Estações do Ano: veja como o assunto pode ser cobrado nos vestibulares

Primavera, verão, outono e inverno. As quatro estações dividem o ano em períodos de cerca de três meses, conforme suas características climáticas. Esses intervalos são definidos pela quantidade de luz solar que a Terra recebe, considerando o movimento de translação, de rotação e a inclinação de 23,4º do nosso planeta. 

Encontre bolsas de estudo de até 80%

No calendário gregoriano, instituído pelo Papa Gregório XIII no dia 24 de fevereiro de 1582, os anos são definidos observando o tempo que a Terra leva para dar uma volta completa em torno do sol, realizando assim o movimento de translação; as estações tem seu início delimitado por quatro datas: dois equinócios e dois solstícios. 

estações do anoEquinócios são os dias em que o período noturno e diurno tem a mesma duração. Nesses dois dias durante o ano, o planeta está em uma posição que faz com que a luz solar incida perpendicularmente sobre na linha do Equador, expondo os hemisférios sul e norte a mesma quantidade de luz. Eles marcam o início da primavera e o outono. 

Já nos dois solstícios, a quantidade de luz que cada hemisfério recebe é desigual. No solstício de verão, o dia é mais longo que a noite. No solstício de inverno, a noite é maior que o dia.  

A inclinação no eixo do globo terrestre na rotação, em relação ao sol, e o movimento de translação também são responsáveis pelo fato de que, em algumas partes do globo, as estações são mais definidas e perceptíveis que em outras. Nas porções de terra localizadas nas zonas temperadas, entre os pólos e os trópicos de Câncer e de Capricórnio, as mudanças das quatro estações são mais definidas. Na zona tropical, outono e primavera são menos perceptíveis, enquanto o verão e o inverno são estações definidas.  

No Círculo Polar Ártico e no Círculo Polar Antártico, as regiões mais distantes da linha do equador, a iluminação é total durante o verão, diariamente, e escura durante vários dias do inverno. Essa característica faz com que o fenômeno das “Noites Brancas” ocorra. 

A posição e a movimentação da Terra também faz com que as estações aconteçam em períodos opostos nos hemisférios sul e norte. Por exemplo, nas porções acima da linha do equador o inverno acontece entre dezembro e março, no sul, a estação mais fria acontece entre junho e setembro. 

Leia mais: Os 10 temas de Geografia que você precisa entender

Quando acontecem e quais são as características das estações do ano?

É importante destacar que a data de início das estações varia a cada ano. Isso acontece porque o movimento de translação não dura exatos 365 dias, assim, o intervalo entre o dia em que determinada estação começa em um ano e no seguinte, é diferente. Cada ano tem cerca de 365 dias e 6 horas, fazendo com que os equinócios e solstícios variem ao longo de um período de 18 horas. Portanto, usaremos as datas base comumente acordadas. 

O período compreendido entre o dia 20 de março e 21 de junho é o outono. Nessa estação, os dias estão mais curtos e frescos, várias espécies frutíferas apresentam frutas maduras e as folhas começam a cair. No Brasil, o outono é a estação da colheita. Com a aproximação do inverno, a temperatura e a umidade do ar diminuem, tornando o período mais ameno e seco. Além dessas características, no hemisfério norte, a vegetação troca suas folhas, cobrindo o solo, sendo esta a imagem mais característica desta estação. 

Estação mais fria do ano, o inverno acontece entre o dia 21 de junho e 21 de setembro. Nesse intervalo, alguns animais entram em processo de hibernação, se recolhendo durante o frio. Os dias são curtos e a noite é mais longa. No sul e sudeste do Brasil são registradas geadas e em alguns pontos, neve. A chuva também é frequente. 

Após o inverno, chega a primavera. A estação das flores é compreendida entre os dias 22 de setembro e 21 de dezembro. Na primavera os dias voltam a ser longos e as temperaturas sobem, tornando-se agradáveis. Insetos tem néctar farto e diversas espécies de animais se reproduzem.

Entre os dias 21 de dezembro e 20 de março, estamos no verão, a estação mais quente do ano. Dias longos e com grande incidência de luz solar. A vegetação está verde e a precipitação aumenta, reflexo da vaporização das águas. No Brasil, o verão é a estação das férias escolares. Praias e piscinas ficam lotadas. 

No hemisfério norte, o inverno vai do dia 22 de dezembro a 20 de março; a primavera de 20 de março a 21 de junho; o verão de 21 de junho a 23 de setembro e o outono de 22 de setembro a 22 de dezembro.

História e a origem do nome das estações

Antes do século XVII, o ano era dividido em tempo bom, quando as árvores florescem e mau tempo, a época mais fria. Após a constatação da existência das quatro estações, nomes foram criados visando registrar as mudanças climáticas.

O nome das quatro estações, como conhecemos hoje, são derivados do latim. Primavera vem de primo vere, que quer dizer o princípio da boa estação, o primeiro verão. Verão vem de vernum, o tempo primaveril. Já o outono tem sua origem em tempus autumnus, é o mesmo que tempo de ocaso, aquele em que o sol se põe no horizonte; e inverno tem sua origem em tempus hibernus, o tempo de hibernar, quando o metabolismo fica mais lento e as reservas alimentares entram em ação.

Como as estações influenciam nossas vidas?

No cotidiano, na reprodução, nas superstições, no metabolismo e nas migrações. Todas essas áreas da vida humana são afetadas pelas estações do ano. 

Na medicina chinesa, o outono é associado aos rins e à água, sugerindo-se o aumento do consumo do líquido. No inverno, a associação é com o pulmão. O próprio número quatro, que corresponde ao número de estações e fases da lua, representa o ciclo perfeito. Essas são algumas crenças ligadas às estações do ano. 

No inverno, o metabolismo de diversos animais fica mais lento, aumentando as horas de sono e ajudando esses seres a suportar o frio. Algumas categorias de insetos e lagartas congelam parte de seus corpos para suportar o frio sem sofrer choque térmico. Na primavera, os animais se preparam para o acasalamento. 

Estudos comprovam que o corpo humano tem variação em seu gasto energético conforme a estação do ano. No verão, a queima de calorias é menor, no inverno, significativamente maior. Esse é o motivo pelo qual alguns nutricionistas sugerem uma alteração na dieta conforme a estação, potencializando resultados. 

No pantanal, durante o verão, migrações sazonais acontecem, provocadas pela cheia do Rio Paraguai. A piracema, quando os peixes nadam rio acima, também acontece no verão, quando a água está mais quente e temos maior registro de chuvas. No inverno, aves migram para passar seu período de hibernação. 

As estações do ano também alteram, em alguns locais, o turismo e as horas. Lembra do horário de verão? Pois é, ele é uma medida adotada em alguns países como Brasil, México e Canadá, como medida para otimizar o uso da luz solar e poupar energia elétrica.

Veja também: Dinâmica Climática

Como as estações do ano são cobradas nos vestibulares?

As estações do ano são um assunto estudado pela Geografia, sendo no Enem, um componente da prova de Ciências Humanas e suas tecnologias. Problemas ambientais, fenômenos climáticos e formação de características físicas podem ser assuntos que utilizem de conhecimentos ligados às estações do ano como fundamentação. 

Aqui vai uma lista de alguns exercícios de vestibulares e do Enem com essas características. 

Exercícios

(UECE) Já é primavera no hemisfério sul! E você deve ter sentido a sutil presença da floração dos ipês nas ruas e praças de Fortaleza. A estação de transição entre o inverno e o verão começou oficialmente na segunda-feira, 23 de setembro, e vai até o dia 22 de dezembro. A chegada da primavera se deve a um fenômeno denominado de

A) solstício, evento que resulta da mesma intensidade dos raios solares em ambos os hemisférios, ocasionando dias e noites com a mesma duração.

B) equinócio, quando os raios solares incidem sobre a linha do equador, iluminando com a mesma intensidade ambos os hemisférios.

C) solstício, quando a incidência solar é maior em um dos hemisférios, e os dias são mais longos do que as noites.

D) equinócio, evento que dá início à primavera em setembro tanto no hemisfério norte quanto no hemisfério sul.

RESOLUÇÃO: Letra B – Equinócio, quando os raios solares incidem sobre a linha do equador, iluminando com a mesma intensidade ambos os hemisférios.

(UTFPR) Durante a translação da Terra e em função da sua obliquidade e esfericidade, o ângulo de incidência dos raios solares se modifica durante o ano. Assinale a única alternativa correta sobre os fenômenos observados quando ocorrem os equinócios durante o ano.

A) A incidência do Sol é vertical sobre o Equador e mais oblíqua perto dos polos.

B) A incidência do Sol é perpendicular ao trópico de Câncer e oblíqua no Equador.

C) A incidência do Sol é perpendicular ao trópico de Capricórnio e oblíqua na latitude 23ºS.

D) A duração do dia é maior que a duração da noite no Hemisfério Sul.

E) A duração do dia é menor que a duração da noite no Hemisfério Sul.

RESOLUÇÃO: Letra A – A duração do dia e da noite permanece a mesma no equinócio, o qual é marcado pela incidência de raios solares vertical ou perpendicularmente à Linha do Equador e mais oblíqua perto dos polos.

(UFMG) Todas as alternativas apresentam mecanismos responsáveis pelas mudanças das estações ao longo do ano, EXCETO:

A) A inclinação do eixo de rotação da Terra determina que, a cada seis meses, um hemisfério esteja mais exposto ao sol que o outro.

B) As estações são determinadas pela maior ou menor proximidade da Terra ao Sol, distância que, ao variar ao longo do ano, altera a quantidade de energia solar incidida sobre o planeta.

C) O Sol, ao atingir seu ponto de maior deslocamento ao Norte – a máxima declinação boreal – determina, no Hemisfério Sul, dias mais curtos e noites mais longas.

D) Os equinócios ocorrem, respectivamente, quando os hemisférios Norte e Sul são igualmente iluminados, marcando o início astronômico da primavera e do outono.

E) Os solstícios ocorrem, respectivamente, quando a iluminação é máxima em um hemisfério e mínima no outro, marcando o início astronômico do verão e do inverno.

RESOLUÇÃO: Letra B – As estações do ano não são determinadas pela maior ou menor proximidade da Terra em relação ao Sol, mas sim pelo eixo de inclinação da Terra em relação ao Sol.

Encontre bolsas de estudo de até 80% iniciar a sua graduação

Pensando em entrar na faculdade? Confira algumas opções para começar seu curso com bolsas de estudo:

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin