dcsimg

Veja como conseguir uma bolsa de estudos para um curso EAD

Quer fazer uma faculdade a distância mas a grana anda curta? A solução pode ser uma bolsa de estudos. Confira tudo aqui!

Além do conforto de estudar em casa e da flexibilidade de horários, outra grande vantagem dos cursos de a distância (EAD) é a economia com as mensalidades, que costumam ser mais acessíveis do que as dos cursos presenciais.

Mesmo assim, às vezes fica difícil pagar. A solução nesses casos podem ser as bolsas de estudo. Elas funcionam como descontos nas mensalidades e, dependendo da bolsa, você estuda totalmente de graça!

Hoje em dia há boas oportunidades para fazer um curso EAD sem comprometer o orçamento. Existem bolsas públicas federais, estaduais e municipais, bolsas privadas oferecidas pelas próprias universidades e até mesmo sites especializados na oferta de bolsas de estudo.

Você vai conhecer tudo isso agora!

O que tenho que fazer para conseguir bolsa para um curso EAD?

Existem muitas oportunidades de bolsa atualmente, cada uma delas com regras específicas.

A maioria se enquadra em um desses dois casos: bolsas para estudantes que se destacam nas notas (do vestibular ou do Enem, por exemplo) e bolsas para alunos de baixa renda.

Há ainda os casos de bolsa por convênio com empresas, bolsa para terceira idade, para funcionários públicos, entre outras modalidades.

Por isso, o melhor mesmo é dar uma olhada caso a caso. É o que vamos fazer agora.

Programa Universidade para Todos (ProUni)

Algumas pessoas não sabem, mas o ProUni abrange também as faculdades a distância. O ProUni, aliás, é o maior programa de bolsas de estudo do Brasil atualmente.

Essa iniciativa do governo federal distribui bolsas de 50% e de 100% em faculdades de todo o país. As de 50% são para estudantes com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa. As de 100% são destinadas a quem tem renda bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa.

Os candidatos que se encaixam nessas faixas de renda são classificados de acordo com as notas no último Enem. Por isso, quanto melhor você tiver ido no Exame, mais chances terá de conquistar uma bolsa do ProUni.

Para se inscrever é preciso ter obtido pelo menos de 450 pontos na média geral das provas e nota acima de zero na redação do Enem mais recente. Além disso, é preciso se enquadrar nos critérios de renda e formação solicitados pelo programa.

O ProUni abre inscrição duas vezes ao ano. Elas são gratuitas e devem ser feitas no site oficial, onde o candidato também encontra todas as informações detalhadas e o passo a passo para se inscrever.

Bolsas estaduais e municipais

Além do ProUni, fique ligado nas oportunidades que os governos estaduais e municipais costumam oferecer. Algumas delas podem ser restritas a graduações presenciais, mas é comum encontrar algumas para cursos EAD.

Sua pesquisa vai depender do estado e da cidade em que você mora. Entre nos sites dos governos e prefeituras e dê uma boa olhada em tudo. Normalmente, essas informações estão na parte da Secretaria de Educação.

Bolsas oferecidas pelas faculdades

A oferta de bolsas privadas é hoje muito ampla. Nos sites de quase todas as faculdades particulares EAD, você entra e vê lá um link para bolsas de estudo.

Vamos dar alguns exemplos dos benefícios que você pode encontrar.

Começamos pelas faculdades que fazem parte do Grupo Cruzeiro do Sul Educacional, uma das maiores estruturas universitárias do país.

Dele fazem parte instituições como a Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL),  a Universidade Cidade de São Paulo (UNICID), a Universidade de Franca (UNIFRAN) e o Centro Universitário do Distrito Federal (UDF).

Todas elas trabalham com os mesmos programas de bolsas de estudo, válidos para os cursos presenciais e a distância. Veja algumas opções:

  • Conexão Melhor Idade: para conseguir, o candidato tem que ter mais de 60 anos. As bolsas variam de 30% a 60%.
  • Convênio Universitário: você consegue bolsa se trabalhar em alguma das várias empresas parceiras da Cruzeiro do Sul Educacional. A lista de empresas conveniadas é longa e pode ser consultada no site das faculdades do grupo. O benefício se estende também aos familiares dos colaboradores.
  • Desconto de Pontualidade: você consegue desconto se pagar as mensalidades em dia.

O Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) também oferece benefícios por meio de convênios, que você pode conseguir caso seja militar (Bolsa Convênio Militares) ou funcionário público (Bolsa Convênio Servidores). É possível ainda obter desconto na mensalidade se você trabalha em alguma empresa parceira da Anhanguera.

Outro exemplo é a Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) de Minas Gerais, que também costuma trabalhar com alguns interessantes programas de bolsas.

De todo modo, como esses programas variam e as regras podem sofrer alterações, é importante ir ao site das faculdades ou entrar em contato direto com cada instituição para verificar as bolsas vigentes na época em que você for estudar.

Ah, e uma notícia importante: todas essas faculdades que acabamos de citar também trabalham com o ProUni!

Sites especializados em bolsas de estudo

Na internet, existem sites dedicados à oferta de bolsas de estudo. A consulta costuma ser muito simples, e você tem a opção de filtrar a busca somente para os cursos EAD.

Esses sites trabalham com as vagas remanescentes, que são aquelas que ficaram disponíveis depois dos processos seletivos das faculdades. O número de ofertas geralmente é alto, e não é tão difícil encontrar uma que se encaixe nas suas expectativas.

Faculdades que oferecem bolsas de estudos para cursos EAD

Selecionamos aqui algumas faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que oferecem diversas opções de bolsas de estudos para cursos a distância. Confira:

Veja também:

7 dicas rápidas para ganhar bolsa de estudos para graduação

Você se encaixa em alguma dessas bolsas? Está pensando em tentar o ProUni ou outro tipo de benefício? Deixe seus comentários aqui para a gente!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin