dcsimg

Saiba como fazer a renegociação do Fies

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), mais de 500 mil brasileiros que recorreram ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) estão com prestações atrasadas na chamada fase de amortização, que é quando a pessoa precisa pagar o saldo financiado.

Quem está nessa situação pode recorrer à renegociação do FIES para conseguir quitar a dívida e se livrar dessa dor de cabeça. Quer saber como renegociar seu contrato? Acompanhe nosso artigo!

Como fazer a renegociação do FIES

O MEC costuma abrir um período para a renegociação do FIES a cada ano, geralmente entre os meses de abril e julho. Então, antes de qualquer coisa, é preciso ficar atento ao prazo para fazer a renegociação, que costuma ser divulgado no site do MEC.

Para renegociar o financiamento, o contratante (você) precisa ir até a instituição bancária onde o contrato do FIES foi assinado e dar uma entrada cujo valor varia entre 10% da dívida vencida e R$ 1.000.

O restante do saldo devedor será parcelado, e o valor da prestação não poderá ser inferior a R$ 200. Com a renegociação, o contratante do FIES fica com a situação regularizada e não precisa temer nenhuma medida de cobrança judicial contra si e seus fiadores.

Novas regras para renegociação do FIES

As novas regras para renegociação do FIES, que permitem parcelar o saldo devedor, entraram em vigor a partir de 2019. Até então, era necessário quitar a dívida à vista, algo inviável para a maioria dos contratantes inadimplentes.

Alternativas ao FIES

Existem alternativas para estudar em uma faculdade privada pagando pouco ou até mesmo de graça, sem recorrer ao FIES — são os programas de bolsas de estudo, descontos e crédito educativo mantidos pelas próprias instituições!

Bolsas de estudos

Há diferentes tipos de bolsas de estudo concedidas pelas faculdades privadas diretamente a seus estudantes.

A pontuação obtida em qualquer edição do Enem a partir de 2010, por exemplo, serve para conseguir bolsas de até 100% em instituições como a Cruzeiro do Sul Educacional, e o candidato ainda fica dispensado de fazer a prova do vestibular.

Outra forma de conseguir bolsa é fazer o vestibular interno das faculdades privadas. Neste caso, o benefício costuma ser concedido aos estudantes que obtêm as melhores notas na prova.

Descontos

Com um bom desconto, o valor da mensalidade pode ficar bem reduzido, eliminando a necessidade de recorrer a um financiamento. Mas como conseguir desconto nas faculdades particulares?

Uma das opções é pagar a mensalidade pontualmente, até determinado dia de cada mês, pois boa parte das instituições oferece o chamado “desconto pontualidade”.

Há também os descontos ligados a convênios com empresas e associações, que geralmente se estendem aos filhos e cônjuges de funcionários e associados.

Financiamento estudantil privado

O sistema de crédito estudantil próprio das faculdades permite financiar as mensalidades a juros baixos para começar a pagar o montante financiado só depois de formado, mas sem a burocracia do FIES e com a possibilidade de financiar também cursos a distância.

Como conseguir bolsas, descontos e crédito educativo das faculdades?

Para ter acesso a bolsas de estudo, descontos e crédito estudantil, basta entrar em contato com uma faculdade que ofereça tais benefícios e tenha o curso de seu interesse, presencial ou EAD.

Porém, você precisa ter certeza de que a faculdade é bem avaliada pelo Ministério da Educação (MEC) e que oferece somente cursos reconhecidos. Na lista a seguir, indicamos algumas boas instituições onde você pode estudar com qualidade e pagando menos:

Veja também:

Conheça as faculdades que duram 2 anos e veja como fazer

Conheça 7 cursos que dão muito dinheiro

Depois de entender como fazer a renegociação do FIES e conhecer alternativas ao financiamento do governo, conte para a gente nos comentários: qual faculdade você quer fazer?

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin