alguns objetivos em mente:

  • Disponibilizar gratuitamente cursos superiores nas diferentes áreas do conhecimento.
  • Oferecer cursos a distância para formação de professores da educação básica.
  • Formar dirigentes, gestores e trabalhadores da educação básica.
  • Equilibrar a oferta de ensino superior na diferentes regiões do País.
  • Desenvolver a educação a distância no Brasil.

A iniciativa reúne cursos a distância de universidades públicas (federais, estaduais e municipais) e institutos de educação, ciência e tecnologia, levando-os a regiões onde a população normalmente teria mais dificuldade de acesso à formação superior. A ideia é formar professores e trabalhadores da educação básica para cobrir o déficit histórico de profissionais desta área no Brasil.

A UAB está presente em todo os estados e no Distrito Federal. Veja a seguir tudo o que você precisa saber sobre a UAB, desde os cursos que oferece até as formas de ingresso!

Tipos de cursos oferecidos pela UAB

A UAB tem diversos tipos de cursos de graduação, pós-graduação e extensão. Conheça as opções:

  • Licenciaturas – São o tipo mais comum na UAB. As licenciaturas preparam professores para o ensino fundamental e médio em diferentes áreas do conhecimento. Têm entre 3 e 4 anos de duração.
  • Bacharelados – Formações mais amplas e generalistas, que preparam o profissional para atuar em diversas áreas de um mesmo campo do conhecimento. A duração varia de 4 a 5 anos.
  • Tecnólogos – São cursos superiores mais rápidos, com duração média de 2,5 anos. Formam profissionais para suprir a demanda do mercado de trabalho. Existem poucas opções de tecnólogos na UAB.
  • Especializações – São cursos de pós-graduação Lato Sensu, que conferem o título de especialista. Em média, duram entre um ano e um ano e meio.
  • Aperfeiçoamento – São formações direcionadas a profissionais que já têm diploma de nível superior e atuam em áreas do conhecimento relacionadas à proposta do curso. Rendem diploma de participação, mas não conferem grau de pós-graduado.
  • Extensão – São cursos livres, abertos à comunidade, sem pré-requisitos de formação.

Quais são os cursos oferecidos pela UAB

A UAB tem mais de 700 opções de cursos em seu catálogo de ofertas. Na lista tem bacharelados, licenciaturas, superiores de tecnologia, pós-graduação e outras modalidades.

Separamos alguns exemplos para você ter uma ideia mais aproximada do tamanho do projeto. Dá uma olhada!

Graduação (bacharelados, licenciaturas e tecnólogos):

  • Administração
  • Administração Pública
  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas
  • Artes Visuais
  • Ciências Biológicas
  • Ciências Contábeis
  • Ciências da Computação
  • Ciências da Natureza
  • Ciências Econômicas
  • Desenvolvimento Rural
  • Educação Física
  • Engenharia de Produção
  • Filosofia
  • Física
  • Geografia
  • Gestão Ambiental
  • História
  • Hotelaria
  • Informática
  • Letras – Espanhol
  • Letras – Inglês
  • Letras – Italiano
  • Letras – Libras
  • Letras – Português
  • Matemática
  • Música
  • Pedagogia
  • Química
  • Segurança Pública
  • Sistemas de Informação
  • Sistemas para Internet
  • Sociologia
  • Teatro
  • Tecnologia Sucroalcooleira
  • Turismo

Especialização:

  • Mídias na Educação
  • Informática na Educação
  • Gestão Pública Municipal
  • Gestão Pedagógica na Escola Básica
  • Gestão em Saúde
  • Gestão Educacional
  • Gestão de Pessoas
  • Ensino Interdisciplinar em Saúde e Meio Ambiente a Educação Básica
  • Ensino Interdisciplinar sobre Infância e Direitos Humanos
  • Espaços e Possibilidades para Educação Continuada
  • Esportes e Atividades Físicas Inclusivas para Pessoas com Deficiência
  • Estatuto da Criança e do Adolescente
  • Estratégia Saúde da Família
  • Estratégias Didáticas para a Educação Básica com Uso de TIC
  • Estudos Linguísticos e Literários

Aperfeiçoamento:

  • Gênero e Diversidade na Escola
  • Gestão de Programas de Educação Escolar Indígena
  • Metodologia para o Ensino da Química
  • Mídias na Educação
  • Dimensões da Humanização: Filosofia, Psicanálise, Medicina
  • Educação Ambiental
  • Educação de Jovens e Adultos

Extensão:

  • Educação para as Relações Etnicorraciais
  • Estatuto da Criança e do Adolescente
  • Mídias na Educação

Universidades que participam da UAB

A Universidade Aberta do Brasil é formada por universidades federais, estaduais e municipais de todo o País. Os institutos federais de educação, ciência e tecnologia completam a lista.

Conheça algumas instituições participantes:

  • Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
  • Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)
  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Alagoas (IFAL)
  • Universidade Estadual de Goiás (UEG)
  • Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG)
  • Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)
  • Universidade de Brasília (UNB)
  • Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES)
  • Universidade Federal de Rondônia (UNIR)
  • Universidade Federal do ABC (UFABC)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (IFES)
  • Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN)

Para conhecer todas as universidades que participam dessa iniciativa, consulte o site da UAB.

Como funciona a UAB

A UAB, na verdade, não é uma universidade como conhecemos. Não existe um campus ou um polo presencial da UAB. Trata-se, na verdade, de um sistema articulador entre as instituições de ensino, os governos locais e a demanda da sociedade por determinado tipo de curso.

No estado de Goiás, por exemplo, a UAB articula as instituições locais (Universidade Federal de Goiás, Universidade Estadual de Goiás, Instituto Federal do Goiás, etc.) para definir quem irá ofertar e cuidar de cursos em determinadas regiões. O aluno não estuda na UAB, mas em uma das universidades públicas sediadas no estado que ofereceram vagas pelo sistema UAB.

Quem pode fazer um curso pela UAB?

Teoricamente, qualquer pessoa que tenha finalizado o ensino médio pode tentar entrar em um curso ofertado pela UAB.

No entanto, para cumprir os objetivos da iniciativa, a UAB aplica alguns critérios de preferência na concessão de vagas. Os professores da educação básica terão sempre prioridade, seguidos dos dirigentes, gestores e trabalhadores em educação dos estados, municípios e do Distrito Federal.

Como entrar na UAB?

Para entrar na UAB é preciso fazer uma prova de vestibular. Só que não existe um vestibular da própria Universidade Aberta do Brasil – o processo seletivo é feito pelas instituições que oferecem os cursos e cada uma tem o seu modelo de seleção. Geralmente é um processo à parte do vestibular tradicional.

Os interessados devem buscar informações sobre datas, vagas, editais, etc. no site da UAB. Algumas universidades públicas também têm uma página exclusiva para falar dos cursos que oferecem pelo projeto.

Polos de apoio presencial da UAB

Os cursos oferecidos pela UAB são todos a distância, mas ainda assim será preciso que o interessado busque um polo de apoio presencial perto de casa ou do trabalho.

Isso acontece porque, por determinação do Ministério da Educação (MEC), todo curso a distância precisa ter uma carga horária presencial mínima destinada à realização de provas, apresentação de trabalhos e atividades de laboratório. Ou seja, será necessária a presença do aluno algumas vezes por semestre no polo de apoio.

A UAB possui polos em todos os estados brasileiros. A lista é bem grande. Para verificar se existe algum perto da sua casa, consulte o site.

Alternativas aos cursos da UAB

Se na UAB não tem aquele curso que você está de olho ou não tem um polo próximo de você, que tal considerar outras instituições bem avaliadas pelo MEC que oferecem bolsas de estudos e descontos?

As instituições a seguir possuem polos de apoio em praticamente todo o Brasil e têm uma oferta grande de cursos a distância. Todas costumam participar do ProUni, que distribui bolsas de estudos em cursos presenciais e a distância a pessoas de baixa renda que tiveram bom desempenho no Enem.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer cursos a distância em diversas áreas do conhecimento:

Veja também:

Cursos a distância ajudam a aumentar o salário

O que achou da Universidade Aberta do Brasil? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin