Descubra quanto ganha um almoxarife

Saiba quanto ganha um almoxarife e quais são as responsabilidades desse profissional do dia a dia de trabalho nessa área, além de algumas dicas para quem está interessado em seguir essa carreira!

Um almoxarife estará envolvido em processos de recebimento e entregas de produtos da empresa em que trabalha, trabalhando com a logística de materiais e insumos produzidos ou para a produção.

Como profissional de logística, possui espaço em grande parte das empresas que trabalham de alguma forma com comercialização e com setor industrial. Isso transforma o mercado de trabalho e faz ele ser positivo para a profissão.

Saiba qual é o salário do almoxarife e mais informações sobre essa carreira!

Quais são as funções de um almoxarife?

O almoxarifado é um setor fundamental dentro de uma empresa que trabalha com negócios comerciais e precisa receber e enviar materiais que vão ser importante para o dia a dia tanto comercial como de rotina no trabalho interno, entre os profissionais.

Veja algumas das funções que o almoxarife exerce:

  • Recebimento, conferimento e identificação de materiais da empresa;
  • Armazenagem desses materiais;
  • Estocagem;
  • Controle de estoque;
  • Registros online;
  • Emissão de notas fiscais;
  • Organização de transporte;
  • Trabalhar com veículos de transporte, como empilhadeira;
  • Solicitar reposição de materiais;
  • Inspeção e separação dos produtos.

Alguns dos locais mais comuns de trabalho de um almoxarife são indústrias, comércio, escolas, hospitais e setor público (como prefeituras).

Salário de um almoxarife

Segundo levantamento feito pelo portal Salario.com.br, um almoxarife ganha, em média, R$ 1.480,71 por mês no Brasil. Os números foram calculados usando as remunerações de mais de 200 mil profissionais que exercem essa função e estão cadastrados no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Ainda segundo a pesquisa do site, o piso salarial do almoxarife é de R$ 1.351,43, e o valor pode chegar até R$ 2.743,15. Os salários são para uma carga horária de 44h semanais e leva em conta os profissionais que trabalham com carteira assinada em regime de CLT, coletados pelo Salario.com.br.

A variação salarial depende muito da empresa em que o profissional trabalha e também da região onde ele atua. São Paulo tem o maior salário pesquisado, além de ser a cidade com o maior índice de contratação e, por consequência disso, ser onde há mais vagas e procura por esse cargo.

Veja abaixo as remunerações médias de algumas cidades do Brasil:

  • São Paulo (SP): R$ 1.615,68 por mês;
  • Curitiba (PR): R$ 1.548,91 por mês;
  • Porto Alegre (RS): R$ 1.511,78 por mês;
  • Rio de Janeiro (RJ): R$ 1.465,10 por mês;
  • Salvador (BA): R$ 1.391,62 por mês;
  • Belo Horizonte (MG): R$ 1.379,90 por mês;
  • Manaus (AM): R$ 1.377,03 por mês;
  • Brasília (DF): R$ 1.340,42 por mês;
  • Goiânia (GO): R$ 1.262,90 por mês;
  • Fortaleza (CE): R$ 1.214,29 por mês;

No decorrer da carreira na área de logística, os trabalhadores podem adquirindo experiências que podem gerar promoções profissionais para cargos superiores, que também trazem remunerações maiores.

Veja outros cargos de profissionais Logística e os salários médios:

  • Técnico em Logística: R$ 2.071
  • Encarregado de Logística: R$ 2.466
  • Analista de Logística: R$ 2.637
  • Supervisor de Logística: R$ 3.683
  • Coordenador de Logística: R$ 4.040
  • Consultor de Logística: R$ 4.619
  • Gerente de Logística: R$ 7.070
  • Diretor de Logística: R$ 10.904

O que é preciso para trabalhar no almoxarifado?

Por mais que haja cursos técnicos e de formação profissional na área de almoxarifado, o curso mais indicado para quem quer atuar na área e seguir se desenvolvendo profissionalmente ao longo da carreira é o curso tecnólogo em Logística.

De acordo com a Organização para Cooperação de Desenvolvimento Econômico (OCDE), uma pessoa que tem um diploma de nível superior pode ganhar um salário até 140% maior que um empregado que não possui essa formação. Fora que há muitas empresas que abrem vagas exclusivas para quem tem uma graduação.

Além disso, o curso tecnológico em Logística prepara os estudantes a exercerem a prática necessária para atuar na profissão, de acordo com as demandas dos cargos. Isso forma um profissional com conhecimento e capacidade de desenvolver ainda mais a carreira.

O tecnólogo em Logística demora, em média, dois anos para se formar no curso. Veja algumas disciplinas que fazem parte da grade curricular da graduação:

  • Gestão de Qualidade;
  • Gestão de Transportes;
  • Gestão de Custos Logísticos;
  • Logística Internacional;
  • Administração Mercadológica;
  • Movimentação e Armazenagem;
  • Marketing aplicado à Logística.

O curso tecnológico em Logística pode ser oferecido em duas modalidades: presencial e a distância (EAD), com atividades que podem ser 100% online ou com alguns encontros periódicos (semanais ou mensais) no polo da instituição de ensino.

Onde estudar?

Falando em instituição de ensino, depois de decidir por fazer o curso de Logística, é preciso ter paciência e escolher onde estudar. Com tantas opções, isso nem sempre é uma tarefa fácil.

Mas é importante estar atento nas faculdades em que pesquisa, já que ela precisa, necessariamente, ser reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) para poder emitir diplomas que tenham validade profissional no mercado de trabalho.

Para te ajudar, listamos algumas dessas universidades:

As faculdades possuem o curso de Logística e são bem avaliadas, tanto pelo MEC como pelas empresas que mais contratam profissionais da área.

Saiba mais: Descubra tudo sobre o curso tecnólogo em Logística

Se interessou pela carreira de almoxarife? E pelo curso de Logística? Conte para a gente nos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin