Descubra o que faz um consultor comercial

Veja por que o consultor comercial sido tão procurado no mercado de trabalho e saiba como entrar nessa carreira!

Um bom consultor comercial não tem medo de desafios – até porque, no decorrer de sua carreira, terá pela frente algumas “missões impossíveis” pra cumprir.

Seu trabalho é estratégico para qualquer empresa, independentemente do campo de atuação.

No cenário atual de instabilidade econômica, pandemias e transformações sociais, sua atuação se torna ainda mais importante para a sobrevivência de todo tipo de organização, desde um pequeno negócio até uma multinacional.

A seguir, descubra o que faz um consultor comercial e o que estudar para se tornar um!

O que faz um consultor comercial

O consultor comercial é aquele que entende tudo de vendas e sabe trilhar os caminhos certos para resolver o problema da empresa onde trabalha.

Vendo assim, até parece simples.

Mas para chegar lá é preciso estudar muito, conhecer a fundo o perfil dos mercados, entender a volatilidade do comportamento do consumidor, as técnicas de venda, as tendências que se desenham mais à frente e, principalmente, os processos de produção típicos do seu campo de atuação.

Não é por acaso que ele tem sido considerado um profissional-chave, estratégico e necessário para um bom desempenho comercial.

A maioria dos consultores começa sua missão fazendo um diagnóstico da situação da empresa, para identificar o que está atrapalhando a operação comercial.

A partir daí começa a delinear um estudo para definir quais seriam as soluções adequadas: as estratégias, as ações a serem tomadas, o posicionamento diante do mercado, as pessoas e as tecnologias que serão necessárias para cumprir a tarefa.

Depois vem a execução do plano, que põe em prática todas as medidas.

Na sequência, a análise de resultados, a manutenção das boas práticas e a execução das etapas seguintes da estratégia de vendas.

Tudo isso devidamente registrado em relatórios de desempenho.

E não acaba aí não.

Entre outras ações bastante requisitadas dos consultores comerciais, destacamos:

  • Desenvolver projetos de captação de novos clientes.
  • Realizar pesquisa de mercado.
  • Definir metas de produção e vendas.
  • Apontar tendências de consumo.
  • Contribuir, junto às equipes de Marketing e Vendas, para a criação de novos produtos e serviços.
  • Acompanhar ações de vendas e pós-vendas.
  • Ajudar na elaboração de planejamento estratégico da empresa.
  • Elaborar relatórios técnicos e analíticos.
  • Capacitar equipes de vendas.

Estamos falando de uma atividade que depende quase exclusivamente de relacionamento interpessoal. Por isso é essencial que os consultores de vendas desenvolvam habilidades de comunicação e relacionamento com clientes, sejam bons de persuasão, saibam vender um produto ou uma ideia e consigam aproveitar oportunidades.

Com o crescente intercâmbio internacional, as empresas passaram a procurar profissionais com fluência em outras línguas. Inglês e espanhol são as mais importantes para quem vive no Brasil. Mandarim e alemão também estão em alta. Isso pode ser um diferencial importante na hora da contratação.

O consultor comercial trabalha em todos os ramos das atividades produtivas: indústrias, empresas varejistas, tecnologia, prestadoras de serviço, saúde, automóveis, alimentícias, enfim, qualquer tipo de organização que envolva compra e venda.

Quanto ganha um consultor comercial

Na média nacional, o salário de um consultor comercial é de mais ou menos R$ 4,2 mil.

Os recém-chegados estão recebendo entre R$ 1,7 mil e R$ 3,8 mil, a depender do tamanho da empresa contratante.

Já os mais experientes recebem acima de R$ 10 mil.

Nessa área, quem quer ganhar bem não pode contar apenas com o talento individual. É preciso investir em formação de alto nível (graduação + pós) e buscar acumular experiências relevantes.

Consultores experientes que chegam a cargos de gerentes comerciais podem ganhar salários superiores a R$ 20 mil.

Os diretores, por sua vez, podem embolsar mais de R$ 42 mil, dependendo do porte e do tipo de empresa para a qual trabalham.

O trabalho autônomo também é muito comum na área. Nesse caso, os consultores têm renda variável, que pode ser mais alta ou mais baixa, dependendo da demanda por trabalho.

Cursos para quem quer ser consultor comercial

Um bom gestor comercial não pode abrir mão de uma formação de nível superior.

Não é segredo para ninguém que uma carreira de sucesso começa com um belo curso de graduação.

Hoje, as formações mais indicadas para quem quer trabalhar com consultoria comercial são:

  • Gestão Comercial – tecnólogo, 2 anos de duração.
  • Administração – bacharelado, 4 anos de duração.
  • Economia – bacharelado, 4 anos de duração.
  • Marketing – tecnólogo, 2 anos de duração.
  • Comércio Exterior – tecnólogo, 2 anos.

Depois de se formar, é recomendável que o profissional corra atrás de especializações e MBAs voltados à área comercial.

Tanto as graduações que mostramos acima quanto as pós-graduações na área de vendas são facilmente encontradas em faculdades por todo o Brasil, especialmente na rede particular de ensino.

Os cursos também podem ser feitos no EAD, desde que sejam reconhecidos pelo MEC (para que o diploma tenha validade no mercado).

Outro segredo para se dar bem nessa área, que tem a concorrência lá nas alturas, é apostar em uma formação que contemple as exigências do mercado de trabalho atual.

Por isso, sua missão de hoje é localizar algumas das melhores faculdades onde você possa fazer seu curso.

Veja também:

Conheça tudo sobre o curso de Gestão Comercial

Pensando em atuar como consultor comercial? Conte para a gente o que você achou da atuação desse profissional!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin