dcsimg

Descubra como entrar na faculdade particular

Apresentamos abaixo diferentes formas de entrar em uma faculdade particular. Aproveite e conheça boas universidades que oferecem diversas opções de ingresso!

Os vestibulares tradicionais foram, por muito tempo, a única forma de entrar na faculdade. Hoje, as universidades brasileiras (principalmente as particulares) oferecem vários formatos de seleção e ingresso. 

É forte a imagem do vestibulando estressado, acordando cedo para enfrentar uma prova extensa de quatro ou cinco horas. Claro que essa ainda é a realidade para quem disputa uma vaga em algumas instituições públicas concorridas, como a USP (Universidade de São Paulo) e a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). 

O estresse também pode fazer parte das provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), mas saiba que não é obrigatório ter feito o Exame para entrar em uma boa faculdade particular. Muitas instituições, inclusive, trabalham com diversas formas de ingresso e têm iniciativas próprias de bolsas e descontos. 

Antes de detalharmos as diferentes maneiras de conseguir uma vaga no ensino superior privado, vale lembrar que fazer uma faculdade pode ser um fator decisivo para seu sucesso profissional. De acordo com o IBGE, uma pessoa com diploma universitário no Brasil ganha, em média, 2,5 vezes mais do que alguém que tem apenas o ensino médio.

A seguir, saiba mais sobre as diferentes formas de entrar em uma faculdade particular.

Por meio de vestibular próprio

Esta ainda é a forma de ingresso mais conhecida, oferecida pela maior parte das universidades brasileiras. Trata-se de uma prova com conteúdo, formato e tempo de duração definidos pela faculdade. Portanto, pode variar bastante de uma instituição para outra. 

O formato do exame também pode ser diferente para cada curso. Algumas provas podem ser mais curtas e se concentrar em habilidades de redação, enquanto outras (para o curso de Medicina, por exemplo) são mais extensas e cobram conhecimentos de exatas e biológicas.

Vestibular agendado

Enquanto o vestibular tradicional tem data definida pela universidade, no exame agendado é o candidato que escolhe o melhor dia para fazer a prova. Uma das instituições que oferecem essa opção é a Cruzeiro do Sul, que permite ao estudante escolher também o horário e o local do exame.

Usando a nota do Enem

Outra maneira de ingressar em uma faculdade particular é usando sua nota no Enem. O desempenho no exame pode ser aproveitado de duas maneiras:

  • Por meio do ProUni (Programa Universidade para Todos)
  • Para ingresso direto na universidade

A seguir, detalhamos essas duas possibilidades.

ProUni

O ProUni é uma iniciativa do governo federal que concede bolsas de estudo parciais e integrais a alunos de baixa renda. A nota do Enem é usada para selecionar e classificar os candidatos a bolsas em instituições particulares. Veja os requisitos que os candidatos a bolsas pelo ProUni precisam cumprir:

  • Ter cursado o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada.
  • Ter obtido pelo menos 450 pontos no Enem, sem zerar a redação.
  • Ter renda renda familiar, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo (para concorrer às bolsas de 100%) ou de até 3,5 salários mínimos (para concorrer às bolsas de 50%).
  • Ainda não ter um diploma de ensino superior.

Só participam do ProUni universidades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC (Ministério da Educação). Como é o caso, por exemplo, da Anhanguera.

Ingresso direto com Enem

Mesmo quem não atende aos critérios do ProUni ou não conseguiu uma bolsa por meio do programa pode usar a nota do Enem para entrar em uma faculdade particular de forma direta, sem fazer o vestibular.

Neste caso, basta apresentar a nota e, se ela atingir o mínimo necessário definido pela instituição, efetuar a matrícula para começar a estudar. Candidatos com bom desempenho no Enem podem até receber bolsas ou descontos nas mensalidades. 

Outras formas de ingresso

Dependendo da universidade particular, é possível contar ainda com outras maneiras especiais de ingresso:

  • Via transferência: quando o aluno já faz faculdade em uma determinada instituição e pretende mudar para outra.
  • Via reingresso: quando o estudante já fez parte do curso superior e deseja retomá-lo na mesma universidade.
  • Para fazer uma segunda graduação: neste caso, geralmente, o aluno tem condições especiais (como ingresso direto e descontos) e pode eliminar matérias.

Escolhendo uma boa faculdade

Agora que você já sabe que existem várias opções para entrar na faculdade e conseguir um diploma de ensino superior, que tal conhecer algumas instituições reconhecidas pelo MEC que oferecem várias opções de ingresso? Veja a lista que preparamos:

Escolher uma faculdade reconhecida pelo Ministério da Educação garante que o seu diploma seja aceito no mercado de trabalho, em concursos públicos e em programas de pós-graduação.

Consulte as instituições e pergunte também sobre suas opções de bolsas e descontos. A Cruzeiro do Sul, por exemplo, oferece bolsas para quem tiver bom desempenho no Enem ou no vestibular da instituição. 

Leia mais:

Descubra quais são as melhores universidades EAD

Saiba como ir bem na redação do Enem

Você já decidiu em qual faculdade vai estudar? Que curso você deseja fazer? Conte para a gente nos comentários.

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin