dcsimg

Entenda o que é o Sisu transferência

Você já ouviu falar em Sisu Transferência? Então acompanhe o post que criamos especialmente sobre o assunto!

O Sisu Transferência é um programa criado pelo Ministério da Educação para selecionar estudantes interessados em ocupar as vagas remanescentes nas faculdades e universidades públicas. O projeto foi anunciado no dia 20 de setembro de 2018 e recebeu esse nome porque é baseado no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que acontece duas vezes ao ano.

O programa é uma boa oportunidade para quem não conseguiu ingressar na faculdade ou no curso que desejava durante o processo seletivo do Sisu. Por meio do Sisu Transferência, esses candidatos têm uma nova oportunidade de fazer o curso de seus sonhos, sem a necessidade de fazer a prova do Enem novamente e esperar a próxima edição do Sisu.

Quer saber mais sobre o programa Sisu Transferência? Então continue a leitura deste post!

Por que o Ministério da Educação criou o Sisu Transferência?

Segundo dados do Censo de Educação Superior de 2017, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o número de vagas remanescentes nas faculdades federais até 2017 foi de 164 mil, somente em faculdades públicas. Um número relativamente alto e que vem aumentando a cada ano.

A não ocupação dessas vagas gera um gasto enorme de dinheiro público e, por isso, o Ministério da Educação resolveu criar o programa. Além do mais, há muitos estudantes que sonham em ingressar na educação superior e, principalmente, desejam entrar em uma faculdade pública.

Segundo o Inep, há dois motivos que levam a ter um grande número de vagas remanescentes: o alto índice de desistência e o abandono do curso quando o aluno consegue uma vaga em uma graduação que considera mais adequada ao seu perfil.

Como vai funcionar o programa?

O Sisu Transferência funcionará de maneira totalmente informatizada, muito parecido com o modelo adotado pelo Sisu. Para selecionar os candidatos, será utilizada a média da última edição do Enem.

As faculdades não serão obrigadas a aderir ao programa, mas receberão o incentivo de determinar o número de vagas que querem disponibilizar no sistema.

As regras do programa ainda não foram definidas, mas as próprias faculdades poderão estabelecer as diretrizes para selecionar os alunos interessados em ocupar as vagas disponíveis na instituição ― a nota de corte do Enem será definida pelas próprias faculdades.

O programa só entrará em vigor em 2019 e, por isso, as regras de seu funcionamento serão divulgadas quando ele for lançado no país.

Quem não conseguiu entrar na faculdade ou está matriculado em uma faculdade particular pode participar do programa?

O Sisu Transferência, como o nome já diz, é voltado somente para aqueles estudantes que desejam mudar de faculdade. Isso significa que só pode participar da seleção estudantes que já estão matriculados em uma instituição de ensino superior.

Podem participar estudantes que ingressaram em uma faculdade pública, mas querem pedir transferência para outra instituição ou alunos de instituições privadas, que desejam ingressar em uma faculdade ou universidade pública.

Mas e se eu não conseguir participar do Sisu Transferência?

Como o Sisu Transferência será bem parecido com o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), nem todos conseguirão entrar em uma faculdade pelo programa. Os candidatos que não conseguirem uma vaga pelo programa poderão optar por faculdades particulares que oferecem bom custo-benefício.

Algumas faculdades particulares possuem programas próprios de bolsas de estudo, como a Cruzeiro do Sul – UNICSUL, por exemplo. Além disso, há programas do governo federal, como o ProUni e o Fies, voltados para quem não tem condições de pagar uma faculdade particular, mas quer entrar no ensino superior.

A seguir, vamos listar algumas faculdades particulares reconhecidas pelo MEC, onde você encontra diversas opções de cursos, tanto na modalidade EAD quanto presencial.

Vale lembrar que uma graduação a distância fica bem mais em conta do que um curso feito de forma presencial. Afinal, além do valor das mensalidades ser mais barato, o estudante ainda economiza com transporte e tem um ganho de tempo, pois não precisa ir às aulas todos os dias.

Mas sem mais delongas, vamos conhecer as faculdades!

Veja também:

Conheça as faculdades a distância que aceitam o Enem

Descubra como conseguir uma vaga no Sisu usando o Enem

Você sabia que o MEC vai lançar o programa Sisu Transferência no próximo ano? Conte para nós deixando seu comentário no post!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin