Descubra como trabalhar com marketing digital

Com o avanço da tecnologia e do ambiente virtual, é comum surgirem novas oportunidades no mercado de trabalho, como o marketing digital. Isso acontece porque com mudanças, novos comportamentos surgem e, com eles, novas necessidades.

Nesse contexto, o marketing digital é uma importante ferramenta para compreender o meio digital e atender as demandas do público.

O que é Marketing Digital?

O Marketing Digital nada mais é do que uma área do Marketing, que possui o objetivo de alavancar vendas e promover marcas no meio digital por meio de técnicas e tecnologias.

Ou seja, o profissional desenvolve estratégias específicas para a divulgação de um produto ou de uma empresa, assim como uma comunicação direta com o público.

Como trabalhar com Marketing Digital?

Para trabalhar com marketing digital é necessário ter conhecimentos técnicos na área, que podem ser adquiridos com experiências profissionais ou por meio de uma formação.

Embora o curso não seja obrigatório para atuar na área, ele pode ser um diferencial. As principais funções desse profissional incluem desenvolver ações de SEO, de mídias sociais e trabalhar no relacionamento com o cliente e parceiro no ambiente virtual. Ele também atua no e-commerce, com produção de conteúdo e desenvolvimento de ferramentas.

Normalmente, o mercado de trabalho para esse profissional inclui agências de comunicação e de publicidade, ou até mesmo no setor de marketing de empresas de diferentes áreas. Mas ele também pode atuar como autônomo, com o desenvolvimento de produtos digitais ou como prestador de serviços.

De acordo com o estudo Digital Marketing Readiness, feito pela empresa de consultoria empresarial McKinsey & Company, o Brasil é o país com maior percentual de investimentos em marketing digital na América Latina. Isso reflete na demanda por profissionais dessa área, que deve ser ainda maior nos próximos anos.

O que estudar para exercer essa profissão?

A graduação em Marketing Digital é oferecida no grau tecnológico. Esse tipo de graduação, além de ser mais rápida que o bacharelado, possui um enfoque maior em aspectos práticos para um rápido ingresso no mercado de trabalho.

Com duração média de dois anos, a formação aborda conteúdos como analytics, SEO, mídias sociais, comunicação digital e marketing de conteúdo. Veja a seguir quais são as principais matérias da grade curricular do curso:

  • Fundamentos da Administração
  • Comunicação
  • Fundamentos do Marketing
  • Diagnóstico organizacional
  • Mídias sociais
  • Gestão de e-commerce
  • Web analytics
  • Métodos de pesquisa
  • Experiência do usuário

Algumas instituições podem solicitar o desenvolvimento do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) no final do curso.

O curso é oferecido nas modalidades presencial, semipresencial e ensino a distância (EaD). No ensino presencial, todas as aulas, atividades e provas acontecem em sala de aula, na instituição de ensino. No semipresencial, até 20% da grade horária pode ser feita on-line e, o restante, presencial. Por fim, no ensino a distância, até 100% do curso pode ser realizado on-line, por plataformas online onde os professores dão aulas ao vivo e gravadas, publicam materiais de estudo e atividades.

Outra possibilidade de formação para quem deseja trabalhar com marketing digital é o curso de Marketing. Um levantamento feito pela Catho sobre o profissional de marketing digital revelou que 30% dos trabalhadores possuem formação na graduação de Marketing. Porém, diferente do tecnológico em Marketing Digital, que possui ênfase em estratégias para o ambiente virtual, o curso é mais generalista. Nesse caso, recomenda-se fazer um curso livre que possa complementar os conhecimentos na área digital.

Independente da formação, porém, o profissional de marketing digital deve se manter constantemente atualizado. Como sua área de atuação é a tecnologia, que apresenta rápidas transformações e inovações, é fundamental estar atento às tendências de mercado por meio de cursos, workshops, palestras e eventos na área.

Onde estudar?

De acordo com dados da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), um profissional de nível superior possui um salário médio 140% maior do que aqueles que não possuem. Sem contar que um diploma também pode ser um diferencial na disputa por uma vaga ou até mesmo na tentativa de efetivação.

Porém, para que esse documento seja válido em todo o país, é necessário que o curso de graduação escolhido seja autorizado e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Isto é, por meio de uma avaliação o órgão garante que a graduação possua a infraestrutura necessária e atenda aos padrões de qualidade determinados. Por isso, é muito importante se informar sobre o curso antes de efetuar a matrícula.

A seguir, é possível encontrar algumas opções de instituições de ensino que oferecem diversos cursos de graduação nas modalidades presencial, semipresencial e a distância, todas de acordo com as diretrizes do MEC:

Tirou suas dúvidas sobre marketing digital? Responda nos comentários abaixo! 😉

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin