Descubra quanto ganha um engenheiro de materiais

Confira agora quanto ganha um engenheiro de materiais e veja onde estudar!

Este ramo da Engenharia é muito importante, pois esta área é responsável por criar novos materiais, por meio de combinações e ligas, que são processos químicos de conhecimento desses profissionais. 

As empresas que mais possuem necessidades de engenheiros de materiais são as que trabalham com cerâmica, metal e polímeros, porém este profissional pode atuar em outras áreas, como Educação. 

Veja agora quanto ganha um engenheiro de materiais e saiba como se tornar um!

Quanto ganha um engenheiro de materiais

O valor que um engenheiro de materiais recebe mensalmente vai depender muito do porte da empresa, região do país, nível de experiência e formação. 

Veja quanto este profissional deve receber, segundo o site Salario.com, de acordo com o porte da empresa. Confira:

Micro

  • Júnior – R$ 6.279,50
  • Pleno – R$ 8.109,00
  • Sênior – R$ 9.010,96

Pequenas

  • Júnior – R$ 6.753,78
  • Pleno – R$ 7.099,78
  • Sênior – R$ 9.399,75

Médias

  • Júnior – R$ 7.709,69
  • Pleno – R$ 8.280,00
  • Sênior – R$ 11.727,50

Grandes empresas

  • Júnior – R$ 9.059,57
  • Pleno – R$ 9.523,69
  • Sênior – R$ 11.027,54

Acrescido desses valores, o engenheiro de materiais recebe benefícios como vale-transporte, vale-alimentação, assistência médica e odontológica, além de bonificação por meta alcançada. 

Mercado de trabalho para engenheiro de materiais

O mercado de trabalho para o profissional desta área está em altíssima demanda. Em 2019, por exemplo, a quantidade de contratações com carteira assinada para esta área aumentou cerca de 50%. 

 São Paulo e Rio de Janeiro são os estados que mais contratam para este cargo, ficando na frente de Minas Gerais e Paraná, que também realizam uma boa quantidade de admissões. 

As empresas que mais contratam o engenheiro de materiais são dos seguintes segmentos:

  • Serviço de engenharia
  • Fabricação de produtos de refino de petróleo
  • Construção de embarcação de grande porte
  • Produção de forjados de aço
  • Fabricação de peças e acessórios para veículos automotores
  • Fabricação de produtos cerâmicos refratários
  • Fabricação de motores e turbinas, peças e acessórios, exceto para aviões e veículos rodoviários
  • Fabricação de embalagens de material plástico
  • Fabricação de fios, cabos e condutores elétricos isolados
  • Produção de laminados longos de aço

Como se tornar um engenheiro de materiais

Para se tornar um engenheiro de materiais, é imprescindível que o profissional tenha nível superior na área. Esta graduação tem a duração de 5 anos, no formato de bacharelado, e pode ser realizada na modalidade presencial. 

Durante o curso, o estudante verá disciplinas relacionadas a Cálculo, Introdução à programação, Álgebra linear, Geometria analítica, Física, Química, Estrutura de materiais etc.

Para exercer esta profissão, além da graduação, deve-se obter um registro junto ao Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA) do estado onde serão exercidas as atividades.

Onde estudar para se tornar um engenheiro de materiais

Por ser um curso novo, não são muitas instituições que oferecem essa graduação e a grande maioria das que possuem é de universidades públicas, que têm uma forma de seleção mais criteriosa e concorrida, o que dificulta um pouco o acesso. 

Veja a lista de algumas faculdades que possuem o curso de Engenharia de materiais:

Existem outros cursos de Engenharia que te dão a possibilidade de atuar em grandes empresas e receber salários altos, como:

Todas essas graduações já são oferecidas há um tempo, por isso já existem mais opções de instituições. Além disso, essas faculdades possuem mensalidades mais baixas e algumas podem ser feitas até na modalidade semipresencial, o que facilita ainda mais o seu dia a dia e possibilita conciliar os estudos com o trabalho. 

Veja algumas faculdades, reconhecidas pelo MEC, que dispõem de diversos cursos de Engenharia, em todas as modalidades, e ainda possuem programas de bolsas e financiamentos, sem burocracia e limite de vagas, para quem deseja realizar uma dessas graduações:

Veja mais:

Ache uma graduação que combina com você

Descubra quais são os melhores cursos de Engenharia EAD

Já escolheu o seu curso? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin