dcsimg

Saiba tudo sobre o ProUni 2018

A segunda edição do programa de bolsas já começou e a gente traz todos os detalhes para você se dar bem no ProUni 2018!

O Ministério da Educação abriu inscrições para a segunda edição do ProUni, o Programa Universidade para Todos.

A seleção, que ficará pouco tempo no ar, vai oferecer dessa vez 174.289 bolsas de estudos em 1.460 faculdades privadas.

É a sua chance de descolar uma bolsa parcial ou integral e garantir seu passaporte para o ensino superior ainda este ano.

A gente trouxe todos os detalhes sobre o ProUni 2018 para você não deixar passar a última oportunidade do ano de ganhar esse super benefício.

Vem com a gente!

Quando acontece o ProUni 2018?

A segunda edição do ProUni 2018 começa no dia 26 de junho e se estende até o dia 29 do mesmo mês.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas exclusivamente pelo site oficial do programa no período determinado.

Para isso, o candidato só tem que informar o número de inscrição do Enem 2017 e a senha (caso tenha esquecido, dá para recuperar pelo próprio sistema).

Os resultados já devem ser divulgados no dia 2 de julho.

O governo federal anunciou que nesta edição irá distribuir 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais em centenas de cursos de graduação por todo o Brasil.

As bolsas estão espalhadas por diversas áreas de conhecimento (veja a relação mais adiante).

Quem pode participar do ProUni 2018

Para participar do ProUni 2018 é necessário ter feito o Enem 2017 e obtido 450 pontos ou mais na média das provas. Os candidatos também não podem ter zerado a redação.

Mas não é só isso. O MEC exige também que os participantes atendam aos seguintes critérios:

  • Tenham feito todo o ensino médio em escola pública, ou em escola particular com bolsa integral.
  • Não tenham diploma de nível superior.

Para concorrer a uma bolsa integral, que cobre o valor total do curso, é necessário que o candidato apresente renda familiar mensal bruta de até 1,5 salário mínimo per capita.

Para a parcial, que banca metade do valor da mensalidade, o MEC permite ter renda familiar bruta mensal até três salários mínimos por pessoa.

Professores da rede pública de ensino e alunos com deficiência podem participar, independentemente de renda.

Como é a seleção do ProUni 2018

Ao se inscrever no ProUni 2018, o candidato pode escolher duas opções de curso em qualquer uma das mais de 1.400 instituições participantes.

Dependendo do perfil do inscrito, é possível disputar bolsa por meio da ampla concorrência (geral) ou pelas cotas (destinadas a estudantes com deficiência e aos autodeclarados pardos, negros ou indígenas).

É possível escolher entre cursos presenciais e a distância.

Durante a disputa, o candidato precisa ficar atento às notas de corte de cada um dos cursos escolhidos, que podem mudar ao longo do dia.

Para não correr o risco de perder a bolsa, é preciso ficar ligado no site ou no aplicativo do ProUni o tempo todo. Se a nota de corte subir e ficar maior do que o seu desempenho no Enem, dá para mudar de opção quantas vezes for necessário, até o último minuto do processo seletivo – que vai até as 23h59 do dia 29 de junho!

O sistema sempre levará em conta a última opção confirmada.

O candidato que for contemplado com uma bolsa parcial (de 50%) pode financiar o restante das mensalidades com o FIES – o Fundo de Financiamento Estudantil, que deve abrir inscrições logo após o encerramento do ProUni.

Todas as datas do ProUni 2018

Anote aí as datas mais importantes para não perder nenhum detalhe do ProUni:

  • Inscrições: 26 a 29 de junho
  • Resultado da 1ª chamada: 2 de julho
  • Comprovação das informações (chamada 1): 2 a 10 de julho
  • Resultado da 2ª chamada: 16 de julho
  • Comprovação das informações (chamada 2): 16 a 23 de julho
  • Prazo para se inscrever na lista de espera: 30 a 31 de julho
  • Comprovação das informações (lista de espera): 3 a 6 de agosto

Repare que depois que os resultados forem divulgados, os candidatos não aprovados em primeira chamada terão uma nova chance com a segunda chamada.

Se ainda assim o seu nome não aparecer entre os contemplados, haverá uma terceira chance com a lista de espera. Fique bem ligado nesse processo para não deixar sua chance escapar. A lista de espera exige uma nova inscrição (bem mais simples que a primeira).

A comprovação das informações prestadas no ato de inscrição do ProUni (renda, escolaridade, etc.) precisa ser feita na faculdade onde o candidato aprovado ganhou a bolsa. Ele precisa respeitar o período determinado pelo MEC, sob risco de perder o benefício.

Cursos disponíveis no ProUni 2018

Tem bastante curso nesta segunda edição do ProUni 2018. A gente encontrou alguns dos mais legais e trouxe para você a seguir. Confira:

  • Administração
  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas
  • Arquitetura e Urbanismo
  • Artes Visuais
  • Banco de Dados
  • Biomedicina
  • Ciências Contábeis
  • Ciências Econômicas
  • Comércio Exterior
  • Design de Interiores
  • Design Gráfico
  • Direito
  • Educação Física
  • Enfermagem
  • Engenharia Ambiental
  • Engenharia Civil
  • Engenharia de Computação
  • Engenharia de Produção
  • Engenharia Elétrica
  • Engenharia Mecânica
  • Estética e Cosmética
  • Farmácia
  • Física
  • Fisioterapia
  • Gastronomia
  • Gestão Comercial
  • Gestão da Qualidade
  • Gestão de Recursos Humanos
  • Gestão Hospitalar
  • Gestão Pública
  • História
  • Jornalismo
  • Letras
  • Logística
  • Marketing
  • Medicina
  • Nutrição
  • Odontologia
  • Pedagogia
  • Psicologia
  • Publicidade e Propaganda
  • Radiologia
  • Relações Públicas
  • Serviço Social

As notas necessárias para descolar bolsa no ProUni variam de curso para curso. Em alguns de licenciatura (Geografia, História, Matemática), de tecnólogo (Gestão da Qualidade, Gestão da Qualidade) ou em graduações a distância dá para passar com notas pouco acima do mínimo exigido (que é de 450 na média das provas).

Em graduações mais concorridas, como Medicina e Engenharia Civil, a nota de corte pode superar os 700 pontos.

Faculdades presentes no ProUni 2018

Uma das grandes vantagens do ProUni – além de uma bolsa de estudos, claro – é saber que vai estudar em uma faculdade particular de qualidade.

É que, por lei, o programa só distribui bolsas em instituições e cursos reconhecidos e bem avaliados pelo Ministério da Educação.

A gente separou algumas faculdades que estarão presentes na seleção do ProUni 2018 para você conhecer:

Veja também:

Saiba quais os documentos necessários para o ProUni

Vai participar do ProUni 2018? Conte para a gente em qual curso você vai tentar bolsa!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin