Descubra quanto ganha um promotor de vendas

Se você está procurando quanto ganha um promotor de vendas e chegou até aqui, deve estar querendo entender melhor sobre essa profissão ou até mesmo interessado em exercer essa carreira.

Este texto vai te ajudar a entender mais sobre a profissão, qual o salário de um promotor de vendas no Brasil e algumas dicas valiosas para entrar nessa carreira e ainda se destacar no mercado de trabalho.

Se você tem interesse nessa carreira, agora vai ter acesso a boas informações que podem te ajudar na hora de tomar uma decisão. Confira!

O que faz um promotor de vendas?

Um promotor de vendas tem muitas responsabilidades na hora de apresentar e promover um produto ou serviço da empresa. Seu objetivo principal é atrair os consumidores e buscar novos clientes para a marca em que negocia.

Assim, ele precisa traçar estratégias que seus negócios sejam alavancados para um público cada vez maior e que traga mais resultados financeiros positivos para a empresa.

Algumas de suas funções são essas:

  • Divulgação e apresentação da marca, produto ou serviço;
  • Atendimento e solução de dúvidas sobre o produto;
  • Estocagem e reposição de produtos;
  • Controle de resultados financeiros;
  • Vendas e negociações dos produtos.

Qual é o salário mínimo de um promotor de vendas?

Não há um salário mínimo estipulado para um profissional que atua como promotor de vendas. No entanto, é possível calcular o salário mínimo médio para essa carreira segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Em levantamento feito pelo site Salario.com.br com base nos 173.358 salários cadastrados no Caged 2020, o piso salarial médio do promotor de vendas é de R$ 1.313,18 por mês. 

Nessa pesquisa, é possível identificar o salário mínimo da categoria em algumas das principais cidades do Brasil. Confira:

  • São Paulo (SP): R$ 1.616,77
  • Barueri (SP): R$ 1.275,98
  • Porto Alegre (RS): R$ 1.255,29
  • Rio de Janeiro (RJ): R$ 1.245,21
  • Belo Horizonte (MG): R$ 1.196,83
  • Curitiba (PR): R$ 1.187,66
  • Recife (PE): R$ 1.176,30
  • Brasília (DF): R$ 1.126,10
  • Salvador (BA): R$ 1.119,74

Quanto ganha um promotor de vendas em média?

A média salarial do promotor de vendas no Brasil é de R$ 1.438,80 por mês, ainda segundo o levantamento realizado pelo Salario.com.br.

De acordo com o site, o teto salarial pode chegar ao valor máximo de R$ 2.882,50, a depender do setor de trabalho.

O Guia de Profissões do site Quero Bolsa também usou o Caged para calcular o salário médio por estado brasileiro. Veja as remunerações mensais em algumas das unidades federativas do país:

  • Amazonas: R$ 1.293,34
  • Bahia: R$ 1.199,11
  • Ceará: R$ 1.159,45
  • Distrito Federal: R$ 1.544,24
  • Goiás: R$ 1.415,34
  • Minas Gerais: R$ 1.326,63
  • Paraná: R$ 1.545,12
  • Pernambuco: R$ 1.283,32
  • Rio de Janeiro: R$ 1.432,99
  • Rio Grande do Sul: R$ 1.569,10
  • Santa Catarina: R$ 1.615,46
  • São Paulo: R$ 1.694,98

Os valores estaduais são referentes aos dados do Caged de 2019.

O que fazer para ser um bom promotor de vendas?

Algumas características são muito importantes para que um promotor de vendas exerça bem a profissão e tenha sucesso na carreira. O profissional precisa ter uma rotina organizada para ter um dia a dia produtivo no trabalho.

Veja algumas das principais qualidades:

  • Organização;
  • Conhecimento de novas tecnologias;
  • Conhecimento de Marketing;
  • Entender tendências de mercado;
  • Boa comunicação;
  • Bom relacionamento com clientes.

Para adquirir conhecimentos teóricos e práticos e experiência na área, uma das formas de melhor se diferenciar no mercado de trabalho e almejar promoções profissionais é realizar um curso superior.

Então, por mais que a carreira de promotor de vendas não exija o diploma, fazer uma faculdade na área de Marketing pode ser o passo mais importante em direção ao sucesso na profissão.

Curso de Marketing

Como o mercado de trabalho na área é muito amplo, se diferenciar com uma faculdade de Marketing pode ser fundamental para uma carreira. O curso de Marketing pode ser oferecido em duas diferentes modalidades de nível superior: bacharelado e tecnológico.

Cada um possui suas características, sendo que o bacharelado divide a carga horária em conteúdo teórico e prático, enquanto o tecnológico tem a formação direcionada para o mercado de trabalho, por isso é mais focado na prática.

Outra diferença é a duração: para ser um bacharel, o profissional precisa ter estudado os quatro anos de curso. Os tecnólogos em Marketing se formam mais rápido, com uma duração média de dois anos de graduação. 

Veja algumas das disciplinas que fazem parte da grade curricular do curso:

  • Administração de Compras e Vendas;
  • Comportamento do Consumidor;
  • Gestão de Marcas;
  • Gestão Financeira;
  • Marketing Digital;
  • Marketing Estratégico;
  • Preço, Produto, Praça e Promoção (P’s do Marketing);
  • Técnicas de Negociação.

Os cursos podem ser oferecidos tanto presencialmente como a distância (EaD), sendo que ambos possuem a mesma validade para o mercado de trabalho.

Onde estudar?

Se você está interessado pelo curso de Marketing, deve começar a procura por alguma faculdade que ofereça esse curso. 

Para facilitar a sua pesquisa, selecionamos cinco universidades reconhecidas pelo Ministério da Educação que possuem o curso de Marketing bem avaliado.

Veja a lista:

Os estudantes podem ingressar nessas instituições usando a nota do Enem e até garantir bolsas de estudo que reduzem o valor da mensalidade do curso.

Veja também:

Saiba tudo sobre o curso de Marketing

Descubra o que faz um promotor de vendas

E aí, o que acha da carreira de promotor de vendas? Conte para a gente nos comentários se você se interessou pelo curso de Marketing!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin