dcsimg

Saiba se é possível fazer duas faculdades ao mesmo tempo

Muita gente sonha com essa possibilidade para ter mais chances no mercado. Mas será que é uma boa cursar duas graduações juntas?

Fazer duas faculdades ao mesmo pode abrir inúmeras portas em diferentes mercados de trabalho – e muita gente quer ter essa oportunidade nas mãos quando terminar o curso superior.

Mas será que um esforço tão grande vale a pena?

A gente foi pesquisar se dá para fazer duas faculdades ao mesmo tempo, quais são os prós e os contras dessa prática e o que dá e o que não dá para fazer em alguns casos.

As respostas que você procura estão todas nos tópicos abaixo. Confira!

É possível fazer duas faculdades ao mesmo tempo?

Desde que você disponha dos recursos e de tempo, é possível, sim, fazer duas faculdades ao mesmo tempo. Dá até para misturar formatos: um curso no presencial, outro no EAD, por exemplo.

Só que a coisa não é assim tão simples quanto parece. Há algumas sérias restrições nas universidades públicas e requisitos específicos para quem pensa em tentar vaga pelos programas do governo federal, fora todo o esforço que o estudante terá de empreender durante a formação.

Vamos entender essa história em diversas situações:

É possível fazer duas faculdades públicas ao mesmo tempo?

A Lei 12.089 de 2009 proíbe qualquer estudante de ocupar duas ou mais vagas em instituições públicas de ensino superior.

Isso quer dizer que é impossível fazer dois cursos ao mesmo tempo em qualquer universidade pública (seja ela federal, estadual ou regional) ou instituto federal de educação, ciência e tecnologia no país, mesmo que sejam graduações ou modalidades diferentes. Caso passe em dois cursos, o estudante terá de optar por apenas um.

É possível fazer uma faculdade pública e uma particular ao mesmo tempo?

Sim, é possível fazer uma faculdade pública e uma particular ao mesmo tempo, desde que a vaga nesta última não seja ocupada por meio de programas do governo federal.

Caso o estudante já esteja matriculado em uma universidade pública e participe, mais adiante, de algum processo seletivo do governo, como o ProUni, que distribui bolsas de estudos em faculdades privadas, ele terá de escolher qual vaga irá querer ocupar.

Mas se estiver matriculado numa pública e quiser fazer um segundo curso numa particular por conta própria, pagando mensalidades ou buscando bolsa de estudos por outros meios, tudo bem.

É possível fazer duas faculdades particulares ao mesmo tempo?

Aqui o terreno é livre. Mesmo que o estudante tenha algum benefício, como o ProUni ou o FIES, ele pode optar por um segundo curso de graduação em faculdade privada à vontade – desde que não utilize os programas do governo para isso.

Dá também para mesclar formatos, estudar em áreas diferentes, até em cidades diferentes (por meio do ensino a distância).

Agora vamos aos prós e contras de fazer duas faculdades ao mesmo tempo.

Pontos positivos de fazer duas faculdades ao mesmo tempo

  • É mais conhecimento – e conhecimento nunca é demais!
  • Aumenta a competitividade no mercado de trabalho.
  • Diversifica as opções de atuação.
  • Muitas vezes dá para reaproveitar disciplinas em comum, o que encurta o tempo de formação de um dos cursos.
  • Os cursos de tecnólogo oferecem formação superior de curto prazo e têm um alto impacto no mercado de trabalho. São uma opção interessante para conciliar.
  • Você pode tentar obter bolsas e usufruir de descontos oferecidos pelas próprias faculdades, para facilitar ainda mais.

Pontos negativos de fazer duas faculdades ao mesmo tempo

  • Vai ter o dobro de matérias e tarefas para dar conta.
  • Pode elevar o estresse, especialmente em período de provas.
  • Complica a vida de quem quer trabalhar e estudar ao mesmo tempo.
  • Lembre-se que você terá dois trabalhos de conclusão e estágios para fazer, dependendo do curso que escolher.
  • Os custos com mensalidades e material didático podem ficar elevados.
  • Cuidado com os cursos que exigem muita dedicação, como os de Engenharia, Odontologia e Medicina. É quase impossível conciliá-los com outra formação.
  • Você terá menos tempo para dedicar à família, aos amigos e ao lazer.

O que eu devo levar em consideração antes de fazer duas faculdades ao mesmo tempo?

  • Primeiramente, observe se os cursos que você vai fazer são compatíveis em termos de horários: os turnos devem ser diferentes e as atividades extracurriculares, como os estágios, não podem ser incompatíveis.
  • Muitas vezes, para dar conta de duas graduações, pode ser necessário aumentar o tempo dos dois cursos, para que seja possível fazer menos disciplinas por semestre.
  • Saiba que sua carga de leituras e atividades vai aumentar bastante. Você já calculou quantas horas por dia terá de dedicar aos estudos?
  • Olho vivo na localização das faculdades. Elas não devem ser muito longe uma da outra, para dar tempo de chegar no horário. Se for estudar a distância, observe a frequência de encontros presenciais e o endereço dos polos.
  • As faculdades escolhidas não precisam ser complementares. Dá para fazer duas distintas, sem problemas.
  • Não se esqueça de verificar se ambas as instituições são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) – isso é o que garante que os diplomas serão aceitos formalmente no mercado de trabalho.
  • Se você não tiver pressa, pode tentar fazer uma segunda faculdade depois que terminar a primeira. A vantagem é que muitas faculdades públicas e particulares oferecem sistema de reingresso facilitado.

Onde estudar

Abaixo, a gente tem algumas sugestões interessantes de faculdades onde você pode escolher o primeiro e o segundo curso que quer fazer.

São todas instituições reconhecidas pelo MEC que oferecem cursos em diferentes áreas do conhecimento. Elas também oferecem facilidades como bolsas, financiamento, descontos e convênios.

Conheça:

Veja também:

Faculdade em 2 anos: diploma em menos tempo

E aí, vai mesmo fazer duas faculdades ao mesmo tempo? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin