Gestão Hospitalar: conheça o curso e o mercado de trabalho

Saiba como é o curso de gestão hospitalar, as melhores faculdades e o mercado de trabalho para esse profissional

A Gestão Hospitalar, ou Administração Hospitalar, envolve o gerenciamento de sistemas da saúde: seus processos, pessoas, materiais e equipamentos. A função pode incluir também a logística dos estabelecimentos de assistência médica, contemplando o planejamento e controle de compras e custos, a supervisão de contratos e convênios, o diagnóstico e solução de problemas técnico-administrativos e o desenvolvimento, inovação e aplicação de processos nessas unidades.

O gestor da saúde pode trabalhar em instituições de saúde públicas e privadas, bem como empreender e gerenciar seu próprio negócio na área.

Hospitais, clínicas, centros de saúde, ambulatórios, laboratórios e consultórios são alguns dos estabelecimentos onde o gestor hospitalar pode atuar. 

Gestão Hospitalar é um curso superior?

No Brasil, o curso de Gestão Hospitalar é, sim, de nível superior, na modalidade de graduação tecnológica. Também é possível se formar na área em cursos de nível médio (técnico), ou de pós-graduação lato sensu (especialização). Cada categoria reúne algumas possibilidades de formação, listadas abaixo:

Técnico em Gerência da Saúde: Segundo o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos, elaborado pelo MEC (Ministério da Educação), o curso de Gerência da Saúde pode também receber as seguintes denominações: Administração de Serviços de Saúde, Administração Hospitalar, Gestão da Saúde Pública, Gestão de Serviços de Saúde ou Serviços Administrativos de Saúde. O curso tem duração mínima de 1.200 horas e confere certificado de conclusão de curso técnico de nível médio.

Tecnológico em Gestão Hospitalar: são centenas de cursos de graduação tecnológica em Gestão Hospitalar autorizados pelo MEC, englobando tanto a modalidade presencial quanto o EAD (ensino a distância), como o da Anhanguera.

Especialização em Gestão Hospitalar: segundo o MEC, há 35 cursos de pós-graduação em Gestão Hospitalar autorizados pela instituição, sendo um deles na modalidade a distância. Entre os temas dessas especializações, podemos citar:

  • Gestão Hospitalar
  • Gestão Hospitalar e de Vendas
  • Gestão Hospitalar e Marketing em Agronegócios
  • Gestão Hospitalar Empreendedora
  • MBA em Gestão Hospitalar
  • MBA em Gestão Hospitalar de Serviços
  • MBA em Gestão Hospitalar e Marketing
  • MBA em Gestão Hospitalar: Varejo e Serviços

O que se estuda no curso de Gestão Hospitalar?

O curso de tecnólogo em Gestão Hospitalar tem duração de dois a três anos, e a sequência de temas estudados em cada módulo varia entre as instituições.

Algumas das disciplinas que o aluno pode encontrar no curso de tecnólogo em Gestão Hospitalar são:

  • Administração de Materiais e Logística
  • Administração Hospitalar
  • Auditoria Hospitalar
  • Biossegurança
  • Comportamento Organizacional em Instituições de Saúde
  • Comunicação e Atendimento ao Cliente
  • Contabilidade Geral e Custos
  • Desenvolvimento Pessoal e Profissional
  • Direito e Legislação
  • Direito Hospitalar
  • Ética em Saúde

Como é a profissão de gestor hospitalar?

O gestor hospitalar é o profissional que coordena o funcionamento das organizações de saúde, sejam elas públicas ou privadas. Por isso, sua rotina de trabalho exige muita responsabilidade, organização e comprometimento.

Quem deseja seguir essa carreira precisa ter pensamento estratégico, ser capaz de identificar e solucionar problemas, exercer a tomada de decisões, introduzir e aprimorar processos, desenvolver o raciocínio crítico, lógico e analítico, atuar com criatividade, consciência e postura ética diante das situações e ter boas habilidades de negociação e comunicação.

guia da carreira - dois médicos e três médicas conversam dentro de uma sala

Algumas das funções desempenhadas na administração de empresas públicas e privadas ligadas à saúde são:

  • Supervisão de contratos e convênios.
  • Planejamento, gestão, organização e gerenciamento de processos, pessoas e recursos.
  • Organização e controle de custos, compras, logística, materiais e equipamentos.

Onde o gestor hospitalar pode atuar?

Entre outras instituições, o profissional de Gestão Hospitalar pode atuar em:

  • Hospitais públicos ou privados
  • Laboratórios clínicos
  • Clínicas e policlínicas de saúde
  • Clínicas de reabilitação
  • Clínicas de estética
  • Casas de repouso
  • Centros de hematologia/hemoterapia
  • Prontos-socorros
  • Centros de atenção psicossocial
  • Maternidades
  • Unidades Básicas de Atenção à Saúde
  • Empresas que prestam consultoria na área da saúde

Como é o mercado de trabalho para quem faz Gestão Hospitalar?

O mercado de trabalho tem uma demanda cada vez maior por profissionais altamente qualificados que possam exercer uma boa gestão em instituições públicas e privadas de saúde, desde hospitais e clínicas, até consultórios, laboratórios e maternidades. Mas vale ressaltar que, por ser uma profissão com grandes responsabilidades e compromissos, os candidatos à gestão de um hospital, por exemplo, precisam ter muita experiência.

Sendo assim, os recém-formados na área dificilmente vão sair da faculdade já assumindo um cargo de gestão, mas serão contratados para outras funções correlatas, no setor administrativo, financeiro, departamento de RH, entre outros. Para conquistar promoções nessa carreira e alcançar a efetiva administração de unidades de saúde, é preciso se especializar e angariar experiências cada vez mais!

No vídeo abaixo, Greicielly Moraes, que é formada em Gestão Hospitalar, fala um pouco sobre a realidade do mercado de trabalho e as possibilidades de especialização na área:

Segundo uma pesquisa do site Salário, de amostragem salarial, junto a dados do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web, um tecnólogo em Gestão Hospitalar ganha em média R$ 4.522,41 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 41 horas semanais, mediante uma análise de 146 salários de profissionais admitidos e desligados no período estudado. 

Os dados apresentam como teto salarial desse cargo o valor de R$ 10.142,20, sendo que R$ 4.127,55 é a média do piso salarial 2021 de acordo com negociações coletivas registradas, considerando profissionais em regime CLT no Brasil.

Já sobre a remuneração do Administrador Hospitalar, o mesmo portal fez um levantamento considerando os segmentos: microempresa, pequena empresa, média empresa e grande empresa, bem como os níveis de experiência dos profissionais. As informações finais se baseiam nos salários de 39.191 profissionais demitidos pelas empresas no período estudado. Veja os resultados abaixo: 

Porte da empresa Júnior Pleno Sênior
Micro 3.976,96 4.247,28 4.716,18
Pequenas 3.989,93 4.260,24 4.729,14
Médias 4.408,27 4.678,58 5.147,48
Grandes empresas 4.584,76 4.855,07 5.323,97


* Os salários de Administrador Hospitalar Júnior, Pleno e Sênior são referentes somente ao histórico do Administrador Hospitalar naquela empresa até ser demitido. Esses dados não levam em consideração a vida profissional completa no cargo, por isso o salário de um Administrador Hospitalar pleno pode ser maior que um sênior, por exemplo. Geralmente quando a amostragem de salários na pesquisa é maior, isso tende a se estabilizar estatisticamente. (Fonte: salario.com.br)

Onde estudar Gestão Hospitalar?

O curso de Gestão Hospitalar é oferecido nos formatos presencial e a distância (EAD), principalmente em instituições privadas. Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Gestão Hospitalar:

No portal e-MEC, é possível consultar as notas de todas as faculdades e universidades que oferecem curso superior de tecnologia em Gestão Hospitalar. Algumas delas não possuem nota, o que pode significar que ainda não foram avaliadas pelo MEC.

Veja também: Técnico ou tecnólogo: qual a melhor opção?

Tem interesse no curso de Gestão Hospitalar? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin