Descubra quanto ganha um engenheiro acústico

Veja qual é o salário de um engenheiro acústico, como é o mercado de trabalho para esse profissional e qual faculdade fazer para trabalhar na área.

Engenharia Acústica é o ramo da Engenharia que estuda as propriedades do som e das vibrações.

O engenheiro formado na área pode trabalhar, por exemplo, com o desenvolvimento de sistemas de som, acústica subaquática – operação de sonares e análise de ondas sísmicas –, projetos de aparelhos musicais e na construção de ambientes que exigem controle de ruído. 

Neste artigo, mostraremos quanto ganha esse profissional, como é o mercado de trabalho na área e o que estudar para seguir carreira em Acústica. Acompanhe!

Qual é o salário de um engenheiro acústico?

De acordo com a Pesquisa Salarial do site de vagas e carreiras Catho, o salário médio de um engenheiro acústico no Brasil é de R$ 6.861,56 por mês.

O valor está de acordo com os rendimentos médios de engenheiros de outras áreas, que costumam variar entre R$ 5.000 e R$ 18.000, dependendo da experiência do profissional, do cargo ocupado e do porte da empresa contratante.

Engenheiros empregados em grandes empresas, com mais de 10 anos de experiência e cargo de gestão (gerente ou diretor), têm as remunerações mais altas, geralmente acima de R$ 10.000.

O que faz um engenheiro acústico?

Apesar de parecer uma área bem específica, a Engenharia Acústica tem um campo de aplicação e atuação bem amplo. Conheça algumas das atribuições dos engenheiros acústicos:

  • Projetar ambientes como cinemas, teatros e casas de show, de forma a manter ruídos e vibrações em níveis razoáveis e confortáveis.
  • Criar softwares e equipamentos de medição de áudio e avaliação de ruídos.
  • Projetar sonares submarinos e dar manutenção a esses aparelhos.
  • Avaliar e fiscalizar a emissão de ruídos e vibrações por máquinas em ambientes industriais e comerciais.
  • Realizar a análise vibroacústica de instrumentos musicais.
  • Fazer a sonorização de espetáculos musicais.
  • Operar som em estúdios, eventos e emissoras de rádio e TV.
  • Planejar programas de controle de ruído em áreas urbanas e instalações industriais.
  • Projetar sistemas de controle de vibrações em edifícios, máquinas e veículos (como aviões e trens).

Como é o mercado de trabalho?

A formação específica em Engenharia Acústica é recente. Por isso, há pouca mão de obra especializada disponível e oferta razoável de vagas. 

Veja alguns dos setores que empregam esses profissionais:

  • Construtoras
  • Empresas fabricantes de instrumentos musicais e aparelhos sonoros
  • Estúdios de gravação 
  • Emissoras de rádio e TV
  • Consultorias especializadas em Acústica
  • Instituições e órgãos públicos, como departamentos de fiscalização
  • Indústrias que fabricam dispositivos de isolamento acústico
  • Empresas que produzem software para captação, produção e gravação de som
  • Institutos de pesquisa e desenvolvimento tecnológico

A demanda por engenheiros acústicos cresceu sobretudo a partir de 2013, com a publicação da norma de desempenho 15.575 da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), que determina requisitos mínimos de qualidade em novas edificações – incluindo exigências de limitação de ruídos e vibrações.

Faculdade de Engenharia Acústica: como é e onde fazer?

Atualmente, apenas uma instituição está autorizada pelo MEC a oferecer o curso de Engenharia Acústica: a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul, onde a graduação existe desde 2009.

O curso é presencial, de grau bacharelado – formação longa e abrangente – e tem duração de 5 anos. Ele inclui disciplinas básicas da área de Engenharia, como Cálculo e Física, e outras específicas, como as seguintes:

  • Música para Engenharia Acústica
  • O Ruído, as Vibrações e o Ser Humano
  • Ciências dos Materiais
  • Fundamentos da Construção Civil
  • Fundamentos da Acústica
  • Controle de Ruído
  • Acústica Ambiental
  • Controle de Vibrações
  • Psicoacústica
  • Sonorização Experimental

De acordo com o site da UFSM, a matriz curricular dessa graduação atende a 3 grandes áreas:

Acústica: estudo dos processos de geração, transmissão e recepção do som.

Vibrações: estudo dos processos de geração, transmissão, recepção e percepção de vibrações em estruturas.

Eletroacústica e Áudio: estudo da conversão do som em eletricidade (e vice-versa) e do registro e tratamento de sinais sonoros.

Existem outras opções de curso para trabalhar com Acústica?

Sim. Existem outros cursos de Engenharia que incluem o estudo de tópicos de Acústica e capacitam profissionais para trabalhar no setor. Aqui estão os principais:

  • Engenharia Mecânica: cuida do projeto, da construção, da operação e da manutenção de sistemas mecânicos, como motores, veículos e máquinas industriais.
  • Engenharia Civil: forma profissionais capazes de projetar, gerenciar e executar obras e construções de edifícios e elementos de infraestrutura.
  • Engenharia Elétrica: aborda o planejamento, a construção e a manutenção de sistemas que geram, transmitem e distribuem energia elétrica.

Enquanto o curso de Engenharia Acústica é oferecido apenas por uma universidade no Brasil, as graduações em Engenharia Mecânica, Elétrica e Civil estão disponíveis em várias instituições de ensino públicas e privadas.

Os profissionais formados que desejam se especializar na área têm a opção de cursar uma pós-graduação em Acústica e Vibrações ou em Acústica Arquitetônica.

Onde estudar?

Se você está pesquisando onde estudar Engenharia, lembre-se de verificar se a instituição de seu interesse é reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação). Esse cuidado é fundamental, pois apenas universidades credenciadas emitem diplomas válidos, aceitos tanto pelo setor privado quanto por concursos públicos e programas de pós-graduação. 

Veja, abaixo, algumas instituições particulares que oferecem cursos de Engenharia, são credenciadas pelo MEC e trabalham com iniciativas de bolsas e descontos:

Clique nos links acima, navegue pelos sites das instituições e fique por dentro de mensalidades, bolsas de estudo e processos seletivos.

Leia mais:

Descubra que nota você precisa tirar no Enem para passar em Engenharia

Conheça 12 cursos para quem gosta de Exatas

Você pretende trabalhar com Engenharia Acústica? Que faculdade está pensando em fazer? Deixe seu comentário abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin